A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

07/09/2014 12:43

Carro rodopia na Fábio Zahran e bate em poste do canteiro central

Renan Nucci e Kleber Clajus
Veículo das vítimas bateu de lado em poste na Fábio Zahran. (Foto: Kleber Clajus)Veículo das vítimas bateu de lado em poste na Fábio Zahran. (Foto: Kleber Clajus)

Um casal teve ferimentos leves depois que o veículo no qual eles trafegavam colidiu em um poste no canteiro central da Avenida Fábio Zahran, em Campo Grande, por volta do meio dia deste domingo (07). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o acidente pode ter sido causado por aquaplanagem, já que o asfalto estava molhado devido ao tempo chuvoso.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Matheus Dias Dorneles, 20 anos, conduzia um VW Voayge, tendo a namorada Maria Eloisa Pereira, 19 anos, como passageira. Ele seguia para a casa, no Jóquei Clube, onde iria almoçar. Durante o trajeto, perdeu o controle da direção e o veículo rodou na pista, batendo de lado em um poste instalado no canteiro central.

Com o impacto, Matheus sofreu ferimentos leves na boca, enquanto Eloisa teve arranhões por causa dos estilhaços do vidro quebrado. Eles rejeitaram atendimento do Corpo de Bombeiros. A jovem disse que o namorado dirigia em baixa velocidade, e que os dois estavam conversando no momento da batida. “Graças a Deus estávamos com o cinto de segurança. Do contrário, não sei o que poderia ter acontecido”, disse Eloisa.

A sargento Patrícia Sabioni, do Corpo de Bombeiros, alerta que, para garantir a segurança nas ruas, é preciso dirigir com cuidado e manter sempre o veículo em bom estado de conservação. Em tempos chuvosos como o de hoje, é importante dirigir em baixa velocidade para evitar acidentes como este. O casal está no local aguardando o guincho para rebocar o veículo; a concessionária de energia deve avaliar também os danos causados ao poste.

Vítimas disseram que transitavam em baixa velocidade no momento do acidente. (Foto: Kleber Clajus)Vítimas disseram que transitavam em baixa velocidade no momento do acidente. (Foto: Kleber Clajus)



Hoje é 7 de setembro e não 1º de Abril dia da mentira...
Velocidade baixa nesse caso não existe. É de praxe a alta velocidade na Fabio Zahran, falta mais radares.
 
Luciano Silgueiro em 07/09/2014 19:29:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions