A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Janeiro de 2017

07/04/2014 11:39

Capital terá mais 39 faixas de pedestres para frear acidentes

Aline dos Santos e Kleber Clajus
Com bonecos e agentes, campanha sobre faixa de pedestres foi feita hoje na Afonso Pena. (Foto: Cleber Gellio)Com bonecos e agentes, campanha sobre faixa de pedestres foi feita hoje na Afonso Pena. (Foto: Cleber Gellio)

Trinta e nove pontos vão ganhar faixa de pedestre em Campo Grande. A maioria, onze, será na avenida Gury Marques, saída para São Paulo. Em seguida vêm as avenidas Eduardo Elias Zahran (cinco pontos), Afonso Pena (dois pontos) e Mato Grosso (dois pontos).

Veja Mais
Detran inicia nesta 2ª feira nova etapa do programa “Pedestre, eu cuido"
“Pedestre, eu Cuido” é ineficiente e mortes aumentaram 16% em 2013

Nesta segunda-feira, marcada pelo retorno da campanha “Pedestre, eu cuido”, foi firmado convênio entre o Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito), Prefeitura de Campo Grande e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). O órgão estadual repassou R$ 750 mil, enquanto o município será responsável pela execução das obras.

“Os pontos contemplados são referentes às vias rápida, com grande fluxo e maior incidência de acidentes”, afirma o diretor-presidente do Detran, Calos Henrique Santos Pereira.

O recurso também vai custear a implantação de sinalização horizontal e vertical no entorno de 52 escolas, incluindo colégios estaduais, municipais e particulares.

De acordo com o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba, será lançada licitação e as ações começam em 60 dias. Segundo a chefe da divisão de Educação da agência, Ivanise Rotta, os pontos escolhidos para receber as faixas de pedestres são aqueles com grande fluxo de pessoas, como próximo a pontos de ônibus, e sem sinalização semafórica. “Em geral, os óbitos ocorrem fora das faixas de pedestres”, diz Ivanise.

“A questão do trânsito é problema de saúde pública, estamos abarrotados de casos de traumas. Vamos buscar outros recursos para reforçar a sinalização na Capital”, afirma o prefeito Gilmar Olarte (PP).

Lançada em 2011, a campanha “Pedestre, eu cuido” estava suspensa desde julho do ano passado, pois a Agetran não pintava as faixas. Agora, com a retomada, as ações de rua terão uma abordagem lúdica, com a participação de bonecos e músicas. Hoje, a mobilização foi na avenida Afonso Pena, em frente à Morada dos Baís.

O CTB (Código de Trânsito Brasileiro) resguarda a segurança do pedestre. “Os pedestres que estiverem atravessando a via sobre as faixas delimitadas para esse fim terão prioridade de passagem, exceto nos locais com sinalização semafórica”.

A legislação frisa que o motorista tem que esperar a pessoa concluir a travessia da rua mesmo quando o sinal verde abre.

Detran inicia nesta 2ª feira nova etapa do programa “Pedestre, eu cuido"
O Detran (Departamento Estadual de Trânsito) inicia nesta segunda-feira (7) inicia uma nova etapa do programa “Pedestre, eu cuido!”, retomando as açõ...
Motociclista fica ferido em colisão com carro na avenida das Bandeiras
Um motociclista ficou gravemente ferido em um acidente de trânsito na noite desta terça-feira (17) na Vila Carvalho - região sul de Campo Grande. No ...



É claro que é ótimo existirem mais faixas de pedestres, e é muito bom saber que a campanha "Pedestre, eu cuido", vai ser retomada. Mas, no meu entendimento, antes de qualquer coisa, é preciso haver uma educação no trânsito voltada diretamente para os pedestres, porque é aí que está o problema. O motorista sabe o que fazer, pra isso fez auto escola, estudou, fez os testes, mas ninguém ensina os pedestres a se comportarem no trânsito, e esse sim, é o motivo de tantos acidentes. Basta dar uma volta rápida pela cidade e observar, pessoas que simplesmente se jogam na rua sem observar a sinalização, pelo simples fato de serem pedestres ou estarem em uma faixa se acham no direito de fazerem o que bem entendem, e não é bem assim que a coisa funciona. A lei existe e deve ser respeitada por todos.
 
Mariana Carvalho em 07/04/2014 18:21:26
Espero que agora eles orientem os pedestres também. Logo que lançaram a campanha, era comum pedestre querer atravessar enquanto o sinal já estava aberto pros carros, achando que por ser na faixa, ele teria direito de atravessar a hora que quisesse. Também já vi pedestre tentando atravessar sem fazer sinal algum, sem esperar os carros pararem, e quase serem atropelados por causa disso.

Eles também têm que conscientizar os motoqueiros. Muitas vezes os carros estão parados esperando os pedestres terminarem a travessia na faixa, e os motoqueiros, que não respeitam as filas de carros e saem cortando, quase atropelam os pedestres.
 
Leandro Batista em 07/04/2014 16:43:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions