A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

29/03/2013 16:52

Carreta que transportava carne tenta desviar de pneu na pista e tomba na BR-163

Paula Maciulevicius
Carreta permanece tombada e com carregamento de carne jogado no chão (Foto: Sidney Assis)Carreta permanece tombada e com carregamento de carne jogado no chão (Foto: Sidney Assis)

Uma carreta que transportava carne ficou completamente destruída depois de tombar na BR-163, entre Pedro Gomes e Coxim, por volta das 16h desta sexta-feira. No veículo estavam o motorista e a esposa que foram socorridos pelos bombeiros e levados para o Hospital Regional de Coxim.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) está no local orientando os motoristas. A pista não chegou a ficar interditada porque a carreta tombou às margens da rodovia, ainda no acostamento.

O motorista, que ainda não teve o nome divulgado, seguia de Pedro Gomes em direção a Coxim quando o pneu de outra carreta desprendeu e surgiu ‘quicando’ na pista. Na tentativa de evitar um acidente, o condutor desviou para o acostamento e acabou tombando.

A cabine e a carreta ficaram completamente destruídos. Parte da carne, costela bovina, está na pista, misturado à areia.

O casal foi levado para o hospital consciente e orientado, mas com ferimentos. (Colaborou Sidney Assis, de Coxim)




eu sou motorista eu sei o que se passa na cabesa do motorista nesa hora é provocar um acidente infelismente ele tentou mais deu errado e o pior aconteceu .
 
cesario luiz de lima em 30/03/2013 14:12:39
concordo plenamente com o alexandre de souza...
 
marcelo crystiano de oliveira em 30/03/2013 12:16:44
O pessoal falando que era só esperar o pneu bater no para-choque esta bem enganado! Só o pneu de um caminhão deve pesar uns 40kg, mais uns 50kg do aro e isso vindo em sua direção a uns 90km\h da um grande estrago, se pega um carro então! O problema é que as estradas do país estam do mesmo jeito que Getúlio Vargas deixou, para época era o máximo, tudo novo, 10% do tráfego que temos hoje e a viagem era tranquila. Hoje o certo seria pistas independentes de duas faixas com acostamento sem rebaixamento para o dois sentidos e de três faixas nas de grandes fluxo de caminhões. Nossas rodovias tem 60 anos de projeto e estam defasadas. O responsável por 60% dos acidentes nas estradas é o próprio governo que não as atualizam !
 
Alexandre de Souza em 29/03/2013 21:07:17
falar que deveria esperar o pneu bater no para choque e facil, mas so estando na hora do fato que voce iria saber oque fazer ! pensa antes de comentar...
 
rodrigo silva em 29/03/2013 19:06:07
era melhor esperar o pneu bater no para choque do que tombar a carreta e ainda perder a carne, essa carne pode ser consumida pelo povao de COXIM é só lavar bem e fazer charque.
 
francisco dos santos em 29/03/2013 17:00:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions