A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

09/10/2011 09:38

Dois ficam feridos em acidente no cruzamento da Ceará com a Abrão Julio Rahe

Ana Paula Carvalho
Curiosos observam enquanto Vladimir é socorrido pelo Corpo de Bombeiros.Curiosos observam enquanto Vladimir é socorrido pelo Corpo de Bombeiros.
Moto atingiu porta onde passageira estava. (Fotos: Ana Paula Carvalho)Moto atingiu porta onde passageira estava. (Fotos: Ana Paula Carvalho)

Vlademir Brandão de Oliveira, 35 anos, e uma mulher de 30 anos, que o marido pediu para não ser identificada ficaram feridos após um acidente envolvendo a moto Yamaha Broz que o homem conduzia e um fusca, onde ela era passageira, no cruzamento da rua Ceará com a Abrão Julio Rahe, em Campo Grande.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

De acordo com testemunhas, o motociclista, que trabalha para a empresa de segurança Pró-Alerta, seguia na Ceará, sentido bairro Afonso Pena e o carro no sentido contrário. O acidente aconteceu quando o condutor do fusca, que também pediu para não ser identificado, virou à esquerda para entrar na Abrão Julio Rahe.

O motociclista não teve tempo de frear e bateu na porta da passageira. Os dois foram encaminhados à Santa Casa pelo Corpo de Bombeiros, uma equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) também esteve no local.

O motociclista teve fratura na perna esquerda e no braço direito e a passageira do carro foi socorrida com suspeita de fraturado uma costela.

Acidentes constantes - Esse cruzamento é conhecido pela quantidade de acidentes que acontecem no local. Alencar Dário, 67 anos, músico, mora na Abrão Julio Rahe e, junto com outros moradores vêm pedindo há mais de cinco anos que redutores de velocidade sejam instalados na região.

“Nós não temos espaço para colocar um semáforo aqui, então, se eles colocarem duas lombadas daquelas grandes que os motoristas enxergam uma de cada lado antes da esquina, vai resolver o problema”, afirma.

Vítimas - No dia 12 de maio, por volta das 17h30, Jocemiro Firmino Bispo, 24 anos e Gleidson Tiago Lisboa, 23 anos, pilotavam cada um, uma moto YBR, colidiram com uma S10 prata que cruzou a Ceará. Antonieta Lonardoni, 80 anos, condutora da caminhonete, disse aos policiais que não viu os motociclistas. Os dois foram levados à Santa Casa.

Uma hora depois, um novo acidente aconteceu no mesmo cruzamento. Mais uma vez foi entre carro e motocicleta. Hilton Luiz Monteiro Junior, 28 anos e Ennaioly Cardoso Souza, 23 anos, estavam em uma motocicleta Dafra, subindo pela Rua Ceará, sentido centro – bairro, na outra direção, seguia o motorista Eduardo Lara, 18 anos, conduzindo um Tipo.

No dia seguinte, por volta das 15h30 de hoje, Luciana da Costa Andrade, 35 anos, conduzia uma motocicleta Twister vermelha pela Rua Ceará quando colidiu com o carro Vectra prata, dirigido por Andressa Caroline Kerber, 18 anos.

Segundo testemunhas, um carro que estava na Rua Abrão Júlio Rahe tentou cruzar a Ceará. Luciana assustou-se e acabou derrapando com a motocicleta.

Ela bateu no carro dirigido por Andressa. A motociclista foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento do bairro Coronel Antonino com escoriações leves pelo corpo.




A solução mais barata é o condutor se tocar e acabar com essa mania de fazer conversão a esquerda em vias movimentadas, uns bocós que preferem arriscar a segurança do que aumentar o trajeto uns 400 metros para chegar ao destino com menos riscos. Lombada, semáfaro, canteiros ou outro tipo de controle de trânsito só tem resultado se as pessoas seguirem regras, mais na cabeça de muitos isso ñ entra!
 
Clodoaldo Rocha em 09/10/2011 10:03:05
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions