A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

18/03/2013 16:18

Condutor evita atropelamento, mas provoca engavetamento entre 4 carros

Nadyenka Castro
Engavetamento entre quatro veículos na Afonso Pena. (Foto: Marcos Ermínio)Engavetamento entre quatro veículos na Afonso Pena. (Foto: Marcos Ermínio)
Capô do Renault Logan levantou e ficou amassado. (Foto: Marcos Ermínio)Capô do Renault Logan levantou e ficou amassado. (Foto: Marcos Ermínio)

Ao evitar um atropelamento, o condutor de um Fiat Uno provocou engavetamento entre quatro veículos. O acidente aconteceu no sentido Centro/bairro da avenida Afonso Pena, no bairro Amambaí, por volta das 14 horas dessa segunda-feira. Ninguém ficou ferido.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

O Fiat Uno pertence ao SUS (Sistema Único de Saúde) e o motorista preferiu não se identificar. Ele conta que à frente dele seguiam um Renault Logan e uma moto. O carro de passeio freou e a motociclista também e ela acabou caindo.

Para não atropelar a jovem, o motorista freou. Atrás dele seguia um Honda City, que também freou e não bateu no Uno, mas, foi atingido por um Corolla, que foi colido por um Captiva, que por sua vez, foi alvo de um Renault Logan.

A condutora do Honda City, uma dentista de 26 anos, que também preferiu não se identificar, conta que freou para evitar a colisão com o Fiat Uno. Entre os dois carros ficou um espaço de cerca de dois metros.

O Corolla, de placas da Bolívia, foi atingido pelo Captiva quando tentava desviar do Honda City, e acabou batendo na traseira do veículo que estava à frente. “Eu ainda tentei tirar, mas não deu tempo, olha aí”, conta o motorista José Augusto da Silva, 48 anos, que seguia para casa com a esposa, Dayane da Silva, 28 anos.

A motorista do Captiva, Ivone Gríndola, 60 anos, contadora, fala que freou, mas, foi empurrada pelo Renault Logan que estava atrás do carro dela. Lacerda Lemos, 49 anos, gerente de área, diz que não conseguiu evitar o acidente.

Os quatro veículos ficaram danificados. Os danos maiores foram no Logan e na camionete. O capô do Logan levantou. O único automóvel que tem seguro é o Honda City. O acidente aconteceu na faixa da esquerda e deixou o trânsito lento no local.




Eu como Instrutor de Trânsito, faço minhas as suas palavras referente ao acidente em questão. A velocidade nesse trecho é de no máximo 30km/h, e a outra adversidade do trânsito, nesse acidente é a chuva!

DIREÇÃO DEFENSIVA SEMPRE!!!
 
Luciano Quintana em 18/03/2013 21:11:51
Quando se faz auto escola, os futuros motoristas aprendem Direção Defensiva, que ensina o condutor entre outras regras, manter a Distância de Segurança do veículo da frente e ter atenção com os demais condutores e pedestres. Nem mencionei velocidade permitida da via. Seguir a regras evitam acidentes idiotas . Quanto aos graves acidentes, redobrem as instruções ensinadas nas auto escolas, para isso que elas existem. Educação e Paz no trânsito!
 
Patricia Cabreira em 18/03/2013 17:44:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions