A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/06/2012 19:42

Dois acidentes no mesmo local tumultuam trânsito na Duque Caxias

Nyelder Rodrigues e Paula Maciulevicius
O primeiro acidente foi entre uma moto e uma camionete. Já o segundo envolveu um ônibus e um carro (Foto: Rodrigo Pazinato)O primeiro acidente foi entre uma moto e uma camionete. Já o segundo envolveu um ônibus e um carro (Foto: Rodrigo Pazinato)

Dois acidentes tumultuaram o trânsito no final da tarde dessa sexta-feira (18), na avenida Duque de Caxias, bairro Santo Antônio, em Campo Grande.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Ambos aconteceram em frente ao portão de entrada da Base Aérea, onde o semáforo está com sinal amarelo intermitente.

O primeiro envolveu uma camionete S-10 e uma motocicleta Honda Titan. Segundo o condutor da S-10, Moacir Lima, de 39 anos, o acidente ocorreu após uma freada brusca do motociclista.

“Ele seguia na minha frente, e deve ter se assustado com o sinal piscando no amarelo e parou de repente. Eu vi que o sinal também estava piscando, mas ele parou do nada”, conta Moacir.

Na motocicleta, estava o condutor, apenas identificado com Keverson, que foi atendido pelo Samu, e a namorada dele, Jackeline do Carmo Carvalho, de 18 anos. Ela foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e levada para o UPA Vila Almeida.

O acidente aconteceu na faixa central, o que provocou transtornos ao trânsito do local. E por conta desses transtornos, aconteceu outro acidente no mesmo local. Um ônibus da empresa Expresso Mato Grosso, vindo de Aquidauana, bateu em um carro Pegeout 206.

A colisão deixou o carro amassado e piorou a situação no local, que ficou com as duas faixas paradas por alguns minutos. Os carros tiveram que usar a pista auxiliar, de acesso à avenida Brasil Central, para conseguir passar pelo local.

Avenida ficou congestionada por conta dos acidentes, que pararam as duas faixas da pista por alguns minutos (Foto: Rodrigo Pazinato)Avenida ficou congestionada por conta dos acidentes, que pararam as duas faixas da pista por alguns minutos (Foto: Rodrigo Pazinato)



jorge ferreira
80 km/h somente se os veículos andassem a uma distância de 25 metros um do outro.
Considerando que o tempo de reação demora cerca de 1 segundo e que, nessa velocidade, o veículo está percorrendo 22 metros por segundo, essa seria uma distância segura. Mas isso não ocorre, pois a média é de cerca de 3 metros um do outro.Esse é um cálculo a ser considerados no limite da via...
 
Filipe Alberto em 19/06/2012 12:02:04
Querido Felipe Adalberto, você tem razão, eu sei que o tempo de reação é de 1 segundo seguido de + 1 para evitar o dano, e cuidar o retrovisor a cada 5 ou 8 segundo, isto é chamado distância de seguimento, más não entrei en detalhe porque pouquíssimos condutores tem competência para isto.
 
jorge ferreira em 19/06/2012 11:30:45
"deve ter se assustado com o sinal piscando no amarelo e parou de repente. "
Caro senhor condutor da S-10. Existe uma coisa chamada distância de seguimento, que é a distância mínima a se manter do veículo à frente, e outra coisa chamada bom senso. Mania de andar colado, querendo subir em cima. E ainda tem coragem de culpar o motociclista!!
 
Athaide Romero em 19/06/2012 08:43:53
Gostaria de saber sobre o corredor exclusivo que se implantaram na AV Duque de Caxias para carros de apoio , ambulância, onibus, taxi, etc, pois o fluxo desses veiculos é muito baixo e os motoristas de veiculos particulares estão usando essas faixas para fazerem ultrapassagem pela nossa direita que estamos indo(isso as vezes em velocidades acima do permitido), como poderia resolver essa situação.
 
alberto pereira bitencourt em 19/06/2012 06:54:05
Passei por lá no momento do primeiro acidente, como o amigo aqui acima disse, andar a 50km por hora naquela via é complicado, duvido que alguém mantenha essa velocidade lá, os motoristas só baixam pra passar os radares, então deveriam aumentar a velocidade da via, pelo menos assim o trânsito fluiria melhor, isso sem contar a quantidade de motoqueiros imprudentes que transitam na via.
 
William Brias Umar em 19/06/2012 04:06:43
A Agetran tem ser mais presente quando acionamos sobre um problema no semáforo, como nos casos acima, o sinal oscilante provocou tal acidente que poderia ser evitado. Não coloco a culpa na Agetran, mas as 18:00hs da noite encerra o expediente e não se consegue entrar em contato com tal orgão. Rúdel tome providencia, ou logo logo voce cairá do seu posto.
 
Carlos Alberto em 18/06/2012 09:06:51
Passo pela Duque todos os dias, o broblema ali chama -se burrice genérica, ou seja tanto da sinalização quanto na maneira dos condutores se deslocarem. Uma via com aquela estrutura sinaliz p/ 50kmh não existem, isto é vel para bicicleta, quem não conseguir controlar um carro a 80kmh tem que pagar motorista particular e desistir de dirigir.
 
jorge ferreira em 18/06/2012 08:55:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions