A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

04/03/2013 14:46

Carro capota após colisão em cruzamento e ocupantes saem ilesos

Nadyenka Castro e Helton Verão
Fox capotou após a colisão e ficou com as rodas para cima. (Foto: Helton Verão)Fox capotou após a colisão e ficou com as rodas para cima. (Foto: Helton Verão)

Colisão entre dois carros de passeio terminou com a capotagem de um deles, no cruzamento das ruas Abrão Júlio Rahe e Alagoas, no bairro Coophafé, em Campo Grande.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

O Fox era dirigido por uma mulher, que preferiu não se identificar, seguia pela Abrão Júlio Rahe e colidiu com o Corsa que trafegava na Alagoas, a via preferencial. Com a batida, o Fox capotou.

No Fox estava a motorista e a irmã dela. Elas seguiam para buscar uma criança na escola. O Corsa era dirigido por Alex da Costa de Lima, 20 anos, e tinha como passageiros três primos dele: um de 10 anos, outro de sete e um de três anos. Ele levava as crianças para o colégio. Todos saíram ilesos.

Em conversa com familiares, a motorista do Fox contou que não viu a placa de parada obrigatória. A irmã dela disse que ela ainda tentou evitar o acidente.

Alex da Costa fala que passa pelo local diariamente e que foi “impossível evitar a batida”. O Corsa que ele dirigia é do tio dele. Os dois veículos envolvidos no acidente ficaram danificados. O Fox tem seguro.




olha ai li o carro da FABI tadinha!!!!
 
Edna Mendes em 05/03/2013 13:44:45
Juarez, falta de sinalização com certeza não era a causa do acidente. Repara no foto que o Fox tem a porta direita amassada. Ou seja: mesmo sem ver uma placa de "para", deveria ter parado para o Corsa. Porque? Porque a lei determina que em cruzamento sem sinalização, a preferência é de quem vem da direita. Agora se a motorista do Fox alega que não viu a placa de para, vai ter que confessar também que não sabe as regras. Pois mesmo não sabendo que a outra via era preferencial, deveria ter reparado que o outro veiculo se aproximou do lado direito, o que obrigaria ela de parar de qualquer jeito...

E isso vale para QUALQUER cruzamento com falha na sinalização. Não tem sinalização? Mesmo assim, respeitando a regra basica (preferência para quem vem da direita) é possivel evitar uma batida.
 
Marcos da Silva em 04/03/2013 18:34:50
A barbeiragem em C.Grande é de mamando a caducando... Conscientização existe. Mas Hoje qq cidadão tira sua carteira de habilitação?. Será que existe rigor nas provas do DETRAN. Saiam às 07:00 hrs da manhã e observem se encontram pelo menos um amarelinho nas rotatórias de maior movimento em C.Grande. Perto do Extra Joaquim Murtinho se tornou uma brincadeira de mau gosto.
 
robson nogueira em 04/03/2013 17:14:04
A barberagem em C.Grande é de mamando a caducando...È só observar pra crer. E um bando de inexperientes dirigindo só pode dar nisso...Qualquer um tira carteira. Não é sinalização é mais rigor nas provas do DETRAN.
 
robson a. nogueira em 04/03/2013 17:04:42
Esse tipo de batida tá muito frequente em Campo Grande, isso quando não acontece nas rotatórias que a galera daqui acha que tem que cruzar sem diminuir a velocidade.

Não sei ao certo onde está o problema, mas acho o Detran-MS muito apático.

Façam campanhas preventivas, supervisione melhor as auto escolas. Tem muita gente nova no trânsito de Campo Grande.

Vejo cada barbeiragem nas ruas!!
 
Janaina Benevides em 04/03/2013 15:38:58
Esse é o problema em toda a cidade "falta de sinalização", a Agetran e a prefeitura deveriam ser processadas e pagar os prejuisos dos motoristas. Quem sabe assim os orgãos competentes comecem a agir, e cumprir sua responsabilidade.
 
Juarez Goncalves em 04/03/2013 15:08:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions