A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014

08/09/2013 11:41

Delegado impõe fiança de R$ 8 mil e família faz vaquinha para liberar médico

Ângela Kempfer e Graziela Rezende
Carro do médico teve a parte da frente destruída. (Foto: Simão Nogueira)Carro do médico teve a parte da frente destruída. (Foto: Simão Nogueira)

Responsável pelo acidente ocorrido na madrugada de hoje (9), em Campo Grande, o médico William Ivan Miyasato, de 28 anos, só saíra da prisão se pagar fiança de R$ 8.136,00, o que equivale a 12 salários mínimos.

Veja Mais
Médico que se envolveu em acidente disse que estava cansado de plantões
Após acidente, médico fica preso e Polícia analisa possibilidade de fiança

Segundo o advogado da família, Silvio de Gaspary, a quantia foi considerada alta pela família que teve de apelar aos parentes e amigos para conseguir o valor de forma rápida.

Durante a manhã deste domingo, pelo menos 3 pessoas apareceram na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, com dinheiro para colaborar com a “vaquinha”.

Antes de definir o valor, o delegado Luis Thomás de Paula Aquino já havia dito que a fiança ficaria entre 10 e 20 salários mínimos, porque o médico confirmou que bebeu antes de pegar o volante.

A família também garantiu que já está bancando todos os custos com atendimento aos dois homens que foram atingidos pelo carro conduzido por William.

As vítimas estavam paradas em uma moto, na avenida Afonso Pena, esquina com a Calógeras, no sinal vermelho, por volta das 4h30. Ambos voltavam do trabalho, no bar Barbaquá.

Segundo a Polícia, nenhum corre risco de morte. Anauri Rivarras de Souza, de 31 anos, teve ferimentos leves. Carlos Henrique Aparecido Nunes estava na garupa da moto e teve traumatismo na cabeça e no joelho.

Willian prestou os primeiros socorros, antes de ser levado à delegacia.No carro do rapaz, a polícia encontrou uma garrafa de uísque Johnnie Walker Red Label, as ele também disse em depoimento que estava muito cansado porque havia feito vários plantões consecutivos.

O médico é contratado pela Prefeitura de Campo Grande, mas a especialidade não foi divulgada.



Pessoal, eu tava la na hora do acidente. Realmente, meu amigo anaury tava consciente o tempo todo e o medico não tinha condição sequer de se manter de pé. E, se no estado que ele estava, deu apenas 0,37 no bafômetro...pessoal, podem encher a cara a vontade que não vai dar nada. Outro erro foi a demora para este fazer o teste do bafómetro, pois eu fiquei ate a ultima viatura sair e já tinha transcorrido quase três horas do acidente. Sem contar que ele não fez o teste no local.
 
Marcilio Guimaraes em 09/09/2013 20:20:12
Esse Sergio Hideo só quer dar uma de moralista. Pimenta no olhos dos outros é refresco ne. Vc nunca dirigiu embriagado então né. Legal esse comentário seu. Quem conhece vc q o diga.
 
joao vittorio em 09/09/2013 13:38:03
Só para esclarecer. Dirigir sob efeito de álcool é crime afiançável, seja pra Rico ou para pobre, Neste caso foi um médico, a fiança foi de um valor relativamente alto, se fosse para alguém que ganhasse menos, o valor seria mais baixo. Não é porque ele é médico que saiu, mas sim porque pagou fiança, se alguém acha errado, não é culpa de Delegado, advogado ou juiz, mas sim da legislação, neste caso a de Transito, a qual foi elaborada pelos políticos que todos nós elegemos. Quando ao dinheiro, este é depositado na conta do Poder judiciário. Fica a dica. “Só abra a boca quando estiver certeza do que está falando”, senão fica feio se não souber, faça igual a Cristina pergunte. Boa tarde a todos.
 
Ricardo Martins em 09/09/2013 13:15:24
me diz uma coisa como um cara embriagado iria prestar os primeiros socorros.....o que ele fez foi esconder a garrafa de wisk e pegar um taxi me deixando ali e meu amigo no chão sem prestar nenhum socorro...e vcs vem me dizer que ele prestou primeiro socorro pelo amor de deus gente seremos realista eu fiquei consciente o tempo todo a preocupação dele era esconder o wisk e se evadir do local..e familia dele nem me ligou pra saber se preciso de algo ...fiquei em uma maca sem colchão no ferro puro na santa casa, tanto eu quanto meu amigo carlos henrique eu ja estou em casa em repouso nao quebrei nada graças a deus mas com corpo todo doido e dificuldade pra respirar um pouco......
 
anauri ivarras de souza em 09/09/2013 09:19:42
Vai para uma conta do jurídico com certeza querida Cristina. Foi pouco ainda pq se fosse nos EUA seria mais e teria ainda medidas socioeducativa. Quem não quer dar dim dim para o sistema não cometa infração de trânsito. Um abraço e uma ótima semana!
 
Marilei Tibério em 09/09/2013 07:26:29
Cristina este valor pode servir para pagar as custas processuais ou uma possível indenização, pode ser aumentada caso o Juiz entenda necessário, devolvida ao réu em caso de inocência devidamente corrigido e também pode ir parar na conta do Fundo Penitenciário Nacional (FPN), tudo isto depende de uma combinação de fatores regulados pela legislação penal
 
Ariel Fernandes Lima em 08/09/2013 23:11:32
Boa pergunta Cristina Mendes Carli, também quero saber.
 
Aveladio Alberto Espinoza em 08/09/2013 19:37:11
Fiança PQ?
Não Entendi.
Não é Crime Dirigir Bebado?
Ou Lei Só Serve Pra POBREEEEEE.?
 
Fábio Souza em 08/09/2013 19:32:22
Boa pergunta Cristina Mendes, pra onde sera que é investido ou sei lá o que com essas fianças????Fora que esses e outros tipos de acidentes nunca da em nada, principalmente quando é filhinho de papai ou playboyzinho. Ainda bem que ele prestou socorro, pelo menos isso.
 
gabriel nicolaev em 08/09/2013 16:48:46
boa pergunta ,Cristina Mendes quem fica com esse dinheiro !!
 
sirene camargo em 08/09/2013 16:44:03
Cristina Mendes carli, o dinheiro não é para indenização às famílias, portanto é para o Estado. As vítimas podem requerer em juízo indenização por danos morais.
 
João Dias em 08/09/2013 16:24:24
Ué, ele não deveria estar preso sem fiança! porque estava alcoolizado? ou porque ele é medico não ficará preso e tem direito a fiança? ou porque irá faltar médico nos postos de saúde e arruinar o programa mais médicos do governo federal.
é um absurdo, é uma pessoa consciente do que faz, trabalha na área da saúde sabe como é atender acidentados, e bebe e sai dirigindo!!, é um tremendo irresponsável , deve ficar preso mesmo poderia ter matado alguém.
 
Andre Marcel em 08/09/2013 16:19:24
é incrível a pessoa tem um carro neste porte mas não tem dinheiro pra pagar a fiança
 
Claudete Maciel em 08/09/2013 15:59:15
Apenas uma correção: o nome correto é Anauri Ivarras de Sousa, a família do mesmo mora em Sidrolândia/MS, e tomou conhecimento do fato agora, estamos nos dirigindo para Campo Grande, para ficarmos a par da verdadeira situação. (que vergonha hein sr médico, tanta instrução para salvar vidas, e quase ceifa a vida destes dois trabalhadores).
 
Agner Sousa em 08/09/2013 15:57:34
gostaria de saber qual foi este delegado, para elogia-lo, pois muito bem,isso tentativa de homicídio,bebe irresponsavelmente e quer matar dois trabalhadores que estavam até madrugada trabalhando, médico tem que dar exemplo,lida com vida e a morte o tempo todo.
 
regina tavares em 08/09/2013 15:48:33
Cristina, já fiz ssa pergunta e gostaria de ver logo logo algum jornal esclarecer junto ao judiciário, qual é o destina dessas verbas de multas. O Detran e Agetran também são dois orgãos da riquesa e nem placa nas ruas tem. As rodovias tudo enferrujadas e 6 em 6 km uma. Uma vergonha muitas coisas ainda, mas vai mudar.
 
luiz alves em 08/09/2013 15:29:31
Cristiane, esse valor arbitrado pelo delegado vai ser depositado na conta do poder judiciario, vc deve saber qual é o poder judiciario(quando vc estudava, seu professor falava Cristiane existe o poder executivo, legislativo e judiciario). Pois é Cristiane, agora para onde a cupula do poder judiciario gasta essa dinherama toda, vc tem que perguntar pra eles, mas precisamente para o Sr. Presidente do Tribunal de Justiça. Saudações
 
willyan espindolla em 08/09/2013 15:15:14
Nada justifica qualquer acidente causado pela combinação de álcool mais volante . Como médico que cuida de outras pessoas deveria dar o exemplo, qual é a culpa de outras pessoas se estava saindo de um plantão ? Que esse acidente sirva de lição pra ele !
 
SERGIO HIDEO MOLICAWA em 08/09/2013 15:14:09
teria e que ficar preso !!!isto e uma tentativa de assassinato !!bebeu antes de dirigir corre o risco de matar alguém!!! essas leis brasileiras !
 
paulo eduardo sandim em 08/09/2013 13:26:08
Esse valor é irrisório prum médico! Mas a vida de trabalhadores sempre em risco por gente bêbada. O que foi morto na mesma avenida e arremessado longe também estava voltando do trabalho em um bar. Quando o povo vai se tocar que é tão barato e simples pegar um táxi!!!!!!!??????????????? Até quando pessoas morrendo por culpa de gente irresponsável????
 
Pedro Henrique em 08/09/2013 13:25:44
Fiança para médico pode ....? mesmo com a bebida encontrada no carro e o próprio motorista ter afirmado que bebeu? se fosse um cidadão comum sem condições financeiras seria o mesmo critério?
 
Jane Ruiz em 08/09/2013 13:12:02
Devia ficar preso, e ser autuado de forma dolosa por assumir o risco de matar este moleque!Senhores autoridades de Campo Grande, o que vcs estão fazendo pela nossa sociedade de Campo Grande?Não podemos mais sair nas ruas para passear sem correr esses riscos?Dar entrevista e falarem de estatística é "maravilhoso", o duro é tornar isso uma "verdade", uma "realidade" para o nosso povo.O mais difícil, quando acontece, é a população ver a polícia prendendo esses embriagados e criticarem...
 
Nadia Rezende em 08/09/2013 13:01:33
O médico bêbado e os caras do bar sóbrios. O médico solto por uma merreca (perto do valor da vida) e os caras no hospital.... Tranque esse médico e faça pagar toda a despesa da família e faça pagar pelo crime doloso que cometeu!! Pena que estamos no Brasil, o País da injustiça, do CORPORATIVISMO, da ignorância, do Você sabe com quem está falando??? Nojo!!
 
Ibrahim mamud júnior em 08/09/2013 12:58:53
cristina gostei do sei comentario eu gostaria mesmo de saber aonde vai esse dinheiro e muitas fiança tem quase todo dia ...........
 
jose pedro em 08/09/2013 12:54:25
É óbvio que não está existindo fiscalização e todo mundo sabe disso, o trânsito de Campo Grande está "largado as traças".Perigoso, violento e com condutores cada dia mais irresponsáveis.Trabalho na área da saúde e profissionais como este jovem médico "mancham" o bom nome da classe.
 
Cristina Silva em 08/09/2013 12:53:22
Agora eu te pergunto, cadê a polícia?
Porque não existe lei seca em Campo Grande?
Na madrugada em Campo Grande não existe lei, sair na rua nos fins de semana passa a ser risco de vida, cuidado gente!
 
Carlos Pereira em 08/09/2013 12:50:21
Esta fiança deve ir para as vitimas, espero que meu amigo fique bem que justiça seja feita
 
Pryscilla mendes em 08/09/2013 12:44:57
Eu também não sei amigo, mas com certeza vai para os cofres públicos que no futuro, caso a família do acidentado entre judicialmente a pedir o dpvat o governo paga ao acidentado o dpvat mas nao indenização..
o réu paga a fiança ao governo para responder em liberdade e continuar sua vida..
o governo paga através do sus o tratamento do acidentado..
o acidentado tem direito a dpvat (alguns por falta de conhecimento.. por ser humilde demais, por ate preguiça de correr atras disso, perde este seu direito.)
MAS E UMA SACANAGEM, A FIANÇA DEVERIA DE SER DADA AUTOMATICAMENTE AO ACIDENTADO PARA CUSTEAR UM TRATAMENTO MELHOR EM HOSPITAL PARTICULAR.. PORQUE TODOS SABEMOS Q OS IMPOSTOS Q PAGAMOS NÃO SE TEM O RETORNO ESPERADO NEM NA SAÚDE NEM EM NADA..
 
Ademar Spacino Junior em 08/09/2013 12:43:27
Boa pergunta, Cristina Mendes, mesmo pq são tantas fianças e, eu nunca soube pra onde é destinado. O que é absurdo uma pessoa comete uma coisa desta, estava bêbado e, pagando sai tranquilamente, como se as pessoas que ele atropelou valessem menos que ele. Muito triste!!! E fizeram vaquinha para solta-lo...
 
Mirtes Lourenço Camilo em 08/09/2013 12:39:50
isso é uma vergonha!
 
anderson pereira em 08/09/2013 12:37:56
O artigo 336 do Código de Processo Penal que foi alterado pela lei 012.403/2011 com o novo texto diz: O dinheiro ou objetos dados como fiança servirão ao pagamento das custas, da indenização do dano, da prestação pecuniária e da multa, se o réu for condenado. (grifo nosso)
Na verdade o valor arrecadado em caso de pagamento de fiança, de inicio não é destinado a nada, ficando a disposição do juiz até o fim do processo, mesmo por que se o réu for isentado de pena por prescrição após o trânsito em julgado da sentença, ele restituirá o valor descontado os custos (artigo 336 do CPP). E caso o réu seja sumariamente absolvido ou a fiança declarada sem efeito, o valor da fiança lhe será devolvido sem desconto (artigo 337 do CPP).
 
RENATO SOUZA em 08/09/2013 12:36:40
O Dr. não conhece TAXI, se estava cansado e não tinha condições de dirigir chame um Taxi. A multa deveria ser maior afinal são vidas envolvidas.
 
Lia Alves em 08/09/2013 12:34:51
É LAMENTÁVEL VER COMO UM MÉDICO QUE DEVERIA DAR O EXEMPLO SE ENVOLVE EM ACIDENTES COMO ESSE ! PODE TER CERTEZA QUE NÃO FOI A PRIMEIRA VEZ QUE DEVE TER DIRIGIDO EMBRIAGADO,SÓ QUE DESTA VEZ A TAL "SORTE "O ABANDONOU ! A FIANÇA FICOU BARATA EM VISTA DO QUE ELE CAUSOU ,DEVERIA TER SIDO BEM MAIS CARA,POIS A VIDA DAS PESSOAS NÃO TEM VALOR ! QUE SIRVA DE EXEMPLO PRA NÃO FAZER MAIS UMA BESTEIRA DESSAS !
 
SERGIO HIDEO MOLICAWA em 08/09/2013 12:16:53
Interessante, o cara tem um carro de 90 mil reais mas não tem 8 mil pra sair da cadeia!
Essa é a nossa Campo Grande...
 
Filipe Alberto em 08/09/2013 12:16:05
Só uma pergunta???????para onde vai esta "fiança" e este valor arrecadado?????vai para família da pessoa que sofre o acidente ou para o "Estado"??????nunca ouvi ninguém dizer pra onde vai este $$$$$.Caso alguém ai saiba,gostaria de saber também.
 
Cristina Mendes carli em 08/09/2013 12:12:16
imagem transparente

Desenvolvido por Idalus Internet Solutions