A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

21/12/2012 11:20

Com nova lei seca em vigência, PRF deflagra operação "Fim de Ano"

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Operação foi iniciada hoje. (Foto: Pedro Peralta)Operação foi iniciada hoje. (Foto: Pedro Peralta)

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) iniciou na manhã desta sexta feira (21) a operação “Fim de Ano”. A fiscalização compreende todas as estradas federais que cortam o estado e vai ser realizada até meia noite do dia 02 de janeiro.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

No período de festas do ano passado, de 16/12/2011 a 02/01/2012, 1906 motoristas foram autuados por ultrapassagens proibidas, outros 352 por excesso de velocidade. Além disso, 20 motoristas embriagados foram autuados e impedidos de seguir viagem.

No mesmo período, a PRF atendeu a 202 acidentes que feriram 156 pessoas e levaram a óbito outras 15. 

Na operação deste ano, o efetivo dos policiais rodoviários federais foi aumentado em 20%. Serão utilizados 2,3 mil bafômetros descartáveis, além dos 40 aparelhos usados normalmente. No total, são destinadas 40 viaturas para a operação.

A Polícia informa que já estão em vigor as medidas mais rígidas da Lei Seca. Pela norma, provas testemunhais, vídeos e fotografias poderão ser usados como comprovações de que o motorista dirigia sob efeito de álcool ou drogas ilícitas. Além disso, a nova lei aumenta as punições e os valores das multas cobradas aos infratores. Sancionada ontem (19), a medida entra em vigor no momento em que se intensificam as viagens para os feriados de Natal e Ano-Novo.

Pela alteração na lei, a multa passará de R$ 957,65 para R$ 1.915,30 para motorista flagrado sob efeito de álcool ou drogas psicoativas. Se o motorista reincidir na infração dentro do prazo de um ano, o valor será duplicado, chegando a R$ 3.830,60, além de determinar a suspensão do direito de dirigir por um ano.

Neste período, os policiais da PRF também irão fiscalizar o descanso dos motoristas de caminhão. A juíza da 21ª Vara de Brasília, Martha Franco de Azevedo, concede liminar ao MPT (Ministério Público do Trabalho).

Com isso, os policiais estão autorizados a multar os motoristas que desrespeitarem a lei.

Para aumentar a fluidez do trânsito nas rodovias de pista simples, maior parte da malha viária nacional, o tráfego de caminhões bitrem, veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha será restrito durante o feriado. Nos dias e horários de maior movimento, esses veículos não poderão transitar, independentemente de estarem carregados e possuírem Autorização Especial de Trânsito (AET).

O motorista que descumprir a determinação será multado pela PRF. A infração é média, gera multa de R$ 85,13 e quatro pontos na CNH. Além disso, o condutor será obrigado a permanecer com o veículo estacionado até o final do horário de restrição.

É restrito a circulação desses veículos no dia 21 (16h às 22h), 22 (06h às 12h), 25 (16h às 24h) e 28(16h às 22h).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions