A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

11/06/2012 17:40

Em cinco meses, mais de 14 mil motoristas foram multados na Capital

Nicholas Vasconcelos

Para Ciptran, maior desafio é mudar comportamento do motorista.

Luiz André Gonzales dos Santos, de 19 anos, morreu em acidente no Vida Nova neste domingo
(Foto: Mariana Lopes)Luiz André Gonzales dos Santos, de 19 anos, morreu em acidente no Vida Nova neste domingo (Foto: Mariana Lopes)

Mais de 14 mil motoristas foram multados e 3 mil veículos foram guinchados nas ruas de Campo Grande nos cinco primeiros meses de 2012, segundo dados da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito).

A maioria das multas foi aplicada a motoristas flagrados dirigindo sem habilitação, seguida por aqueles que avançaram o sinal vermelho e veículos com pendências administrativas, como licenciamento e seguro obrigatório atrasados.

Para o comandante da Ciptran, Tenente Coronel Alírio Vilassanti, apesar do número elevado de multas a principal dificuldade encontrada é o comportamento dos motoristas de Campo Grande que insistem na combinação álcool, direção e imprudência. “Nós investimos em campanhas de conscientização e fiscalização no centro, nos bairros, nas universidades, mas infelizmente temos muita resistência no comportamento do motorista”, afirma.

Apesar das campanhas, de janeiro a maio deste ano foram 222 motoristas autuados por dirigirem alcoolizados, desses 91 encaminhados para a Polícia Civil. “É da cultura do campo-grandense e do sul-mato-grossense beber e depois dirigir. Mudar o comportamento é o fator decisivo para mudar o comportamento do motorista”, diz Vilassanti.

Durante a operação Corpus Christi da Ciptran, iniciada na quarta-feira (6) e concluída nesta segunda-feira (11), duas pessoas morreram no trânsito da Capital, outras 49 ficaram feridas e 200 motoristas foram multados, além de 17 CNH’s (Carteira Nacional de Habilitação) recolhidas.

A primeira morte registrada foi na tarde deste domingo (10) no Vida Nova, quando Luiz André Gonzales dos Santos, de 19 anos, morreu após ser atingido por Rubinho Silva de Souza, que apresentava sinais de embriaguez.

Na manhã desta segunda-feira (11) de Vilton Paulo dos Santos, de 34 anos, morreu atropelado por um caminhão na avenida Solon Padilha, no distrito Industrial.




Deviam era fiscalizar e multar os donos das motos, caminhonetes, caminhões e etc, que adulteram os escapamentos para sair pelas ruas incomodando os cidadãos.
 
João Crisóstomo de Campo Grande - MS em 12/06/2012 08:28:34
Não precisa matar e muitos casos nem prisão, basta Lei e cumprimneto imediato da falta; duvido se o comportamento do Elemento não muda rapidão. Mas leis tem que ser cumpridas sobre qualquer um ser humano da sociedade; se houver quebra galho de algum nojento nunca vai arrumar.
 
luiz alves em 12/06/2012 07:36:47
Há solução para isso, não acaba total mais diminui em 90% dos casos. Há uma falta de vontade geral em resolver problemas, que em outros paises resolve. O caso do transito com tantas faltas, fácil resolver, basta querer. Eu sei como resolver com Leis específica e cumprimento imediato dos casos.
 
luiz alves em 12/06/2012 07:33:32
Até quando estes imprudentes vão continuar ceifando vidas? Não está na hora de mudar as punições? não seria melhor suspender a licença para dirigir definitivamente destes que matam no trânsito e são flagrados alcoolizados? a policia de trânsito não deveria fiscalizar nos finais de semana também?
 
Andre Lima em 11/06/2012 10:36:09
Informo que na realidade foram removidos para o Detran mais de 3 mil veiculos. Alirio Villasanti Romero.
 
Alirio Villasanti Romero em 11/06/2012 09:55:33
Seria importante que o Detram reavaliase as fotos dos radares. As fotografias apresentadas mostram friamente o momento e não situações que provocaram uma transgresão.
Recentemente fui multado por parar aprox. 30 cm. na faixa, ocorre que ao surgir o sinal amarelo, optei por freiar e não correr risco na travessia,parando na faixa ainda no amarelo lá permanecendo, quando avermelhou, fui fotografado.
 
José Inácio Dias schwanz em 11/06/2012 09:42:41
Se as pessoas não comprassem bebida alcoólica e combustível no mesmo lugar isso não diminuiria um pouco?
 
Luiz P da Silva em 11/06/2012 09:36:39
convercinha isso ai nos bairros esta um verdadeiro caos no transito, e menor com moto para todo lada e vc não ve uma viatura do transito, conta outra coronel, as propaganda de transito no nosso estado são muito fraca e quase não tem
 
amanda keity em 11/06/2012 08:39:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions