A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

20/07/2012 08:25

Colisão entre dois veículos destrói muro de casa e deixa 2 feridos

Paula Maciulevicius e Francisco Júnior

O cenário da batida indica que o Siena, após ser atingido pelo Gol, capotou e bateu contra o muro da esquina

Os dois veículos ficaram destruídos. (Foto: Adriano Hany)Os dois veículos ficaram destruídos. (Foto: Adriano Hany)
Polícia de Trânsito tenta identificar se algum motorista invadiu a preferencial. (Foto: Simão Nogueira)Polícia de Trânsito tenta identificar se algum motorista invadiu a preferencial. (Foto: Simão Nogueira)

Acidente envolvendo um Gol e um Siena nas esquinas das ruas 13 de Junho e Eduardo Santos Pereira destruiu o muro de uma casa. Informações preliminares colhidas pela Polícia de Trânsito no local dão conta de que o Siena, dirigido por Marcelo Aparecido Ferreira, 28 anos, estava descendo pela Eduardo Santos Pereira, sentido Santa Casa, e que o condutor do Gol, Fernando de Souza Mazer, 21 anos, seguia pela 13 de Junho.

Marcelo estava com duas passageiras no carro, entre elas a mãe que seria levada à Santa Casa para troca de um curativo. Fernando é estudante de Medicina e havia acabado de sair de um plantão, na maternidade Cândido Mariano. As vítimas tiveram ferimentos sem gravidade e foram encaminhadas até a Santa Casa.

O cenário após o acidente indica que, com o impacto da batida, o Siena, após ser atingido pelo Gol do lado do motorista, capotou e bateu contra o muro da casa da esquina. O Gol teve a frente destruída e o Siena também ficou bastante danificado.

Acidente deixou trânsito tumultuado enquanto o socorro estava no local. (Foto: Simão Nogueira)Acidente deixou trânsito tumultuado enquanto o socorro estava no local. (Foto: Simão Nogueira)

O trânsito ficou conturbado enquanto as equipes de resgate estavam no local. A Polícia de Trânsito tenta ainda identificar como aconteceu a colisão e confirmar se os motoristas seguiam da forma como aparenta. A preferencial é de quem segue pela rua 13 de Junho.

Entre moradores e comerciantes, há unanimidade no pedido de sinalização no local. Fernando Sugita, que tem uma casa de carnes há oito meses, bem próximo aonde foi o acidente, diz que desde que mudou-se para a região, presencia quase que diariamente batidas.

“As autoridades tem que pensar em algo que faça os motoristas tirarem o pé do acelerador. Seja rotatória, semáforo, o que for, mas é preciso tomar uma providência urgente”, comentou.

Na casa onde o muro foi destruído, a moradora só ficou aliviada de não terem crianças na área. Próximo ao muro é um espaço de lazer que as crianças usam para brincar. “Se tivesse criança ali, tinha morrido”, diz Carla Jacob, 31 anos.

Ela e a família relatam que são acordados toda semana por barulhos da colisão. A vizinhança já foi à Câmara Municipal pedir uma providência, mas segundo eles, até hoje nada foi resolvido.




Infelizmente o povo não tem mais respeito no trânsito, só sabem correr, mal abre o sinal já estão buzinando , acho que quem tem pressa, deve sair mais cedo de casa então, as blitzes que fazem nas avenidas pra evitar alta velocidade só serve para recolher carros irregulares de trabalhadores que não tiveram condições de pagar imposto em dia.Acabou a biltz, o povo volta a correr no mesmo lugar.
 
neuza cristina em 20/07/2012 11:11:00
auto-escola nao da educaçao nao! vem da pessoa! esses dias fui fechado ! pedi para a motorista ir mais devagar! ela simplesmente me mostrou o dedo e mandou eu tomar naquele lugar! detalhes tinha duas crianças! com ela ,uma na cadeirinha! infelizmente as pessoas nao se dao conta quem faz o transito somos nos! nao e o governo! estamos esperando o que? o governo fazer uma lei proibindo correr!
 
luiz carlos bandeira duarte em 20/07/2012 10:53:41
Primeiramente, antes de se habilitar, certas pessoas deveriam ter, pelo menos uma aula sobre a finalidade do automóvel. Assim, com certeza, teria incutido em sua mente, que o ato de dirigir é único; portanto, toda a atenção tem que ser dado a ele (ato de dirigir).Parece óbvio e retórico o que estou dizendo, mas pelas estatísticas, não é.
Pensem...
 
Edson Chaves em 20/07/2012 09:33:47
Simplesmente falta de ATENÇÃO, falta de educação no transito de Campo Grande, os motoristas/motoqueiros precisa-se serem mais educados e ter mais atenção, a pressa não leva a lugar nenhum, à não ser p/ CEMITÉRIO....
 
Antonio Ferreira Filho em 20/07/2012 09:30:41
E habilitação é sinônimo de respeito no transito? O curso de formação não serve para nada! Simplesmente para que o estado e as máfias das autos escolas possam tirar dinheiro dos cidadãos! Conheço MUITOS motoristas sem habilitação, que dirigem super bem; diferente de alguns habilitados, que não de qual forma, uma pessoa em sã consciência, o aprova em uma prova da auto escola!
 
Carlos Eduardo em 20/07/2012 09:16:31
Esse pessoal tem que refazer a avaliação no Detran. As auto-escolas ensinam de um jeito,... tirando a CNH, eles nem querem saber das Leis de trânsito. Por isso que acontece isso. Lamentável a falta de educação, alta velocidade, e amor próprio.
 
Marcelo Max em 20/07/2012 09:12:27
Mais uma tragédia anunciada! Mais um motorista curculando sem habilitação. Isso só traduz uma coisa. Somos a capita da impunidade, cidade sem lei e sem fiscalização. Agora é comum vemros na cidade motos circulando sem placas, possivelmente o piloto também estará sem habilitação.
 
josé M Silva em 20/07/2012 09:05:44
Deveria fazer como aqui em Maracaju, a prefeitura colocou 3 manilhas enormes na rua da rodoviária pra mostrar que é contra mão, assim quem sabe o pessoal fica esperto que tem que andar com cuidado!
 
Oswaldo Benites Junior em 20/07/2012 06:01:57
Habilidade no trânsito é igual jogar futebol, todos tentam todos se habilitam, poucas pessoas conseguem. Se apenas conhecer regras e um bom motorista, além disso ter habilidade é um esímio condutor.
 
jorge ferreira em 20/07/2012 05:48:18
Via IPad, tirei muitas fotos do acidente e mostrei a um amigo vereador, mas nao adianta nada as autoridades colocarem um semafaro sem a população se concientizar que se deve andar prudentemente em vias urbanas como outras. Pedimos em nome da populacao campograndense, as autoridades que sinalizem as vias urbanas, tal como a esquina que aconteceu o acidente. Nao e a 1 vez que teve isso no local !!!!
 
Petrus Lins Figueiroa de Albuquerque em 20/07/2012 05:31:48
Fazer algo. Esse é o discurso de todos. Mas propostas convincentes ninguém dá! O problema do trânsito está alicerçado em dois problemas: O individualismo do século XXI e o grande volume de automóveis provocado pela facilidade em adquirir esse tipo de bens.
 
Gustavo Ribeiro em 20/07/2012 04:36:34
Muito se fala sobre educação e gentileza no trânsito... mas todos esquecem que educação vem de casa e gentileza gera gente folgada!! Se o Estado trata-se as infrações de trânsito como crime, não teríamos tantas gentes despreparadas e sem punição nas nossas ruas. Muito se fala sobre desarmamento... mas esquecemos que é fácil ter "porte de arma" no Brasil. Basta tirar a CNH!!!!
 
Antonio Ton em 20/07/2012 02:12:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions