A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Janeiro de 2017

06/06/2015 11:48

Cruzamento onde motociclista morreu é marcado por acidentes, diz morador

Viviane Oliveira e Mariana Rodrigues
Dona Maria reclama da situação e diz que alguma coisa deve ser feita para reduzir os acidentes no local. (Foto: Marcos Ermínio) Dona Maria reclama da situação e diz que alguma coisa deve ser feita para reduzir os acidentes no local. (Foto: Marcos Ermínio)
Segundo moradores, a maioria dos motoristas não respeita a sinalização não local. (Foto: Marcos Ermínio) Segundo moradores, a maioria dos motoristas não respeita a sinalização não local. (Foto: Marcos Ermínio)

Os vizinhos das ruas Itaporã e Rio Brilhante, no bairro São Jorge da Lagoa, reclamam da imprudência dos motoristas e dos constantes acidentes no local. Ontem a noite, o motociclista Airton Fernandes dos Santos, 47 anos, morreu após colidir a moto que conduzia com um veículo Gol.

Veja Mais
Motociclista que morreu após invadir preferencial foi lançado a 10 metros
Morador de rua é socorrido em estado grave após ser atropelado

A dona de casa Antônia Lúcia Andrade, conta que no cruzamento há sinalização de pare, tanto na vertical quanto na horizontal, mas a maioria dos motoristas não respeita e avança a preferencial. Com tantos acidentes no local, a moradora teme que a casa dela, localizada na esquina e sem muro, seja atingida por algum veículo. “Aqui ninguém respeita sinalização”, lamenta.

A equipe de reportagem esteve no local hoje e enquanto entrevistava os moradores flagrou vários motoristas invadindo a preferencial. Alguns motoristas chegam a diminuir a velocidade, mas não param. “A situação é complicada e alguma coisa deve ser feita para reduzir os acidentes”, reclama a idosa Maria Frutuoso, 86 anos.

Ela mora há 25 anos no bairro e diz que os problemas começaram depois que a via foi asfaltada e o bairro começou a crescer. “O benefício chegou, mas ao mesmo tempo trouxe preocupação para os moradores”, destaca.

Para a acadêmica Cristiana Zuleica Toledo, 37 anos, uma quebra-molas no cruzamento é a solução para evitar a alta velocidade dos motoristas. “Ontem depois que liberaram a pista após o acidente, quase teve outro, envolvendo um veículo e um ônibus. O motivo, um dos condutores não respeitou a sinalização de pare”, diz.

Acidente - Airton seguia em uma moto Honda Titan, de cor preta, pela Rua Brilhante e ao cruzar a preferencial acabou colidindo a moto na lateral esquerda de um veiculo Gol, de cor vermelha.

Com a pancada, o motociclista passou por cima do capô e foi lançado a aproximadamente 10 metros do veículo. O corpo do motociclista foi parar do outro lado da rua em cima da calçada. O motorista do carro, que não teve o nome divulgado, passou pelo teste do bafômetro, que deu negativo.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions