A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

09/11/2013 11:29

Caminhonete atropela mulher na calçada e destrói poste na Três Barras

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Jovem de 25 anos é socorrida por médicos e socorristas do Samu (Fotos: João Garrigó)Jovem de 25 anos é socorrida por médicos e socorristas do Samu (Fotos: João Garrigó)

Uma mulher de 25 anos sofreu ferimentos graves ao ser atropelada por volta das 10h30 de hoje (9) na avenida Três Barras, em Campo Grande. Juventina Trindade de Souza estava na calçada quando foi colhida por uma caminhonete Ranger, conduzida por um rapaz identificado apenas pelo nome de Murilo, 23 anos.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

A vítima tinha ido com o pai, José dos Santos Souza, 61, a uma loja de material de construção que fica na avenida. Enquanto o pai estava sendo atendido na loja, Juventina saiu de dentro do estabelecimento e acabou atinginda pelo veículo desgovernado. “ Eu estava dentro da loja e escutei um barulhão e saiu correndo para ver o que havia acontecido”, disse o pai.

Testemunhas relataram que ela foi arremessada por cerca de 10 metros do ponto de impacto. Após o atropelamento, a caminhonete colidiu contra um poste, que ficou destruído. Parte daquela região está sem energia elétrica.

 

O motorista da caminhonete ficou em estado de choque e chorava muito.O motorista da caminhonete ficou em estado de choque e chorava muito.
Seu José erguia as mãos para o céu e pedia que Deus não a levasse. Seu José erguia as mãos para o céu e pedia que Deus não a levasse.

A caminhonete pertence a empresa Proteco Construções. Abalado, o motorista disse ao Campo Grande News que estava indo trocar os pneus do veículo. Ele não sabe como perdeu o controle da direção, mas disse que devia estar dirigindo acima dos 70km/h por conta da violência do impacto. "Eu acho que estava no máximo em 70 km/h, mas pelo força, eu só podia estar mais rápido", disse chorando.

A vítima sofreu politraumatismo e foi socorrida desacordada para a Santa Casa. Duas viaturas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e sete pessoas, entre médicos, socorristas e um bombeiro prestaram atendimento a mulher. Juventina é mãe de duas crianças.

O trânsito no local do acidente está bastante conturbado e está sendo controlado por dois militares do Exercito, que passavam pela região no momento do atropelamento.

Murilo disse que veio de Goiânia há 5 meses para trabalhar na empresa.

Um representante da Proteco foi até o local do acidente e tentou levar Murilo embora, mas populares se manifestaram e disseram que ele não deveria deixar a cena do acidente.  Em estado de choque,  o motorista foi levado por um morador da região até uma residência, onde recebeu cuidados.

Muitos populares pararam no local para acompanhar o resgate.Muitos populares pararam no local para acompanhar o resgate.



Caro Gilvani Siqueira, faço minhas suas palavras.
Estou torcendo pela recuperação dessa jovem, que Deus coloque suas mãos sobre ela.
O trânsito de C.Gde esta um horror...junta pessoas de vários locais, com os péssimos instrutores e o resultado esta nas manchetes dos jornais, tragédias e mais tragédias.
O que o colega Nóe, disse é uma grande verdade, esse povo de empresa abusa muiiito, começando pela pionada da Net, taxistas, etc,
 
Neyde de Oliveira em 10/11/2013 14:32:34
ééééé´ Adriano pereira esses donos de camionetes aja que estão coma maquina na mão é ai que o cara dança e geralmente essas camionetas são intercaladas nem o capeta segura .
 
paulo lopes em 10/11/2013 01:54:44
70 Ah Tá..eu tava Passando bem Na Hora.Pelo Estrago que ele fez no Poste ele deveria tar uns 120.
 
Fábio Souza em 09/11/2013 23:35:04
Gente, eu que procuro dirigir na velocidade da via e com muito cuidado em vias onde tem escolas, posto de saúde e movimentação de crianças e pedestres, além de ciclistas; sei o quanto e difícil. Muitas vezes tenho que parar para algum carro passar (observei que pessoas que dirigem carros como fiat uno e caminhonetas são os mais imprudentes). Sem falar dos motociclistas que andam na mesma faixa e muitas vezes um de cada lado não nos dando chance de sequer desviar de um obstáculo ou um buraco na via. Se as autoridades não pegarem pesado nesse trânsito daqui a coisa vai ficar cada vez pior. Não adianta fazer campanha de conscientização, essas pessoas precisam de punção severa para que se conscientizem. São prepotentes e fazem em sã consciência... é inacreditável o que vemos no trânsito daqui.
 
gilvani granja siqueira em 09/11/2013 20:24:40
As pessoas incorporam a potência do motor. As vezes é um mirradinho dentro de uma camionete enorme. Quanto mais correm, mais se acham fortes e donos do pedaço. Acaba sempre em choro e dor... para os outros.
 
Aldo Silva Rocha em 09/11/2013 17:29:30
A exibição do goiano ao dirigir uma caminhonetona potente fez dele um irresponsável na condução do veiculo pois sabe q a velocidade permitida em área urbana é de 50km. Foi um lamentável acidente do trabalhador e seu choro é um pedido de desculpas a família atingida e seu arrependimento sincero, resta a empresa demiti-lo sem não antes descontar as despesas com a vitima,
 
samuel gomes-campo grande em 09/11/2013 16:53:34
Essa semana, um caminhão tombou na rotatória da Três Barras com a Interlagos. Hoje, ocorreu esse acidente gravíssimo. Na parte da tarde, ocorreu outro acidente de menores proporções a menos de 500 metros desse. Ou seja, foram 3 acidentes em um trecho de menos de 1Km em menos de uma semana. O trânsito da Av. Três Barras aumenta a cada dia com a entrega dos novos empreendimentos imobiliários da região, e nenhuma autoridade está fazendo nada a respeito. Só nos resta rezar e pagar pra ver no que vai dar.
 
Adercio Barbuio Junior em 09/11/2013 15:56:11
Não reconhecer o erro é no mínimo compreensível...
Mentir é falta de caráter...
Não precisa de pericia para ver que pela destruição da camionete, que muito resisitente, o motorista irresponsável estava acima do que ele declarou.
Contrate um bom advogado, por 70 kmh não é permitido no perímetro urbano.
 
Ludervan Lara em 09/11/2013 15:14:36
Tinha que ser de aqui Goiânia.
Com certeza achou que a luz intermitente amarela da lombada era ''PEQUI'' e acelerou para apanha-la.
A lugarzinho que forma motorista ruim é Goiânia, lamentável, tomara que a moça fique bem.
 
Augusto César Cebola em 09/11/2013 14:49:56
Nao e o primeiro,nem sera o ultimo, mas Campo Grande esta forrada de irresponsáveis, que fazem barbaries no transito e depois....choram; gente que nao pensa no transito como um universo de pessoas e de atitudes, infelizmente, a maioria, sao frutos de auto escola, que so quer passar o aluno e depois coloca nas vias da cidade esses monstros. e de pois...choram.
 
anderson roque em 09/11/2013 13:28:21
Disse que "estava a 70 km/h"... velocidade ali é 50 km/h... pelo estrago estava pelo menos a 100 km/h...
 
Adriano Pereira em 09/11/2013 12:20:52
é preciso mudar de atitude antes de acontecer o pior! O choro agora não volta o tempo! Verdade seja dita, aqui em Campo Grande, motorista de empresas usam e abusam dos veiculos. Lembrem-se de um atropelamento de um ciclista na Duque de Caxias por um carro de uma empresa de refeições?
 
Noé Ferreira da Costa Junior em 09/11/2013 12:08:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions