A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

12/01/2012 08:47

Avenidas dos parques Segredo e Lagoa receberão reforço na sinalização

Paula Vitorino

Após reclamações de abusos na velocidade, Agetran irá instalar equipamentos de sinalização nas vias

Cruzamento na avenida Heráclito Figueiredo é alvo de reclamações dos moradores e receberá sinalização. (Foto: Simão Nogueira)Cruzamento na avenida Heráclito Figueiredo é alvo de reclamações dos moradores e receberá sinalização. (Foto: Simão Nogueira)

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) vai instalar semáforos, travessias elevadas e radares de controle de velocidade nas avenidas Heráclito Figueiredo e Lúdio Coelho. As duas vias são de trânsito rápido e margeiam os parques lineares Segredo e Lagoa.

A reportagem do Campo Grande News mostrou o desrespeito dos motoristas com os pedestres na avenida recém inaugurada do Complexo Segredo.

Inicialmente já está definida a instalação de quatro semáforos equipados com radares e câmeras (pelo menos dois equipamentos em cada avenida) e uma travessia elevada no cruzamento da Avenida Ernesto Geisel com a Rua Ovidio Serra (no Parque Linear do Segredo).

A faixa elevada tem a mesma altura da calçada e por isto deixa o pedestre mais visível, aumentando a segurança na travessia. Com o redutor, a velocidade máxima no local passa a ser de 30 km/h, garantindo maior segurança a cadeirantes e portadores de deficiência física.

Os locais que receberão reforço na sinalização foram definidos após análise da Agetran. Na Avenida Lúdio Coelho, as prioridades são os cruzamentos com as ruas Petrópolis, Roseira e das Árvores. Já na Avenida Heráclito Figueiredo, está programada a instalação de equipamentos eletrônicos de fiscalização no cruzamento com a Rua Veridiana.

Redução - O diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade, lembra que esta mesma providência foi adotada na Avenida Duque Caxias, onde foram instalados semáforos equipados com câmeras no trecho entre o aeroporto e a Praça Newton Cavalcanti. Nas proximidades dos terminais Guaicurus, Morenão e nas proximidades da Universidade Federal, o reforço na sinalização reduziu praticamente a zero os acidentes com vítimas.




Lá vem aqueles semáforos sem ao menos estarem sincronizados, sem ao menos terem feito estudos de fluxo e contra-fluxo, ou seja , sem ao menos terem aberto licitação para alguma consultoria em engenharia de trânsito apresentar um estudo de viabilidade para instalação do mesmo com os devidos aditivos para efeito de reposição dos custos... e blá, blá, blá...
Enquanto isso, não nos respondem...
 
Orlando Lero em 12/01/2012 11:03:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions