A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

16/12/2013 06:36

Dois motoristas bêbados são presos depois de causar acidentes na Capital

Aliny Mary Dias e Viviane Oliveira

Dois homens, um de 38 e outro de 27 anos, foram presos da noite de ontem (15) até a madrugada desta segunda-feira (16) depois de dirigir embriagados e causar acidentes na Capital.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

Um deles é o Carlos Antônio Escobar, de 38 anos, ele conduzia um Chevrolet Corsa na região da Avenida Noroeste por volta das 18 horas de ontem. Embriagado, Carlos perdeu o controle da direção do carro e causou vários acidentes.

O motorista chegou a subir no canteiro central da avenida e colidir em uma moto e depois em um carro. O tumulto foi tão grande que cerca de 200 pessoas revoltadas com o motorista se aglomeraram no local. A Polícia Militar precisou pedir apoio de uma equipe do Garras (Grupo Armado de Resgate e Repressão a Assaltos e Sequestros).

Ninguém ficou ferido e Carlos foi preso em flagrante. O motorista está detido na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital e só será liberado depois de pagar fiança no valor de três salários mínimos.

Outro caso – Outra situação semelhante ocorreu por volta das 1h30 de hoje na Rua 15 de Novembro, no centro da Capital. Guilherme Gonçalves Fernandes, de 27 anos, conduzia um Fiat Uno em visível estado de embriaguez.

Sem condições de dirigir, Guilherme acabou colidindo o carro na traseira de uma caminhonete que estava estacionada na via. Depois do acidente, o motorista dormiu no carro e só acordou depois que a Polícia Militar chegou ao local. O jovem teve um ferimento no rosto em razão do acidente, mas recusou ser atendido.

Guilherme também foi preso por dirigir bêbado e foi encaminhado para a Depac do Centro de Campo Grande. O jovem só será solto depois de pagar fiança no valor de cinco salários mínimos.




acidente de trânsito é um transtorno para qualquer pessoa, ainda mais se precisar chamar a policia de trânsito, de 1 a 2 horas de espera, ainda fazem o trabalho mal feito e do jeito deles, sofri acidente e passei por isso, enquanto não mudarmos a mentalidade das pessoas que trabalham nessa área é isso, descaso, despreparo ou omissão.
 
Eloisa Martins em 18/12/2013 07:50:56
com certeza você é um policial e respeito seu trabalho por eu também ser militar francisco ojeda, em partes concordo com você ,mas sou obrigado a concordar com a senhora rosa paim pois sofri um acidente de transito e tive que quase implorar para a policia de transito fazer o teste de alcoolemia e os policias tentavam me dizer o tempo todo que os condutores não aparentavam estar alcolizados,resultado quando chegou a vtr e o teste foi feito,constou que o outro condutor estava com 0.80 ml de alcool no sangue. sei que o governo nao da assistência material completo para a corporação mas o teste já deveria ser feito de imediato a acidentes.grato
 
ailton lemos em 16/12/2013 16:49:56
Cara Rosa Paim, com certeza a senhora não conhece a realidade do trânsito de Campo
Grande, e a aturação do Batalhão de Trânsito, e dizer que a Policia de Trânsito é omissa, é um tanto exagerado, infelizmente não é possível para a polícia, estar em todos os locais, e o que mais atrapalha a atuação, são as inúmeras ocorrências que seriam evitadas simplesmente se os condutores atendessem o que é previsto, e em tese teriam aprendido para obtenção da CNH. Por favor, da próxima vez, verifique as estatísticas, antes de fazer comentário sem conhecimento.
 
Francisco Ojeda em 16/12/2013 09:08:38
Só não entendo porque esses motoristas são pego dirigindo bebados, colocando em risco a vida das pessoas vão preso pagam uma fiança no valor baixo e vão pra casa. Na minha opinião tinha que ficar preso no minimo 30 dias a sim depois correr um processo por dirgir embriagado colocando em risco a vida das pessoas que não tem nada haver com a situação, porque do jeito que a coisa está da até med de sair de casa nos finais de semana.
 
santos filho em 16/12/2013 08:16:26
S´foram presos porque bateram o carro, porque a policia de trânsito de Campo Grande é a mais omissa do Brasil em relação a Lei Seca. E agora o Detran "inventou" uma nova lei, da qual devemos pagar para fazer o exame toxicológico, para encontrar indícios de exposição ou ingestão de produtos tóxicos...pelo amor de Deus!
 
rosa paim em 16/12/2013 06:45:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions