A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

04/09/2012 17:48

Com o segundo acidente do dia, moradores pedem semáforo em cruzamento

Mariana Lopes e Helton Verão
Corolla acertou a lateral do C3 quando o motorista atravessou o cruzamento sem respeitar a sinalização (Foto: Rodrigo Pazinato)Corolla acertou a lateral do C3 quando o motorista atravessou o cruzamento sem respeitar a sinalização (Foto: Rodrigo Pazinato)

Em menos de 12 horas, dois acidentes foram registrados no mesmo cruzamento nesta terça-feira (4). O motivo é apontado facilmente por moradores e comerciantes da região: a quantidade de veículos estacionados na rua 13 de Junho e que atrapalha a visibilidade dos condutores que estão na Eduardo Santos Pereira e querem atravessar a via.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

O primeiro ocorreu na manhã de hoje, entre um Uno, que seguia na preferencial pela 13 de Junho, e um Tucson, que estava na Eduardo Santos Pereira.

Nesta tarde, outro acidente, e desta vez a condutora de um Corolla acertou a lateral de um C3 quando vinha pela 13 de Junho. A motorista do Citroën sem visão da rua tentou cruzar e só viu o Corolla quando já estava no meio do cruzamento sem tempo de frear.

As condutoras do Corolla e do C3 não quiseram se identificar e não ficaram feridas.

Proprietário de uma casa de carne, Fernando Fugita coleciona fotos de acidentes no celular. Ele diz que praticamente todos os dias têm um acidente no cruzamento.

Dirceu Rodrigues, servidor público, mora próximo ao cruzamento e implora por semáforo no local. “Aqui acontece muito acidente e é muito complicado o trecho, inclusive uma prima minha já se acidentou aqui”, diz o funcionário público.

A redação do Campo Grande News entrou em contato com a Agetran para saber se há algum projeto semafórico para o cruzamento, mas não obteve resposta.

O comerciante Fernando Fugita coleciona fotos de acidentes no celular (Foto: Rodrigo Pazinato)O comerciante Fernando Fugita coleciona fotos de acidentes no celular (Foto: Rodrigo Pazinato)
Acidente na manhã de hoje, Tucson atinge Uno no cruzamento (Foto: Fernando Fugita)Acidente na manhã de hoje, Tucson atinge Uno no cruzamento (Foto: Fernando Fugita)



O negocio não por mais sinais em CG, o problema eh a falta de educação que o povo não tem, CG pra mim eh uma da piores para se dirigir, povo mau educado, ja dirigi em varias capitais mas aqui eh complicado.
 
Eliel Lemos em 06/09/2012 12:57:35
Fabio Pellegrini, apoio o seu comentário e ainda digo que as pessoas preferem achar culpados para sua própria irresponsabilidade, esta história de colocar semáforos em todas as vias, e sinalização... acordem campograndenses, estamos em outra era, nossa cidade esta cheia de veiculos, é preciso muita prudência para dirigir.
 
João Bezerra em 05/09/2012 12:21:14
A MAIORIA DOS MOTORISTAS DE CAMPO GRANDE , TEM A MANIA DE PREFERENCIAL, SE A PREFERENCIA É MINHA, PAU AI VEMUM DESCUIDADO(A), É O QUE MAIS TEM, OQUE ACONTECE ISSO DA FOTO. AÍ VEM AQUELA, A PREFERENCIA É MINHA. MAS JA BATEU TONTO, SE FOSSE DEVAGAR DAVA PRA PARAR. OUTRA COISA O CELULAR NO ORELHÃO É O QUE MAIS TEM. DA NISSO.
 
lourenço de arruda em 05/09/2012 12:07:32
daqui uns dias vão querer um semáforo em cada esquina...
o problema de campo grande é falta de educação, colocar semáforo não ajuda que os usuários não conhecerem e não respeitarem..
o povo pens que as ruas é pista de corrida, depois que morre, só quem perde é a família, o jeito é rezar, sou motociclista, ando mais calmo possivel, mesmo assim tem hrs que me arrisco por causa dos outros.
 
DOUGLAS CESAR NE em 05/09/2012 12:04:20
Só a consiencia não resolve, tem que ter semáfo sim, e digo que tem que ter quebra molas também, um em cada esquina, só assim paramos o carro.
 
cleyson ricardo em 05/09/2012 11:38:22
Eu cansei de pedir ao Lima Bruno, da Agetran, que providenciasse um semaforo alí. Foram colocar duas ruas para baixo da 13, na José Antonio e na Padre Joao Crippa. E agora? Não adianta porra nenhuma essa cidade ter uma AGETRAN e a AGETRAN nao ter respeito pela cidade.
 
Rodrigo Manvailer em 05/09/2012 11:33:11
rapaz ,se colocar muitos desses campograndensses pra dirigir em sao paulo ...iam se matar tudo...(ruas estreitas,monte de gente e assim vai..).
 
felix socorro em 05/09/2012 11:10:38
Miguel Nader,não vi placa do carro,paréce zérinho, na preferencial,e essas batidas de lado costumam deformar o chassi,será que estou enganada tbm?
 
Teresa Moura em 05/09/2012 11:08:34
Eu não acho que seja apenas imprudencia nem abuso da velocidade pq em outras esquinas não tem acidentes constantes como neste cruzamento...Agetran precisa fazer alguma coisa sim neste Cruzamento!!!! só quem passa por este cruzamento sabe a dificuldade que é atravessar.....
 
Hudson Castilho em 05/09/2012 10:50:55
Morei nessa esquina por mais de 7 anos, fizemos dezenas de solicitações de instalação de semáforo nesse ponto, tanto na prefeitura, na Agetran, quanto com vereadores e nunca foram atendidos. Quantos terão que morrer nessa esquina, onde existe uma Escola Infantil, para que se tomem uma providência?
 
Roberto Manvailer Munhoz em 05/09/2012 10:03:58
Campograndense tem mania de achar que sinal de trânsito faz milagre. Se dependesse desse povo "esperto", tinha sinal em todas as esquinas, e tudo perfeitamente sincronizado (quando um abre, o seguinte fecha). A culpa desses acidentes é do governo, que dá carro na mão de quem não tem cultura e discernimento suficiente pra entender as regras de convivencia.
 
Alessandro Klidzio em 05/09/2012 09:39:51
Fábio Pellegrini tem razão ao dizer que pecamos no excesso de velocidade, contudo, antes dessa falha, tem uma pior, que é falta de educação não só no trânsito, mas na população em geral, dentro de supermercados, estacionamentos, shoppings, lojas, etc. Precisamos entender que vivemos numa sociedade e, em razão disso, é necessário regras!!! Se numa esquina tem o sinal de PARE, vc tem que parar!!!
 
Alessandra Silva em 05/09/2012 09:27:05
Só faltou um detalhe que o Fabio não mencionou, "ISSO NUNCA VAI ACONTECER COMIGO". Tem muita, mas muita gente mesmo que pensa assim, e quando acontesse, ha!!!não adianta chorar.
 
jose carlos em 05/09/2012 08:58:29
Concordo em andar devagar, porém nesta via e em muitas outras já deveria ter um semáforo a muito tempo. Por outro lado, existem muitas vias com semáforo sem necessidade. Será que a cidade está precisando de engenheiros de transito?
 
Cassiano Jorge em 05/09/2012 08:23:30
O problema é que a maioria dos motoristas que estão aí, aprenderam a dirigir com os pais e esses pais aprenderam com seus pais, quando a cidade era 5 ou 6 vezes menor do que é hoje ou seja muitos, dirigem como a 20, 30 anos atrás e ja estão "VICIADOS", gente a cidade cresceu, não deve nada a outras do Brasil o que falta é ATENÇÃO, muitos tem que se reciclar.
 
Victor Antunes em 05/09/2012 04:32:50
a economia de campo grande cresceu mas, infelizmente a educação no transito ficou estacionada,observem que em qualquer lugar do País inclusive nas rodovias "veículos lentos pista da direita"o que nao ocorre por aqui, o número de veículos aumentou e o transito está travado ( falta de educação no transito) vamos fazer campanha de rua e de televisao gente, caso contrario vms só liderando os acidentes
 
Waldir dos Santos em 05/09/2012 04:23:43
Concordo com o comentário do Félix, o campograndense não sabe dirigir principalmente
no dia de chuva, imagine o que vai acontecer quando chover em nossa cidade, vai
ter acidente para tudo quanto é lado e olha que as ruas são largas.
 
cleide milanesi em 05/09/2012 03:18:48
É impressão minha, ou o uno era zerado?
 
Miguel Nader Junior em 04/09/2012 11:47:23
Excesso de semaforo é como fila....faltou planejamento..o pior é que muitas pessoas pensam quem ambos são a solução..
 
Fernando Maciel em 04/09/2012 10:26:36
O pessoal realmente abusa da velocidade, mas isso não quer dizer que o local não precisa de semáforo. Chega um momento que a quantidade de carros é tanta que se não houver semáforo quem não está na preferencial vai ficar ali parado para sempre.
 
Murilo Ferreira Borges Delmondes em 04/09/2012 09:20:48
Sou comerciante nesta região e vejo todos os dias acidentes neste cruzamento e também na Pernambuco esquina com a Pé. João Crippa, a AGETRAN e a PMCG, nao fazem nada para resolver. Cade os engenheiros de transito da PMCG? Eu já níveis oficio para as entidades de transito e nada foi feito.
 
Paulo Regis em 04/09/2012 09:16:19
E além da velocidade que muitos abusam realmente, tem muita gente sem noção e sem educação que estaciona em esquinas impedindo a visão de quem precisa cruzar uma via. Isso acontece aos montes e ninguém vê fiscalização, nem sequer guia do meio fio com faixa amarela em muitos locais. Falta fiscalização pra tantos motoristas ruins...
 
Danny Vilhalba Antunes em 04/09/2012 08:30:25
Fabio vc tem total razão; se os condutores não usar a direção defensiva, vai dar nisso. Os condutores tem que ter conciencia e ser mito paciente.
 
Valdecir Batista em 04/09/2012 08:28:43
Agetran como fica ? esse local deveria ser respeitado o limite para se estacionar, passo ali sempre e tem carro estacionado praticamente na esquina, com isso fica dificil ver quem vem. sei que tem um limite antes de cada esquina.... pq não respeitam...? se nada for feito ali,com certeza a onda de batidas vão continuar.
 
Edson Fontoura em 04/09/2012 08:00:46
Olha eu até concordo com esse comentário do Fabio, mas quem passa por esse cruzamento todos os dias sabe a dificuldade que é em atravessar a 13 de junho que é mão dupla e a Eduardo Santos Pereira é uma subida a visibilidade é horrível, as pessoas não passam correndo tanto é que os acidentes são sem vitimas, Mas a engenharia de transito precisa fazer alguma. A cidade Cresceu....
 
Leticia Coppola em 04/09/2012 07:25:51
mais devagar que ta andando...o transito vai para...acorda, isso e falta de perecia.
 
Rafael Oliveira em 04/09/2012 06:56:42
Fabio Pellegrini tem razão em seu comentário!!
 
Vinicius Vormann em 04/09/2012 06:53:49
O problema é um só, que ninguém assume: excesso de velocidade. Se andassem na permitida, haveria tempo de freiar, desviar... Vamos pôr a mão na cabeça, pessoal! As coisas não são mais como antigamente! Quer mudança? Comece mudando! Ande na velocidade permitida! É devagar mas você chega no destino e sem dor de cabeça!
 
Fabio Pellegrini em 04/09/2012 06:38:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions