A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

28/07/2011 09:37

Blitze móveis iniciam na Via Parque e motos acabam guinchadas

Vinícius Squinelo

Ação do Detran e Ciptran quer diminuir caos do trânsito na Capital

Motos com irregularidades são rebocadas pela Ciptran (foto: Simão Nogueira)Motos com irregularidades são rebocadas pela Ciptran (foto: Simão Nogueira)

Os motoristas são alvo a partir de hoje de uma nova modalidade de blitz em Campo Grande, as "blitze móveis". A ação é uma parceria entre o Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito) e a Ciptran (Companhia Independente de Polícia Militar de Trânsito) para identificar veículos e motoristas irregulares, além de tentar minimizar o tumulto no trânsito da Capital.

Desde às 8h de hoje, dois veículos, um do Detran e outro da Ciptran, estão na avenida Nelly Martins, a Via Parque, quase na esquina com a rua Antônio Maria Coelho, no sentido avenida Afonso Pena – avenida mato Grosso.

O veículo do Detran possui um equipamento que identifica veículos com irregularidades que passam pelo local. “Ele grava as cenas, e imediatamente identifica os veículos com pendências, como multas, licenciamento ou queixa de roubo ou furto”, explica Jader Meireles, operador de “Via PK”, nome dado ao carro equipado do Detran.

Caso seja identificada qualquer irregularidade, o operador imediatamente comunica a equipe da Ciptran, que fica de prontidão uma quadra depois dos agentes do Detran. Os policiais então abordam o veículo, fazem a verificação dos documentos e, caso necessário, multam ou mesmo apreendem o veículo.

Em menos de uma hora, quatro motocicletas foram guinchadas pela Ciptran.

“Nós não multados, somente operamos a máquina, e comunicamos qualquer tipo de irregularidade”, comentou outro operador, Gilson Gama, explicando que os operadores são terceirizados pelo Detran/MS. Também é fiscalizada a velocidade do veículo no momento da blitz, que deve ser no máximo 30 km/h.

São cinco veículos “Via PK” disponíveis para todo Mato Grosso do Sul. Cada um com dois operadores. Nos primeiros 15 dias de fiscalização, serão duas blitze por dia, uma de manhã e outra à tarde. Depois a expectativa é que serão quatro diárias.

Toda as imagens gravadas pelos veículos “Via PK” são armazenadas pelo Detran/MS.




Será que o sistema é para todos?Já vi diversas vezes,policiais de trânsito falando no celular, outros sem cinto de segurança...Cadê o exemplo???????Eles podem tuuuuuudo.E depois querem dar lição de moral nos outros.
 
Marcia souza em 03/08/2011 09:16:16
concordo com o Bruno Nodes esse tipo de blitz so tem finalidade arrecadatória, por que eles não multam quem atrapalha o transito??? parando em fila dupla em frente de escolas, a avenida Afonso Pena em frente a todos os bares é um transtorno muitas vezes com "FILAS TRIPLAS"
 
Leandro Paraná em 29/07/2011 08:36:10
UUUfaaaa até que enfimmm quem sabe tira um pouco desses motoqueiros loucos e sem amenor noção de transito. E alguns motoristas tbem, que acham que são donos da rua.
 
valmir nogueira em 28/07/2011 12:22:53
Falta fazer blitz perto das casas noturnas e barzinhos, onde muitos bacanas saem alcoolizados,...tem um bar na antonio maria coelho, prox a rua bahia, certeza que muitos dali saem alcoolizados, mas como só tem bacana, carros importados estacionados ali ,não acontecem blitz ..observem a foto da reportagem, uma moto com uma caixa , com certeza a pessoa estava trabalhando, não to dizendo que não deve pagar impostos, devem pagar, mas o sistema tem que funcionar para todos...
 
lucas figueiredo em 28/07/2011 12:11:16
quem está lavando a égua é os donos dos guinchos pois os mesmo recebem por veiculos quinchados,seja ela moto ou carro.e eles colocam três ou mais veiculos no mesmo.será q está certo?fique de olho nos orelha.fasil de ganhar né.
 
silvio jardim em 28/07/2011 10:08:53
ESSE TIPO DE BLITZE TEM QUE SER EFETUADAS NOS BAIRROS DA CAPÍTAL... PRÓXIMOS A ESCOLAS E VIAS DE GRANDE FLUXOS DE MOVIMENTO DE VEICULOS!
 
Paulo Eduardo em 28/07/2011 03:38:35
Deixemos a hipocrisia de lado.... Esse negócio de ficar procurando veículos com problemas de documentação não organiza coisa alguma no trânsito. Só tem função arrecadatória. O que organiza é pegar o cara fazendo besteira na rua e multar, ai sim.
 
Bruno Nodes em 28/07/2011 02:16:59
MUITO BEM, É PARA ISSO QUE O DETRAN, CIPTRAM, SÃO PAGOS PELO POVO, PARA ADMINISTRAR A FISCALIZAÇÃO DE VEÍCULOS QUE CIRCULAM IRREGULARMENTE, QUE SEJA FEITO ESSE TRABALHO PERMANENTEMENTE, E ASSIM DIMINUIREMOS OS ACIDENTES, PROVOCADOS POR PESSOAS QUE DESCONHECEM AS LEI, PRINCIPALMENTE A DE TRÂNSITO, QUE MATA MAIS DO QUE QUALQUER GUERRA DOS ÚLTIMOS TEMPOS, QUEM QUISER CIRCULAR COM SEUS VEÍCULOS, QUE DOCUMENTEM, REGULARIZEM SEUS DOCUMENTOS, PARA PUDER TER O MESMO DIREITO QUE TEM OS QUE ESTÃO CORRETOS, NÃO DEVE A POPULAÇÃO, REPUDIAR, POIS É EXCELENTE PARA TODOS.
 
PEDRO BRAGA em 28/07/2011 01:41:49
Parabéns às autoridades pelo simples cumprimento de seu dever de fiscalizar a observância das leis.

Fica, no entanto, uma sugestão: que as blitzes sejam feitas com o mínimo de transtorno possível para o cidadão. O que não dá é para tumultuar o trânsito (que já é tumultuado), em horários de pico.
 
Paulo Amaral em 28/07/2011 01:12:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions