A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

22/05/2014 13:52

Carro espera pedestre e causa engavetamento com mais dois veículos na Zahran

Filipe Prado e Helton Verão
Com a força do impacto, o carro andou cerca de 15 metros. (Foto: Marcelo Victor)Com a força do impacto, o carro andou cerca de 15 metros. (Foto: Marcelo Victor)

Três carros se envolveram em um engavetamento na Avenida Eduardo Elias Zahran, por volta das 12h30 de hoje (22), e deixou o trânsito caótico. Conforme testemunhas, o veículo New Fiesta parou para dar preferência a um pedestre, na faixa de sinalização, o que acabou desencadeando o engavetamento, com uma caminhonete S10 e um caminhão.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

De acordo com a condutora do Fiesta, a arquiteta Juliana Borges, 39 anos, ela estava voltando da escola dos filhos, e parou para que um pedrestre atravessasse a rua, em frente ao Banco Itaú. “Eu só senti a pancada”, comentou a mulher, sobre a batida da caminhonete.

Com a força do impacto, o carro andou cerca de 15 metros e quase atropelou o pedestre. Como não conseguiu ver o acidente, Juliana imaginou que o caminhão tenha batido na caminhonete primeiro.

Mas, de acordo com o condutor do caminhão, o motorista Sergio Benedito Gracini, 46, ele percebeu que a fila de carros estava parando, porém não conseguiu frear e revelou que a caminhonete bateu primeiro no Fiesta. “Uma testemunha me contou que ele bateu antes no carro”, garantiu.

A testemunha, Antonio, 42, que não quis identificar o sobrenome, disse que estava no local, esperando a moto sair da mecânica, quando o acidente aconteceu. “O Fiesta parou e a S10 bateu na sua traseira, então o caminhão somente tocou na caminhonete”, afirmou.

Por conta do acidente, somente um via da avenida, sentido bairro/shopping, ficou interditada, deixando o trânsito congestionado e lento.

As vítimas não se machucaram e esperam no local pelo Juizado de Trânsito.




Sou cidadão sul matogrossense e hoje tenho o privilégio de morar em Brasília e aqui é obrigatório parar o carro na faixa para o pedestre atravessar. E eu já me acostumei com isso e espero poder praticar isso em Campo Grande, quando voltar. Embora os demais motoristas dai não se atentem pra isso.
 
Fabiano Carloto em 23/05/2014 12:40:38
Parar na faixa é OBRIGATÓRIO. O causador do acidente é o motorista que, desatento, em alta velocidade ou perto demais do veículo da frente, bateu atrás.
 
Luiz Pereira em 22/05/2014 17:23:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions