A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

02/11/2012 07:49

Condutor sem CNH desrespeita sinalização, bate em moto e poste

Veículo tem placas de Aparecida de Goiânia. Motociclista ficou ferido e foi encaminhado para Santa Casa

Nadyenka Castro

Condutor de uma Parati, Antonio Carlos de Moraes, 48 anos, desrespeitou a sinalização de trânsito, bateu em uma moto e depois em um poste, por volta das 21 horas dessa quinta-feira, no Jardim Vida Nova, em Campo Grande.

Antonio, que não tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação), foi autuado por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor. O piloto da moto que ele colidiu, José Henrique Nogueira Motta, 21 anos, ficou ferido e foi encaminhado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa.

De acordo com registro policial, a Parati de placas de Aparecida de Goiânia, Goiás, trafegava pela rua Água Santa e o motorista não respeitou a placa de parada obrigatória e colidiu na Honda CG 150 Fan que seguia pela rua Timbaú.

Com o impacto entre os veículos, a Parati ‘rodou’ para à direita e bateu também em um poste da rede de energia elétrico, que ficou danificado e precisou ser trocado. O motorista do carro de passeio saiu ileso.

Conforme boletim de ocorrência, Antonio Carlos confirma que não tem CNH e que não respeitou a sinalização. 

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe




Fernando Silva esta certo ! A pessoa sabe que deve ter habilitação, passar por testes que comprovem que a mesma tem condições mínimas para conduzir veículo automotor e mesmo assim sem a necessidade extrema (urgências médicas, criminais, etc...) pega o mesmo e sai para causar acidentes (se acontece com quem passa nos exames, imagine com quem não tem noções de direção) deveria além de pagar pelos estragos, ter medidas de serviço comunitário e manter a vítima até sua completa recuperação.
 
Alexandre de Souza em 02/11/2012 13:39:09
Exceto em situações de extrema necessidade (prestação de socorro, por exemplo),quem fosse flagrado conduzindo veículos sem a devida habilitação, além das medidas administrativas já previsas em lei, deveria responder a processo judicial e ser obrigado inclusive a realizar serviços comunitários. Mesmo que não tenha gerado dano algum enquanto na condução veicular.
 
Fernando Silva em 02/11/2012 12:31:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions