A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

07/08/2013 08:02

Colisão de ambulância com caminhão mata um e fere dois na BR-163

Evelyn Souza e Aliny Mary Dias

Acidente envolvendo um caminhão de laticínio e uma ambulância deixou uma pessoa morta e duas feridas, na noite dessa terça-feira (6), na BR-163, próximo a Anhanduí, em Campo Grande. Cochilo ou ultrapassagem indevida saõ as causas prováveis do acidente. 

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

Segundo a Polícia, a ambulância seguia sentido Campo Grande Dourados, quando foi atingida pelo caminhão, que estava no sentido contrário da pista. O motorista da ambulância, identificado como Valdir de Lima Oliveira, 27 anos, morreu na hora. A enfermeira Katiuscia Ferreira Pedroso, 31 anos teve escoriações e foi encaminhada para o hospital de Dourados.

No caminhão estavam duas pessoas, o motorista, Adoir Soares de Castro, 30 anos que ficou preso às ferragens e foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande e o passageiro, Lucio Flávio dos Santos, 29 anos, que não ficou ferido.

Conforme o delegado João Reis Belo, a ambulância é de um hospital particular de Dourados e havia acabado de deixar um paciente na Capital. Já o caminhão, iria descarregar cerca de 2 mil litros de leite em Bandeirantes.

Os dois veículos ficaram destruídos e a suspeita é de que o motorista do caminhão tenha dormido ao volante ou tentado uma ultrapassagem proibida.

Viaturas do Corpo de Bombeiros e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreram as vítimas. 

O caso foi registrado como homicídio culposo na direção do veículo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), do bairro Piratininga.

No último dia 31, Florisvaldo Menezes Lima, teve a parte de uma das pernas decepadas, depois que o motorista de uma ambulância de Rondonópolis perdeu o controle da direção e capotou na BR-163, entre Coxim e Pedro Gomes. O motorista ficou gravemente ferido.




Mais uma vida é perdida em acidentes de trânsito, não podemos deixar de lembrar q os motoristas de ambulância também tem vidas e se não fosse eles como seriam feitos os transportes de pessoas doentes. Acredito q as fiscalizações deveriam ser mais severas, porém não adianta muito quando as pessoas não tem consciência e cometem varias imprudência no trânsito.Pessoas perdem suas vidas por causa de imprudência dos outros, se está com sono procure um lugar para descansar para depois seguir viajem sem causar riscos para outras pessoas.Pessoas jovens q tem tudo pela frente, sonhos acaba em segundos.Infelizmente vidas estão indo embora e nada sendo feito, e nada q dizermos vai mudar alguma coisa pois só quem sabe a dor de perder um ente querido é só quem perde como eu perdi.
 
Sirlene freitas em 08/08/2013 13:42:17
Não existe concordância e nem pontuação na maioria dos comentários postados, esse pessoal deve voltar para os bancos escolares e aprender a escrever.
 
Lucas Sarcozi em 07/08/2013 13:45:25
Pessoal acidentes acontecem, não quero aqui defender e nem acusar o causador do acidente ( que esta bem claro que é o motorista do caminhão segundo o delegado ).........Só quero aqui prestar a família que passa por esse luto......as minhas condolências......eu sei o que é essa dor pois pedi meu irmão no dia 18 de março na BR - 262, de acidente...........Sobre o preparo de motoristas não podemos julgar e nem generalizar, todos nós motoristas temos que nos reciclar ( temos que andar por nós e pelos outros ), se dirigirmos com consciência todos nós não acontecera tragedias.........podemos estar certo e vim outro e bater em nosso carro e nos tirar a vida, como também o nosso carro pode perder uma roda, ou travar a direção....levando tb a um acidente grave..........
 
Keyla Gomes em 07/08/2013 11:22:48
Até quando....???Campo Grande é uma capital "ilhada" por rodovias movimentadas e ainda com pistas simples, e o pior...nem notícias de duplicação. À quem interessam estas rodovias arcaicas???Além de frearem o desenvolvimento, quem necessita rodar nelas está exposto a uma "roleta russa"! Será que pra acontecer a duplicação é preciso que os governantes percam também alguém que amam vítima de nossas BRs?
 
luci ferreira em 07/08/2013 11:07:10
nossa o Valdir era meu vizinho,que deus o tenha com os anjos e conforta a mãe dele a bel e pai cilao e o irmão Valmir ,e a esposa do Valdir e familiares.
 
ercilia honorio em 07/08/2013 11:02:13
Quem trafega constantemente pela 163 é testemunha de absurdos cometidos por grande parte de motoristas de caminhões transportadores de leite. Se por culpa deles ou exigência das empresas ninguém ainda sabe, o que se sabe é alta velocidade, as vezes fechando a pista um ao lado do outro, ultrapassagem em locais proibidos como curvas, lombadas, sobre pontes e dai pra pior. Jah passa da hora da PRF realizar operação específica sobre a situação, inclusive com participação do Ministério do Trabalho, pois a culpa pode não estar apenas nos trabalhadores, pois, quase sempre são submetidos a hora de saída e chegada determinada pela empresa, mesmo que isso custe a vida do motorista (como recentemente perto de Rio Brilhante) ou quem mais estiver no trecho. Menos o patrão, o mandante.
 
avelino neto em 07/08/2013 09:58:04
Meus sentimentos a família que nesse momento que sofre com a perca de um ente querido... e as demais vítimas que possa recuperar o mais rápido possível.
Adoir Soares estamos orando pela sua recuperação.
 
Luciana Nogueira em 07/08/2013 09:35:45
Lamentável nessa ocasião pessoas postarem comentários como os de "Luiz Carlos Santos Messias" e "José Luiz". O que está em evidência no momento não é o preparo ou despreparo dos motoristas de ambulância. A carreta na ultrapassagem indevida ou no cochilo de seu motorista poderia ter encontrado pela frente o veículo de qualquer um de nós...... Quem conheceu o Valdir, sabe da sua responsabilidade, compromisso e competência, além de ótima pessoa. Esteja com Deus, meu irmão. Sentimentos à família.
 
Felix Martins em 07/08/2013 09:32:21
O Luiz Carlos vc sabe ler vc leu a noticia onde se diz:
"a suspeita é de que o motorista do caminhão tenha dormido ao volante ou tentado uma ultrapassagem proibida." então não fale besteiras.
 
rafael o nascimento em 07/08/2013 08:58:35
Nossa! acidentes com ambulâncias estão ficando frequentes. Como será que esta a formação destes motoristas, uma vez que para dirigir veículos de emergência é necessário um curso especifico obrigatório por lei. Será que essas pessoas eram treinadas para esse fim. Assim como o capotamento da carreta de combustível que pegou fogo, também é preciso uma qualificação especifica legal para esse fim. A policia tem que ficar de olho e fiscalizar...
 
José Luiz em 07/08/2013 08:52:09
NÃO É MAIS ADMISSÍVEL COLOCAR VIDA DE PESSOAS NAS MÃOS DE MOTORISTAS DE AMBULÂNCIAS QUE NÃO SABEM A CONDUÇÃO DE SEGURANÇA TEM QUE SER FEITO UM TRABALHO DE FISCALIZAÇÃO O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL POR PARTE DOS RODOVIÁRIOS VERI CANDO ATÉ MESMO A CATEGORIA E SE TEM CURSOS PARA VEÍCULOS DE EMERGÊNCIA,E TAMBÉM O CONTROLE DE TRÂNSITO DESSES VEÍCULOS POIS FAZEM VIAGENS DE IDA E VOLTA SEM NEM MESMO DESCANSAREM,POIS NÃO TEM AQUI NA CAPITAL UM LUGAR EM QUE ELES POSSAM DESCANSAR ENQUANTO ESPERAM O PACIENTE PARA VOLTAR,EU DESCONHEÇO SE ALGUÉM SABE DIVULGUE.VIDAS NÃO TEM PREÇO.
 
Luiz Carlos Santos Messias em 07/08/2013 08:26:49
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions