A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/11/2013 09:48

Blitze derrubam em 26% mortes de motociclistas em Campo Grande

Aliny Mary Dias
Blitze foram intensificadas este ano nas ruas da Capital (Foto: Marcos Ermínio)Blitze foram intensificadas este ano nas ruas da Capital (Foto: Marcos Ermínio)

O cenário de números alarmantes de mortes no trânsito de Campo Grande começa a sofrer uma mudança positiva quando os dados desse ano são comparados com os do ano passado. O número de mortes entre motociclistas, vítimas mais frequentes, diminuiu 26% de janeiro a outubro de 2013.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Até o mês passado, segundo o levantamento do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito), foram registradas 51 mortes de motociclistas em Campo Grande. No mesmo período do ano passado, 69 pessoas perderam a vida.

Além dos motociclistas, os índices caíram em todos os grupos de vítimas. Entre os pedestres, por exemplo, foram 18 mortes até esta esta semana e 16 até o mês de novembro do ano passado.

Outro grupo bastante envolvido em acidentes é o dos ciclistas, ano passado 14 morreram na Capital até novembro, este ano, no entanto, o número caiu para 11 até outubro. Em novembro não foram registrados acidentes que levaram ciclistas a morte.

Motoristas ou passageiros que estavam em veículos somaram 8 vítimas até novembro de 2012 e neste ano já chegaram a 10 vítimas na Capital. Este foi o único índice que teve aumento em relação ao ano passado.

Na avaliação do GGIT, o principal responsável pela diminuição nos números é a intensificação nas blitze realizadas em várias regiões da cidade. Na maioria das operações, motociclistas sem habilitação e motos com pneus carecas são identificados pelas equipes do BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito).

Além das fiscalizações, as palestras oferecidas pelos órgãos que compõem o grupo para as empresas também têm apresentado resultados positivos. Nas reuniões, os funcionários recebem informações sobre os motivos que levam os motoristas e motociclistas da Capital a se envolverem em acidentes.

Entre as principais causas de acidentes estão o excesso de velocidade e o álcool ao volante, conforme a avaliação do GGIT.




LUGAR DE POLÍCIA É NAS RUAS, POIS ESTÃO DE PLANTÃO A DISPOSIÇÃO DA POPULAÇÃO QUE OS PAGAM, GOVERNADOR, PREFEITOS E PRESIDENTE DA REPÚBLICA, PAGUEM BEM AOS POLICIAIS, DEEM CONDIÇÕES PARA TRABALHAREM, SEJA AQUI OU NAS FRONTEIRAS, ZONAS RURAIS OU NÃO, ELES SIM INTIMIDAM OS FORAS DAS LEIS, ESSE NEGÓCIO DE LOMBADAS ELETRÔNICAS, SEMÁFOROS PARA DAR LUCROS A EMPRESAS, NÃO DA FUTURO E SEGURANÇA PARA NINGUÉM, VEJA ESSE RESULTADOS, POLICIAS NAS RUAS, DIMINUEM ACIDENTES, CULPA DA FALTA DELES NAS RUAS, SÃO DOS PREFEITOS, GOVERNADORES E PRESIDENTE DA REPÚBLICA, QUE SÃO OS EXECUTORES DAS LEIS, POVÃO, COBREM DELES.
 
PEDRO BRAGA em 18/11/2013 09:20:10
Como pode pessoas estudadas, com faculdade, as vezes até doutorado, falarem que a culpa das mortes é somente dos motociclistas? As blitzes atuais finalmente estão parando carros e não só motos, e POR ISSO os acidentes diminuiram, as vitimas de moto diminuiram 26% por que, alem das motos, estão sendo parados veiculos, claro que sei que motoqueiro tambem é responsável por acidentes, e muitos, mas não é mais de 50%, eles podem estar envolvidos em mais de 50% devido ao desrespeito dos veículos sobre as motos, mas a culpa não é só deles. Parabens á policia que resolveu trabalhar um pouquinho.
 
maximiliano nahas em 18/11/2013 08:55:41
Há alguns anos atrás era comum ver um policial na rua ou alguém da agetran nos sinais, apitando quando via algo errado, seja cinto ou alguém virando sem ligar a seta. Hoje não vejo policiamento nas ruas, todo ano tem concurso para polícia, mesmo assim eles não estão nas rua. Aonde ficam? O único lugar que vejo é no centro e não é sempre também. As Blitz mesmo são essenciais e também não vejo muitas e quando tem é sempre na afonso pena, como se lá fosse o único lugar onde se tem grande movimento. Polícia agora é só quando tem algum evento grande ou para escoltar bandido para hospital?
 
Edivaldo Alves Silva em 18/11/2013 07:40:29
sou totalmente a favor das blitz em campo grande pois aqui só tem cavalo dirigindo carro e moto fim de semana muitos motoristas bêbados e muitos menores dirigindo motos fora os que não são menores e mesmo assim não são habilitados blitz todo dia e blitz para sempre.
 
Eduardo Lemos em 17/11/2013 22:10:41
Não são só as blitz que educam os motoristas! É preciso investir mais nas formações dos novos condutores!
 
Maria Silva em 17/11/2013 19:06:56
Blitz para "inglês ver", essa é a realidade.A finalidade é só gerar renda para o Detran e aumentar a porcentagem para a polícia militar, inclusive é tema de reuniões de oficiais, "fazer notificações".A sociedade está em 3º plano, podem ter certeza, dar entrevista e falar um monte de bobeira para a imprensa e enganar o cidadão é fácil.Quero ver a polícia de madrugada na saída desses bares e altos da Afonso Pena, onde "parece" que não existe lei.Esse deveria ser o foco, porque são marginais imprudentes e abusados no trânsito e não o cidadão de bem na sua ida e volta para trabalho, que sofre para pagar impostos, aumento de IPTU, IPVA e demais, sem contar que essas blitzes fixas, só cai quem "vacila", todo mundo fica sabendo em minutos, enfim precisa evoluir muito a polícia aqui no Estado...
 
Pedro Cardoso em 17/11/2013 13:37:16
É ESSE O CAMINHO!!!! BLITZ...MUITAS BLITZ. SÓ ASSIM, HA O FLAGRANTE DO IMPRUDENTE. FAÇAM UMA NA MARQUES DE LAVRADIO, ENTRE 7HS OU 18 HS VOCES VAO PEGAR MUITA GENTE.
 
LUCIANO MARQUES em 17/11/2013 10:48:52
A algo de anormal nas estatística do comentário acima, pois dezoito vitimas pedestres até esta semana é maior que dezesseis até o mês de Novembro do ano passado. Outra, eu discordo da afirmação de que a velocidade seja uma das principais causas de acidentes; Eu diria que a falta de atenção na direção, esta sim a maior causa da velocidade excessiva e do desrespeito a sinalização como um todo. Esta sim a causadora de acidentes no transito.
 
luís eloy alves da costa em 17/11/2013 10:48:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions