A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/11/2011 14:20

Dois carros estão envolvidos em atropelamento de idoso na Capital

Nadyenka Castro

O segundo veículo é um Gol de cor branca, quatro portas. O motorista não ficou no local do acidente, mas, a Polícia já tem o primeiro nome dele

Marcas de frenagem ficaram no asfalto da avenida. (Foto: Simão Nogueira)Marcas de frenagem ficaram no asfalto da avenida. (Foto: Simão Nogueira)

Dois veículos estão envolvidos no acidente que matou o idoso Antônio Clélio de Souza, de 86 anos, na manhã do último sábado, na avenida Afonso Pena, em Campo Grande.

De acordo com o delegado Wellington de Oliveira, além do Gol dirigido pelo guarda municipal Bruno Gil de Oliveira, 27 anos, outro carro da mesma marca também atropelou o idoso.

Imagens obtidas e divulgadas pela TV Morena mostram Antônio caminhando pela calçada, atravessando a via no sentido centro/ Parque dos Poderes e depois ele sendo atropelado pelo veículo conduzido por Bruno e em seguida pelo outro Gol.

Segundo o delegado, o motorista do Gol de cor branca, quatro portas, parou após o acidente e disse o primeiro nome ao guarda municipal. No entanto, ele não se apresentou à Polícia Civil, que aguarda a apresentação dele ainda nesta tarde.

Antônio Clélio morreu no local. O guarda municipal participou de todos os procedimentos padrão, inclusive do exame de alcoolemia, que apontou que ele não havia ingerido bebida alcoólica.




e tao degradante ver uma pessoa tao cheia de saude morrer deste jeito tao brutal por pessoas inresponsavel no transito numa via onde se encherga as pessoas de longe cade o reflexo de motorista isto e muito degradante para as pessoas que ali transitam
 
alcedir rosa da silva em 08/11/2011 01:59:54
é muito revoltante, perder uma pessoa tão amada por todos que o conheciam, agora a culpa é sempre de quem ja não esta aqui para se defender, porque fugir do local se não tem culpa, se os homens não fizer justiça, Deus fará.....
 
Alessandra Chaves em 04/11/2011 10:53:53
pelo jeito o guarda nao estava correndo nao foi acidente msmo tem que culpar os parente deste idoso ., como estava sozinho com esta idade andando numa via tao perigosa sera que nao tinha neta netos para caminhar com ele tem que ver isto vamos cuidar dos nosso idoso;.;.;.
 
milton aparecido miguel em 03/11/2011 07:21:35
É triste a situação, mas não podemos nos esquecer que pedestres muitas vezes também tem culpa, ou seja, pedestre na calçada ou na faixa de pedestre tem sempre razão...fora dela, já fica complicado.
 
Ana Cristina Ferreira em 03/11/2011 07:20:07
pelo vídeo da para ver que ele se assusta com algo e para no meio da avenida. pelo visto um dos carros buzinou e assustou a vítima. se não fosse pelo susto e ele parar no meio da rua nada tivesse acontecido.
 
telson junior em 03/11/2011 06:59:05
Se esse guarda municipal estivesse dirigindo respeitando o limite de velocidade permitida para aquela via, essa tragédia não teria acontecido. espero que as autoridades de trânsito tenham feito um boletim isento, pois pelas marcas da frenagem esses dois assassinos irresponsáveis estavam bem rapidinho...
 
Marcos Scanoni em 03/11/2011 06:14:29
Mais uma vida se foi por causa desse nosso transito tao louco e violento!!!!perder essa pessoa tao querida dessa forma ,é muito triste e revoltante!!!!Deus que o abençoe !!!!
 
Eneida Cangussu Soares em 03/11/2011 03:31:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions