A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

12/12/2011 17:03

Em apenas 15 minutos bombeiros registram cinco acidentes envolvendo carro e moto

Viviane Oliveira e Nadyenka Castro
Acidente entre uma moto Honda Bros e uma Kombi na avenida Euler de Azevedo, entrada do bairro José Abrão. (Foto: Simão Nogueira)Acidente entre uma moto Honda Bros e uma Kombi na avenida Euler de Azevedo, entrada do bairro José Abrão. (Foto: Simão Nogueira)
Colisão entre carro e moto no cruzamento ruas Arquiteto Rubens Gil de Camilo com a rua Mar Cáspio. (Foto: Simão Nogueira)Colisão entre carro e moto no cruzamento ruas Arquiteto Rubens Gil de Camilo com a rua Mar Cáspio. (Foto: Simão Nogueira)

Cinco acidentes de trânsito foram registrados em apenas 15 minutos no começo da tarde desta segunda-feira (12), em Campo Grande. O primeiro foi na avenida Euler de Azevedo na entrada do bairro José Abrão, entre uma moto Honda Bros e uma kombi.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Aledeja Augusto Alves, 29 anos, pilotava a moto no sentido centro/bairro, quando foi colhido pelo carro conduzido por Eneas da Silva Mendes, 31 anos. O motorista da Kombi disse que estava no mesmo sentido que a moto e ao tentar fazer uma conversão atingiu o motociclista.

“Parei a Kombi no acostamento e esperei os veículos passarem, quando passou o último eu entrei. Só escutei o barulho da buzina e da pancada”, afirma. Eneas estava sozinho e não ficou ferido. Aledeja teve fratura na perna esquerda e foi encaminhado pelo Corpo de Bombeiros para a Santa Casa.

Felipa Chimenes, 50 anos, disse que mora há 30 anos no bairro José Abrão e que sempre tem acidentes no local, a maioria deles com moto. “Aqui precisa de um redutor de velocidade. Os condutores vêm empolgados da MS-060 e quando chega na avenida não reduz a velocidade, afirma a moradora.

O outro acidente foi registrado entre um Fiesta e uma moto no cruzamento das ruas Arquiteto Rubens Gil de Camilo com Mar Cáspio. O carro conduzido por uma mulher que não quis se identificar seguia no sentido centro/bairro quando foi cruzar a Gil de Camilo atingiu o motociclista Wesley Stein, 25 anos.

Ele teve fratura exposta na perna direita e foi encaminhado para a Santa Casa. A mulher não ficou ferida. Os outros três acidentes foram registrados na Mascarenhas de Morais, no bairro Guanandi e o outro no Buriti. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros todos os acidentes neste período foram entre carro e moto.




o certo mesmo seria criar uma lei que aulas teoricas de trânsito deveria ser enserido nas escolas desde o primeiro ano igual as outras matérias, quando completasse 18 anos só fazia a aula pratica. Porque cidadão tira carta com um mês e só aprende o básico isso é pessimo ou o adolescente com 13 14 anos já esta dirigindo ou pilotando os professores? os próprios pais. Absurdo.
 
Fernanda Gomes Ibanez em 14/12/2011 12:50:49
Infelizmente o que falta é EDUCAÇÃO dos motoristas em geral, são motociclistas que não respeitam as sinalizações e os motoristas de onibus, carros, caminhões que quando um motociclistas tenta andar devagar ou com prudencia eles acham que mandam na sua direçao e na sua conduta e começam a buzinar pra vc correr ou se enfiar em qualquer canto da via para lhes darem passagem.EDUCAÇÃO JÁ!!!!!
 
Sirlene Moura em 13/12/2011 09:52:56
O que acontece nesse cruzamento de entrada do José Abrão. Colocaram uma placa azul dizendo que o condutor tem que fazer a volta por dentro do bairro para deslocar-se no sentido bairro Zé Pereira e região, ou seja, não é proibido o condutor "pegar" o acostamento e efetuar a conversão à esquerda, lógico com atenção. Deve-se colocar placas de regulamentação que obrigam o condutor a fazer o trajeto.
 
Luciano S. Campo Grande em 12/12/2011 09:42:37
Dirigir em Campo Grande está igual jogar GTA..... Muito doido..!!!!
 
Carlos Netto em 12/12/2011 09:34:41
Ai galera que anda de moto, se vc estiver atrasado para o sv. ou outra coisa qualquer, véio saia mais cedo do barraco, irmão por que essa pressa toda! não resolve...ande com calma e verás que no final do dia valeu a pena, ou o que vale mais, a pressa ou sua vida? Se liiiiiigga.
 
Heraldo F. de Souza em 12/12/2011 09:29:54
Assombra o número de condutores de motos que não sabem regras de circulação.
Assombra o número de condutores de veículos que não tem nenhum respeito no transito, saem fazendo ultrapassagem pela direita, pelo acostamento e por onde der, para parar a alguns metros no sinal vermelho. Precisam desse comportamento? Creio que não, é preciso educação e bom senso.
 
Solange J. Fernandes em 12/12/2011 09:12:13
O que está acontecendo em nosso país, é que tem beículos demais e bons condutores de menos. Ontem ao sinalizar para mudar de faixa no meu carro, percebi pelo retrovisor que um motoqueiro se aproximava velozmente pelo meu lado direito, o que por si só já seria uma infração. Os caras pensam que são feitos de aço e que nunca vai acontecer nada com eles.
 
João F. Lopes em 12/12/2011 07:11:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions