A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

21/06/2014 19:51

Carro bate em poste e acidente mata condutor que não usava cinto

Bruno Chaves, Kleber Clajus e Paula Maciulevicius
Acidente deixou rua sem energia (Foto: Marcos Ermínio)Acidente deixou rua sem energia (Foto: Marcos Ermínio)
Militares tentaram socorrer vítima, que acabou morrendo no local (Foto: Marcos Ermínio)Militares tentaram socorrer vítima, que acabou morrendo no local (Foto: Marcos Ermínio)

Acidente ocorrido por volta das 19h20 deste sábado (21) matou Waldirley Garcia Cintra no bairro Coophavila II, em Campo Grande. A vítima condizia um Chevrolet Monza, que atingiu um poste no cruzamento da Rua dos Arquipélagos com a Avenida Gunter Hans.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Conforme o Corpo de Bombeiros, o homem dirigia em alta velocidade. Devido ao impacto, o poste de energia cedeu e ameaça cair. Ao menos três ruas da região ficaram sem energia elétrica.

Viaturas dos Bombeiros, do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e do BPTran (Batalhão de Policiamento de Trânsito) atendem a ocorrência.

Uma equipe da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) foi acionada para desligar completamente a energia do local, já que o poste pode cair assim que o veículo for retirado do local.

Uma equipe da perícia da Polícia Civil também segue para o cruzamento onde ocorreu o acidente. As condições da batida só serão reveladas após o estudo técnico.

A via está interditada para o tráfego de veículos, já que existe combustível derramado na pista e fios elétricos arrebentados.

Quando os militares chegaram ao local, Waldirley estava com os sinais vitais fracos. Informações iniciais apontam que ele estava sem o cinto de segurança e ficou preso pelos pés por conta do poste, que prensou o veículo.

Os bombeiros tiraram o homem do carro para aplicar técnicas de salvamento, mas ele acabou morrendo no local. A suspeita é que ele tenha morrido por afundamento de tórax, por causa da queda do poste de luz.

Conforme o tenente Vilela, comandante da área sul, a vítima não portava documentos pessoais, apenas um boleto bancário.

Familiares do motorista estão indo ao local para entregar documentos às autoridades. Ainda não é possível dizer se Waldirley era habilitado.

(Matéria editada às 20h14 para acréscimo de informações).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions