A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

10/06/2013 18:01

Delegado cobra sinalização em rua onde ônibus se chocaram; Veja vídeo

Evelyn Souza e Viviane Oliveira
Nas imagens é possível observar, quando um dos motoristas desvia de um carro estacionado na via e acaba colidindo com outro ônibus, que estava no sentido contrário. (Foto: Pedro Peralta)Nas imagens é possível observar, quando um dos motoristas desvia de um carro estacionado na via e acaba colidindo com outro ônibus, que estava no sentido contrário. (Foto: Pedro Peralta)

A Polícia disse nessa segunda-feira (10) que a falta de sinalização pode ter contribuído para o acidente entre dois ônibus, que deixou 33 pessoas feridas, na última sexta-feira (07), em Campo Grande.

Veja Mais
Vítimas de acidente entre ônibus dão depoimentos e Polícia requisita vídeo
Onze das 13 vítimas de acidente com ônibus recebem alta na Santa Casa

De acordo com o delegado da 6ª delegacia, Valmir Moura Fé, a faixa de relamento no local está desbotada e não há outro indicativo na via. O delegado, que voltou ao local do acidente nesta tarde, disse que irá encaminhar ainda hoje um ofício para a prefeitura solicitando que a sinalização seja refeita.

Os ônibus, da empresa Guaicurus, colidiram de frente na rua Manoel Joaquim de Moraes, no bairro Coophamat. Um deles fazia linha Tarumã e o outro Caiobá.

Hoje o delegado avaliou as imagens do circuito interno dos coletivos e informou que irá fazer uma avaliação minuciosa para descobrir quem invadiu a pista contrária.

Nas imagens, é possível observar quando o motorista, Maurício Gazola, de 51 anos, desvia de um veículo Gol que estava estacionado na via. Ela acaba batendo de frente com outro coletivo, conduzido por Sebastião Pires, que seguia sentido bairro/centro.

Nenhum dos envolvidos compareceu a delegacia na tarde dessa segunda-feira (10). O delegado informou que todas as vítimas serão intimadas para prestarem depoimentos a partir de amanhã. Segundo ele, algumas pessoas que estavam nos coletivos, mas não ficaram feridas, também deverão ser intimadas como testemunhas.

A Polícia também quer ouvir o motociclista que aparece na filmagem. Ele passa no meio dos dois ônibus e por pouco, escapa do acidente. Os motoristas segundo a Polícia, devem ser os últimos a depor.

Nas filmagens também é possível observar que a pista de quem faz o sentido centro/bairro pela rua Manoel Joaquim de Moraes é mais estreita do que a pista que dá acesso ao centro. O delegado disse hoje, que o tacógrafo confirmou que os dois ônibus estavam em velocidade compatível com a permitida, que é de 30 km/h.

Moura Fé disse também que já conversou com o motorista do Gol, que estava estacionado na rua. O estacionamento não é proíbido no local.

De acordo com a Polícia, se ficar comprovado que um dos ônibus invadiu a faixa contrária, o motorista será indiciado e vai responder por lesão corporal na direção do veículo automotor das 33 vítimas.

A maioria das vítimas sofreu ferimentos leves e foi encaminhada para postos de saúde da região. Outras treze foram encaminhadas para Santa Casa, mas já receberam alta. Um dos motorista chegou a ficar com um dos pés preso às ferragens. Não há informações sobre o estado de saúde dele.




Rs,rs,rs...desde quando resolve sinalização em Campo Grande? muitos tiraram CNH para dirigir na roça.
Aqui na minha região, têm todo tipo de sinalização(horizontal, vertical e semáfaros), o povo vive invadindo a preferêncial, furando semáfaro, andando em alta velocidade em locais inadequado, consequentemente capotando. Sem contar, as batidas idiotas nas rotatórias(Amazonas c/ Brasil, José Antônio, Arthur Jorge,etc.), sendo que a preferencial é de quem entra primeiro, mas os matoristas acham que por ser uma RUA PREFERENCIAL, pode entrar em alta velocidade ignorando a regra de circulação, FRANCAMENTE!!
O que falta é EDUCAÇÃO, CONSCIÊNCIA e GENTILEZA no trânsito, mas até de tudo isso, tirar a CNH em uma BOA autoescola.
Os orgãos competentes devem fazer a sua parte, mas o motorista também.
 
Neyde de Oliveira em 11/06/2013 12:27:42
se analisar o vídeo,q1 2 q2, nota se as sombras que forma uma espécie de faixa de rolagem separado a via, antes da batida nota se que o motorista adentra mais a sobra (pista contaria), olhe o movimento do braço dele indo para esquerda, repare a reação do motorista (não há)... portanto o motorista das filmagem possivelmente estava dormindo ou disperso com o fone de ouvido pois somente acordou com o impacto, o motorista contrario tentou alerta-lo dando luz mais o mesmo nem viu (estava dormindo).
 
antonio arantes em 11/06/2013 09:48:29
TEM QUE SER ANALISADA A FILMAGEM DOS DOIS VEÍCULOS E PERCEBE SE QUE QUERIAM PASSAR AO MESMO TEMPO NUM ESPAÇO DE VIA EM QUE VEÍCULOS PODEM ESTACIONAR EM AMBOS OS LADOS POIS A VIA É DE MÃO DUPLA DE DIREÇÃO, E POR SEREM VEÍCULOS DE GRANDE PORTE FICA DIFÍCIL PASSAR E POR MAIS QUE NÃO ESTÃO EM ALTA VELOCIDADE A PARADA DEMORA MAIS.E AINDA TEMOS QUE FALAR QUE AUMENTARAM OS PASSAGEIROS DESSAS EMPRESAS E NÃO AUMENTARAM O TEMPO DE PERCURSO DOS ÔNIBUS, FAZENDO OS MOTORISTAS ANDAREM NO LIMITE.E ESSES MOTORISTAS SÃO PAIS DE FAMÍLIA E JAMAIS IRIAM QUERER MACHUCAR ALGUÉM É UMA CLASSE DE VALOR.
 
Luiz Carlos Santos Messias em 11/06/2013 08:29:28
Não sou perito, mas é evidente que o motorista do ônibus que aparece no canto direito de cima supostamente dormiu no volante ou passou mal. A linha da trajetória do ônibus que esse estava dirigindo começou a deslocar-se para a esquerda no mesmo sentido em que a cabeço do motorista se inclina também, isso é claro no vídeo e demonstra que o motorista pode ter dado um cochilo no volante e mais o outro motorista que estavam em sentido contrário até sinalizou com jogo de luz de seu veículo, porém o motorista não viu, porque supostamente deu um cochilo ou no linguajar mais antigo deu uma pescada. Comentem pessoal o que acham???
 
José da Silva em 11/06/2013 05:58:19
Olha a velocidade que o ônibus estava!
 
Wesley Rocha em 10/06/2013 20:43:20
quero ver se a AGETRAN vai atender a solicitação do delegado, porque aqui na esquina do parque Airton Sena e linha de 04 ônibus, 112 Morenão/Aero Rancho A, 115 Gauicurus/Aero Rancho, 120 Morenão/Aero Rancho B e 190 Aero rancho Executivo, tem muitos acidentes, e no entanto a AGETRAN sabe dos acidentes e não reforma os quebra-molas que estão todos danificados.
 
Nilson Marinho em 10/06/2013 20:12:36
Chegamos ao cúmulo do absurdo em Campo Grande onde a autoridade (Delegado de Polícia) tem que pedir por algo que já deveria existir! Sinalização horizontal e vertical na vias públicas. É brincadeira....
 
Wellington Cardoso Bezerra em 10/06/2013 19:50:12
Acho que o motorista pode não ter visto, pois o sol estava contra ele e o outro ônibus estava vindo pela sombra.
 
Antonio Carlos em 10/06/2013 18:35:04
Se repararem não é somente lá que não tem sinalização.... 97% de Campo Grande, principalmente os bairros deixam a desejar.....A cidade esta abandonada.#precaridadetotal
 
ANDREA MOREIRA em 10/06/2013 18:26:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions