A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

27/11/2012 15:23

Capotagem deixa trânsito tumultuado na Dom Aquino

Viviane Oliveira e Helton Verão
Apesar da gravidade do acidente ninguém ficou ferido. (Foto: Pedro Peralta) Apesar da gravidade do acidente ninguém ficou ferido. (Foto: Pedro Peralta)

Um acidente entre um Voyage e um Uno deixou o trânsito tumultuado na tarde desta terça-feira (27) no cruzamento da rua Joaquim Nabuco com a Dom Aquino, em Campo Grande.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A condutora do Voyage, Odete Ferreira, 53 anos, disse que seguia pela rua Dom Aquino e quando foi cruzar a Joaquim Nabuco foi surpreendia pelo Uno, conduzido por Lurdes Flores da Cunha Alves, 57 anos.

Segundo Odete, que estava no carro com mais duas pessoas, ainda tentou evitar a colisão, mas acabou colidindo na lateral traseira do Uno, que capotou.

“Eu só segui em frente porque olhei e não vi ninguém”, argumenta Lurdes. Apesar da gravidade do acidente ninguém ficou ferido.

Por causa do acidente o trânsito ficou lento no local. Policiais da Ciptran (Companhia Independente de Polícia de Trânsito) estavam na via orientando os motoristas.

Para o empresário Fabrício Machado, 23 anos, apesar do local ser bem sinalizado, os condutores têm dificuldade de atravessar o cruzamento. “Os carros estacionados na rua atrapalham a visão de quem vem pela Joaquim Nabuco”, finaliza.




É Luciano Silgueiros, não caberia a reciclagem , porque cada uma delas tem CNH individuais, a idade não é impecilio pelo ao contrario quantas mortes viveciamos no nosso dia- a- dia por imprudencia de jovens alcoolizados no volante?.

 
Denise Araujo em 06/12/2012 17:19:07
Caro Luciano Silgueiros, sempre admirei suas postagens, mas agora você pisou na bola legal, chamar de idosas duas pessoas uma com 53 e outra com 57 aí já é preconceito, você se imagina com 60 anos pegando ônibus ou vai querer dirigir? Um pedido de desculpas para elas ficaria bem, até porque na idade delas, provavelmente ainda trabalham.
 
Mário Costa em 29/11/2012 09:41:20
Nada contra os idosos dirigir, mas somando a idade das duas condutoras são 110 anos. Será que não caberia uma reciclagem para essas senhoras?



DIREÇÃO DEFENSIVA SEMPRE!!!
 
Luciano Silgueiros em 27/11/2012 22:13:39
Dá medo andar pelas ruas de Campo Grande com tanta gente ruim no volante!
 
Oswaldo Ferreira em 27/11/2012 16:09:48
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions