A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

22/04/2015 17:46

Colisão com 4 mortes eleva índice e Tiradentes tem mais vítimas nas BRs

Ricardo Campos Jr.
Superintendente mostra dados da operação Tiradentes (Foto: Alcides Neto)Superintendente mostra dados da operação Tiradentes (Foto: Alcides Neto)

Acidente entre um Fiat Uno e uma Saveiro na BR-262 fez aumentar o número de mortos no feriado de Tiradentes deste ano em relação a 2014 nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul, segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal). Na contramão desse índice, houve redução na quantia de colisões e feridos e nenhum óbito na BR-163, estrada privatizada antes conhecida pelo alto grau de periculosidade.

Veja Mais
Bisavô, avós e neta morreram em colisão a caminho de acampamento
Família vítima de acidente na BR-262 será velada nesta tarde

Nesta quarta-feira (22), a corporação apresentou o balanço da operação realizada durante o recesso. Foram contabilizados apenas óbitos constatados nos locais dos acidentes.

Foram quatro vítimas ao todo, que estavam em Fiat Uno, e três morreram no local: Dionísio Alves Pereira, 55 anos, Tereza Corrêa Pereira, 51 anos e João Alves Pereira, 89, todos da mesma família. Alice Cândido Pereira, 4 anos, também era ocupante do automóvel e já estava internada quando não resistiu aos ferimentos.

A quarta morte no feriado, conforme o superintendente da corporação no estado, Ciro Ferreira, foi um homem atropelado na BR-262 na saída de Campo Grande para Três Lagoas na sexta-feira.

Em 2015, conforme a PRF, foram 51 acidentes, com 30 feridos. No ano passado foram 51 ocorrências com 46 feridos e uma pessoa morta.

Fiscalização – Ainda de acordo com a corporação, foram aplicados 2,2 mil testes do bafômetro, dos quais 63 resultaram em autuações. Índice de até 0,30 miligramas de álcool por litro de ar é considerado apenas infração administrativa, 17 motoristas apresentaram valores superiores e foram presos por embriaguez.

Considerando o aumento de 20% na frota de veículos no país, a PRF calculou o número relativo de acidentes e obtiveram porcentagens de redução significantes, como 66,44% menos mortos no primeiro trimestre de 2015 em relação ao de 2014.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions