A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

28/08/2011 12:26

Condutor fica preso às ferragens de carro após acidente em Campo Grande

Ana Paula Carvalho e Paula Maciulevicius
Bombeiros retiram condutor que ficou preso às ferragens. (Foto: Simão Nogueira)Bombeiros retiram condutor que ficou preso às ferragens. (Foto: Simão Nogueira)
Honda ficou destruído ao bater em poste. (Foto: Simão Nogueira)Honda ficou destruído ao bater em poste. (Foto: Simão Nogueira)

José Roberto Soares Santos, de 31 anos, ficou preso às ferragens de um veículo Honda Fit preto após colidir com um Gol prata no cruzamento da rua Alvilândia com a rua Colômbia, no Jardim Portal Caiobá.

Segundo informações de testemunhas, o Gol conduzido por Elias Bernardo do Nascimento, de 54 anos, descia a Alvilândia no sentido de quem vai para o Coophavila quando o Honda Fit que estava subindo pela Colômbia no sentido bairro São Jorge da Lagoa cruzou a rua.

Com o impacto da batida, o Honda bateu em um poste. José Roberto foi retirado das ferragens pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado à Santa Casa de Campo Grande com escoriações pelo corpo. No Gol também estava a esposa de Elias, Maria Aparecida Santos Nascimento, de 50 anos.

Sem sinalização - O asfalto no local do acidente é recém construído e ainda não há sinalização vertical e horizontal. O construtor, Natalício Peralta, de 39 anos, mora na região e questiona o fato da rua ter sido liberada sem a devida sinalização. “Como eles entregam uma rua sem sinalizar?” questiona.

Ainda de acordo com ele, a rua está tão perigosa que mal dá para deixar as crianças brincarem por lá. “Já passou da etapa de conscientização, todo mundo sabe o que pode ou não pode fazer. Acidentes não acontecem sozinhos, são as pessoas que os cometem”, afirma.

Marluci Martinez, 44 anos, contadora, alega que a qualquer hora um carro vai entrar em uma casa. “Aqui virou pista de cavalinho de pau. Eles passam na velocidade máxima”, relata.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



O poder público está errado em não sinalizar é claro, porém é dever do motorista ter muito cuidado nesses casos. A direção defensiva é muito importante e deveria ser cobrada nos exames para Carteira de Habilitação, por isso existem tantos maus condutores nas ruas de Campo Grande!
 
Lucio Xarão em 29/08/2011 07:38:25
O problema como eu sempre digo, não está nas vias mal sinalizadas, e sim nos condutores que não podem ver um asfalto novo e já saem pisando achando que estão no Autódromo, custa muito né, deve ser mais barato consertar o carro e pagar médico, remédios a andar com mais cuidado, reduzir ao passar por um cruzamento, mesmo estando na preferencial.
Gente vamos ser mais inteligentes e acordar pra vida!!!!!!!
 
Oswaldo Benites em 28/08/2011 06:15:13
Quais as ruas foram entregues, devidamente sinalizadas, em Campo Grande.
 
alcenair nobre costa em 28/08/2011 04:30:56
Nada a ver, se o asfalto é sinalizado ou não. E pela batida acham que ele estava a 50KM/h? Ora vejam os estragos,... com certeza o cara estava mais que correndo! Ou seja,... pelos estragos no veiculo, ele estava em velocidade não compatível com a via, e além do mais, pondo a vida de terceiros em risco, ainda mais que é área urbana, habitada. Mais tudo bem,... ele vai ser medicado, liberado,... e nada mas irá acontecer. Êta justiçazinha que temos!!!
 
Marcelo Max em 28/08/2011 01:34:07
É hoje e sempre vc tira a sua habilitação em 2 meses , pra uma responsabilidade para a vida inteira, devia ser no minimo tres anos para se tirar uma habilitação ai quem sabe os motoristas sairiam com mais consciencia e responsabilidade no transito. afinal não é só arma que mata carro tbm.
 
sandra lima em 28/08/2011 01:27:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions