A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/06/2011 16:14

Condutor ferido em acidente com Audi teve cinco costelas quebradas

Nadyenka Castro

Uma perfurou o pulmão

Condutor do Audi que derrubou uma árvore na avenida Via Parque, em Campo Grande, na madrugada do último sábado, Ralfer Yoshiharu Teruya, 21 anos, está internado na Santa Casa de Campo Grande com cinco costelas quebradas, sendo que uma delas perfurou o pulmão.

O jovem também está com fratura na clavícula, em uma das pernas e diversos hematomas pelo corpo. Ralfer está internado na ala particular do hospital.

O acadêmico do curso de graduação em Administração de Empresas da Uniderp/Anhanguera voou do carro que dirigia ao colidir com uma árvore. Com o impacto, a planta quebrou e ela e o veículo bateram no portão de uma residência causando danos até na cerca elétrica.

O automóvel ficou destruído, principalmente a frente e lateral do motorista. Assim como Ralfer, o motor e o estepe do carro também ‘voaram’ e foram parar na calçada. O jovem caiu ao lado do equipamento que faz o carro funcionar.

Testemunhas disseram que o barulho causado pelo impacto foi tão alto e forte que parecia que o acidente era com veículo maior. Também declararam que o Audi trafegava em alta velocidade momentos antes da colisão.

Moradores registraram como Audi ficou após o acidente. Moradores registraram como Audi ficou após o acidente.
No asfalto ficaram marcas de frenagem. Na calçada, marcas da colisão. (Foto: Simão Nogueira)No asfalto ficaram marcas de frenagem. Na calçada, marcas da colisão. (Foto: Simão Nogueira)



Foi um desastre dirigir de forma tão irresponsável, mas te conheço Japa, espero que fique bem! Sei o quanto é responsável, uma pessoa incrível! Estou torcendo que melhore!!!
 
Aline Benvinda Figueiredo em 16/06/2011 12:31:26
Isso é falta de sinalização ... E estavo no momento presença total na hora, e estavo bem antes do corpo de bombeiro chegar !!! Mais sinalização para a redução de velocidade é sempre bom !!!
 
João Thalles em 11/06/2011 10:47:59
Infelizmente muitas vidas são ceifadas por esses atos de irresponsabilidade... Deus foi tão bom que somente o condutor sofreu alguns ferimentos, ele precisa saber que nasceu de novo para se conscientizar de seu erro, e não comete-ló novamente... A árvore e o muro, reconstrói, mas se fosse uma vida com certeza teria destruído uma família inteira. Meu esposo faleceu na via park em um acidente automobilístico, estava seguindo o fluxo quando um desalmado numa Captiva cruzou uma preferencial sem olhar, ele morreu na hora. Talvez ele nao saiba, mas nao foi somente uma vida que ele tirou... Erros todos cometemos, mas vamos dirigir com atenção, respeitar a sinalização, enfim respeitar as leis de transito e amar o nosso próximo.
 
PATRICIA DIAS NEDER CAFURE em 08/06/2011 07:56:07
NÃO DEVEMOS SÓ JULGAR,PORQUE NA VIDA QUEM NÃO COMETE ERROS? TEMOS QUE DAR GRAÇAS A DEUS POR ELE ESTÁ VIVO E A TRAGÉDIA NÃO TER SIDO MAIOR. NOS OUTROS COMENTÁRIOS AS PESSOAS DIZEM TER PENA DA ÁRVORE,MAS QUANTO VALE A VIDA DO SER HUMANO HOJE? MESMO ELE ESTANDO ERRADO PEÇO AO SENHOR JESUS CRISTO QUE TENHA MISERICÓRDIA DA VIDA DELE,DANDO -LHE A CURA E O LIVRAMENTO. QUE DEUS O ABENÇOE.
 
ELOIZA SALAZAR em 07/06/2011 12:27:38
Será que eu devo mais uma vez lembrar??!!
No autódromo tem eventos abertos a todos de arrancada por que é tão difícil procurar a Federação de automobilismo MS e saber como participar desses eventos, lá tem segurança, aonde vcs não vão correr o risco de destruir seus carrões e nem machucar ninguém.
Será tão difícil assim?
Deve ser preguiça mesmo!!!!
 
Oswaldo Benites em 07/06/2011 11:06:33
Esses jovens buscam se aventurar??? ou bucam suicidar-se??? Fico imaginando o que se passa na mente desses jovens que se envolvem em acidentes automotivos, sebe-se claramente que não se deve ultrapassar o limite de velocidades em avenidas no qual é de 60km/h, testemunhas relataram que ele estava o tripo da velocidade permitida, creio eu que ele escapou dessa por pura sorte, pois obteve-se seu carro dividido em várias partes, inclusive o motor foi lançado pra fora do carro. Não foi por falta de sinalização, ou por falta de quebra-molas ou de fiscalizações eletrônicas, foi falta de concientização do próprio motorista e juizo, pois botou sua vida em risco e das pessoas, ja imaginou se no lugar da àrvore fosse um pedestre, ou uma mãe com seu filho(a). O que mais me comove é que o sujeito não vai ter sua carteira apreendida e vai volta as ruas e avenidas, pelo menos é que se parece, espero que ele tenha tomado uma boa lição e ter sua vida poupada por sorte, espero também que sirva de lição pra outros jovens que buscam pisar fundo no acelerador do seu carro. Mas Lembre-se (Se Dirigir não Beba).
 
Rafael Rocha - C.A.C em 07/06/2011 03:47:31
O fato de estar com costela quebrada é problema dele,quem causou o acidente foi o mesmo.Triste seria, se estivesse ceifado a vida ou ferido gravemente um inocente.
Será que depois dessa, aprende que carro pode ser uma arma letal?Principalmente da maneira irresposável,imatura,inconsequente...que dirigia seu veículo.
Pena,fiquei da árvore e do muro do morador.
 
neide de oliveira em 06/06/2011 09:17:13
Via parque? Acidente grave? Condutor de apenas 21 anos? Audi prata? Acho que já vi esse filme antes e vou estragar a surpresa de quem não viu. No final ninguém é punido, o condutor continua com a carteira de habilitação trafegando livremente pelas ruas da cidade e assim perdemos mais uma vez a chance de dar exemplos aos mais jovens.
O primeiro fato ocorreu há 3 anos atrás, e se a justiça fosse feita quem sabe este jovem que na época estava completando seus 18 anos e provavelmente estava em processo para conquistar sua CNH não tería visto o caso como um exemplo de como não se comportar diante do volante? Estou na torcida pela recuperação deste jovem, mas se ele se reabilitar deve cumprir com a lei e ser punido, assim o caso se tornara exemplo aos mais jovens. Se nào for assim, continuaremos a assistir tragédias pelas ruas de Campo Grande durante muito tempo, e a próxima vítima pode ser você ou uma pessoa a qual você ama.
 
Paulo Honório em 06/06/2011 08:05:43
É gurizão, teve outra chance de Deus. Trafegar a velocidade de 180 km/h conforme relato de testemunhas no local e só sair com costelas quebradas é obra divina. Vê se aprende com os erros e não utilize mais seu veículo como uma arma. Imagine só se tivesse motocilcistas, ciclistas ou pedestres no local... Que isto lhe sirva de aprendizado, desde que o muro seja reconstruído e outra árvore plantada, é lógico.
 
João Júnior em 06/06/2011 05:19:20
Mais uma irresponsabilidade cometida por um jovem ao volante.
 
Renata Silva em 06/06/2011 04:32:02
ele devia estar treinando para a corrida de stockcar.. pena que que a arvore atrapalhou....
rsrsrs.... esses pilatos não sabe que o lugar deles é no autrodomo não em vias publica..fico com muita pena da arvore destruida..
 
João Antonio em 06/06/2011 04:25:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions