A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

10/04/2015 10:25

Assessor judiciário ia se aposentar em 2 anos e morreu no 1º acidente da vida

Filipe Prado
Rivail era muito cuidadoso no trânsito e participava de um moto grupo (Foto: Alcides Neto)Rivail era muito cuidadoso no trânsito e participava de um moto grupo (Foto: Alcides Neto)

A dois anos para se aposentar, o revisor judiciário do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, Rivail Madureira de Castro, 53 anos, morreu na tarde de ontem (9) depois de uma colisão com um veículo não identificado na altura do quilômetro 480 da BR-163, na saída para Três Lagoas. Ele integrava um grupo de motociclistas e nunca tinha se envolvido antes em acidente de trânsito.

Veja Mais
Suspeita é que caminhão pequeno bateu em moto, derrubou e passou sobre condutor
Veículo atropela, passa por cima e mata servidor do Tribunal de Justiça

O cunhado de Rivail, o cirurgião dentista Wolney Borges, 44, contou que a BR-163 era usada com trajeto da sua casa para seu emprego diariamente. “Ele nunca havia se envolvido em um acidente e era bem responsável no trânsito”.

A paixão por motos o fez entrar em um grupo motociclístico chamado "Sem Destino". Também fazia parte do coral do TJMS.

Rivail era casado e possuía três filhos. Ele trabalhava a 33 anos no Tribunal de Justiça. “Era o sonho da vida dele, foi o terceiro emprego”, comentou o irmão, o empresário André Castro.

O enterro do servidor acontece às 14h30 desta sexta-feira no Parque das Primaveras.

Foragido – A Polícia Civil suspeita que um caminhão de pequeno porte, conhecido como caminhão toco, causou a tragédia. O veículo chocou-se com a motocicleta Honda Fan, derrubou o condutor e passou sobre o corpo na alça de acesso à BR-262.

De acordo com o delegado Sérgio Luiz Duarte, da 4ª Delegacia de Polícia, informações indicam que um caminhão de pequeno porte se envolveu no acidente. Como o condutor fugiu sem prestar socorro, a polícia espera que ele se apresente nos próximos dias.

A polícia está verificando a existência de câmeras pela região e possui algumas informações que podem levar até o motorista.

Duarte disse que o veículo teve ter colidido lateralmente com a motocicleta Honda Fan e derrubado o condutor. Após a queda, o veículo passou sobre o corpo do piloto da moto.




Que judiação, meus pesames a familia e tomara que o assassino seja pego.
 
Max em 10/04/2015 12:57:04
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions