A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

28/10/2012 09:04

Caminhonete bate em poste no bairro Coophasul

Elverson Cardozo e Nadyenka Castro
Acidente aconteceu no cruzamento das ruas Pedro Balduíno com a Melquíades. (Foto: Rodrigo Pazinato)Acidente aconteceu no cruzamento das ruas Pedro Balduíno com a Melquíades. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Iremar Cândido de Rezende, de 51 anos, perdeu o controle da Ford Ranger que conduzia e colidiu o veículo contra um poste na manhã deste domingo (28), no bairro Coophasul, em Campo Grande.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

O pecuarista trafegava pela rua Pedro Balduíno. No cruzamento com a Melquíades M. de Oliveira, ele perdeu o controle da direção e foi parar no poste, que quebrou na parte de baixo e ficou inclinado, com parte da fiação dependurada.

Com o impacto, o airbag do veículo abriu. Iremar Cândido, que estava sozinho, não se feriu. O lado direito da Ford Ranger conduzida por ele ficou danificado. O pneu dianteiro do mesmo lado estourou.

Após a colisão contra o poste, o condutor saiu com o veículo em marcha ré, percorreu cerca de 500 metros pela rua Melquíades, parou em uma área verde e, por pouco, não se chocou contra uma árvore. Em todo o trajeto percorrido há marcas de frenagem.

Em entrevista ao Campo Grande News, Iremar disse que tem problema de pressão e começou a passar mal no momento em que fazia a curva.  Relatou ainda que mora a três quadras do local e havia acabado de deixar a casa para buscar funcionários dele no Rancho Santa Fé, onde participou de uma festa durante a madrugada.

Caminhonente ficou com a lateral direita danificada. (Foto: Rodrigo Pazinato)Caminhonente ficou com a lateral direita danificada. (Foto: Rodrigo Pazinato)

O pecuarista também contou que, no local, havia ingerido cerveja. Apesar disso, declarou que não estava embriagado. O condutor deixou o rancho às 2h e, antes de voltar para a casa, passou na antiga rodoviária de Campo Grande para lanchar. ”Deveria ter ficado dormindo até às 9h, 10h. Não iria acontecer isso”, disse.

O moto-entregador Anésio Rodrigues Carvalho, de 38 anos, estava chegando para trabalhar e presenciou o acidente. O motorista da caminhonete, relatou, “não deu conta de fazer a curva”.

Foi Anésio que desligou a Ford Ranger, após Iremar parar o carro próximo à área verde. Momentos depois do acidente, um policial militar passava pelo local e deteve o condutor, que disse que não tinha a intenção de fugir. A polícia de trânsito foi acionada.




A tá, dirigiu por 500 metros e não tava tentando fugir, sei, festa na madrugada, cerveja e não tava bêbado, conta outra mano!
 
Oswaldo Ferreira em 28/10/2012 16:27:43
51 aninhos e agindo como um meninão de 18... Tadinho dele... Vai botar o poste de volta quando?
 
Mario Lemos em 28/10/2012 11:59:30
Tadinho dele gente ''passou mal'' tb depois de uma madrugada regada a cerva, cadeia isso sim...
 
Jeane Ferrari em 28/10/2012 10:16:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions