A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

28/07/2014 10:21

Em sete meses, trânsito de Campo Grande matou 37 motociclistas

Aliny Mary Dias
Acidentes são maiores do que o mesmo período do ano passado (Foto: Marcos Ermínio)Acidentes são maiores do que o mesmo período do ano passado (Foto: Marcos Ermínio)

A três dias para o fim do mês de julho, os sete primeiros meses de 2014 mataram mais motociclistas do que o mesmo período do ano passado em Campo Grande. Até agora, 37 condutores morreram nas ruas da cidade e o último a entrar nas estatísticas foi um jovem de 20 anos, morto em acidente ocorrido ontem (27), na Avenida Guaicurus.

Veja Mais
Motociclista morre ao colidir em cone de sinalização de obra na Guaicurus
Motociclista que se feriu em evento de motos morre na Santa Casa

De acordo com os dados do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito), coordenado pela Agetran (Agência Municipal de Trânsito), só este mês, cinco motociclistas morreram nas ruas da Capital. O período mais violento para os motociclistas este ano foi fevereiro, quando nove pessoas morreram.

Durante os primeiros sete meses do ano passado, 36 condutores de moto morreram em Campo Grande. Em julho do ano passado, a Capital registrou sete mortes. O período mais violento, no entanto, foram os meses de agosto e novembro, com 10 mortes cada.

Ainda de acordo com os dados deste ano, até agora 65 pessoas morreram vítimas do trânsito da Capital. Desse total, além dos 37 motociclistas, morreram 12 ciclistas, nove pedestres, cinco motoristas e dois passageiros de carros.

Em todo o ano passado, foram 116 vidas perdidas nas ruas da Capital. A maioria esmagadora, assim como tem sido registrado em 2014, é de motociclistas, foram 70 mortes em cima de duas rodas.

A última pessoa que morreu nas ruas de Campo Grande foi o jovem Dener Vitor de Arruda Deluque, de 20 anos. Ela conduzia a Honda Fan na Avenida Guaicurus, na madrugada de ontem (27), quando colidiu em um cone de sinalização.

Moradores disseram que o rapaz chegou a conversar com os vizinhos, tentando se levantar após a queda. “Nós pedimos para ele ficar parado e ligamos para o socorro, mais infelizmente não deu tempo”, ressaltou Alex Alves, de 34 anos.

Motociclista morre após colidir com poste no Jardim Canguru
Um motociclista morreu após perder controle de sua motocicleta e colidir com um poste no Jardim Canguru. De acordo com as primeiras informações o hom...
Sem capacete, motociclista colide em caminhonete e morre no Aero Rancho
Um motociclista de 50 anos morreu por volta da meia-noite desta quinta-feira (10) depois de colidir a moto que conduzia na traseira de uma caminhonet...



Na verdade quem matou não foi o transito, foram os carros e a propria policia que não fiscaliza automoveis e só os coitados dos motoqueiros.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 28/07/2014 13:38:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions