A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

25/12/2014 09:36

Crateras quase “engolem” veículos e trechos de avenida estão interditados

Aline dos Santos e Luciana Brazil
Trecho da avenida cedeu durante a chuva forte de ontem. (Foto: Marcos Ermínio)Trecho da avenida cedeu durante a chuva forte de ontem. (Foto: Marcos Ermínio)

Três crateras, capazes de “engolir” um carro, foram abertas pela enxurrada ontem (24) na avenida Tamandaré, próximo à UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), em Campo Grande. Conforme apurado pela reportagem, a via passa por obras de esgoto e recapeamento. Porém, na manhã desta quinta-feira (25), feriado de Natal, não havia equipe trabalhando para recompor o asfalto.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Ontem, após às 23h30, ocorreu uma sequencia de quedas de veículos: caminhonete, Pálio e Uno. O primeiro caiu em frente a um posto de combustível, a caminhonete ficou com parte da roda traseira e carroceria submersas. O Uno caiu no buraco localizado em frente à universidade. Um dos três ocupantes machucou o joelho e foi socorrido pelos bombeiros.

Já o Pálio quase foi “engolido” pela cratera localizada após a instituição de ensino. De maior proporção, a erosão tem quase quatro metros de profundidade. As rodas do carro ficaram nas extremidades do buraco. Segundo o agente de trânsito Daniel Cabanhas, a condutora teve sorte. “Se passasse mais para direita, tinha caído”, relata.

Devido aos buracos, trechos da Tamandaré têm interdição parcial. Agentes de trânsito da Guarda Municipal estão nos locais. Hoje, foi preciso reforçar a sinalização, pois novos buracos brotaram do chão.

A via têm problemas desde o cruzamento com a Euler de Azevedo, com muitas placas de asfalto soltas. O Campo Grande News tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa da Seintrha (Secretaria de Infraestrutura, Transporte e Habitação), mas as ligações não foram atendidas.

Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), o feriado de Natal já registra chuva de 87,4 milímetros.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions