A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

31/12/2011 16:58

Em 14 dias, 300 multas foram aplicadas por excesso de velocidade em BRs

Nadyenka Castro e Wendell Reis

Número é maior do que no ano passado. Permissão de radares sem aviso ajudou a flagrar motorista que não respeita sinalização

Entre os dias 16 e 30 deste mês, 300 multas foram aplicadas por excesso de velocidade nas rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul.

Segundo informações da PRF (Polícia Rodoviária Federal), o número é maior do que o registrado no mesmo período do ano passado.

O aumento na quantidade de multas não quer dizer que há mais motoristas ‘pisando fundo’. O número maior de flagrantes é graças a uma resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que trata de aviso da presença de radares.

A resolução publicada em Diário Oficial no dia 22 de dezembro desobriga a instalação de avisos sobre a presença de fiscalização eletrônica. Antes dessa data era obrigatório que motoristas fossem alertados sobre radares e lombadas eletrônica, com isso, pisavam no freio.

Nos casos das rodovias federais, os policiais ficavam com os radares portátil nas proximidades de placas indicativas de velocidade permitida, obedecendo à legislação de trânsito.

Desde o dia 22, os policiais podem ficar com a fiscalização eletrônica portátil em qualquer lugar. Por isso aumentou o número de multas e os motoristas devem ficar mais atentos aos limites de velocidade.

Nas rodovias federais que cortam o Estado a velocidade máxima permitida para veículos em geral é de 100Km/h. A exceção são os caminhões: 80 Km/h. Caso na via não haja placa indicativa do limite de velocidade, o veículo pode trafegar até 110 Km/h que não será multado.




Acredito que seja uma medida que ira salvar muitas familias
 
Edson Torres em 01/01/2012 04:42:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions