A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

05/07/2015 16:25

Bombeiro é arrastado por motorista que negou por cinto de segurança

Juliana Brum

Hoje (5) pela manhã na avenida Costa e Silva na Vila Progresso, por volta do meio dia, bombeiro foi arrastado por condutor que não aceitou colocar o filho de cinco anos no banco de trás, e ambos não usavam o cinto de segurança.

Veja Mais
Polícia localiza carro que atropelou, arrastou e matou jovem de 19 anos
Polícia procura motorista que matou e arrastou idosa por 40 metros

O fato começou quando o 2° Sgt BM Nunes Noia junto com os soldados Claudenice e Leite passavam a serviço do Corpo de Bombeiros na avenida perto do atacadão, em frente a UFMS quando avistaram um veículo VW Gol Placas KMH 1242 de Jaraguari-MS, conduzido por Carlino Feitosa que estava com uma criança de cinco anos sentada no banco do passageiro o sargento na hora pediu que o motorista do Gol, que na hora arrancou o carro no sinal vermelho, sem dar atenção ao bombeiro que o alertou.

No sinal seguinte Nunes insistiu em alerta-lo, mas desta vez desceu da viatura para tentar convencer o rapaz, quando Carlino novamente acelerou e saiu com o sargento que ficou pendurado na porta sendo arrastado pelo condutor do veículo por uns cem metros, até o sargento convence-lo em parar.

O condutor do gol também estava sem cinto e não tirou a criança do banco dianteiro como pedido pelo oficial, em momento algum.

Logo após chegou uma viatura do Bptran, o qual encaminhou Carlino Feitosa até a delegacia para as providências cabíveis.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions