A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

26/12/2011 15:50

A partir de 2012 placa de veículo será em aço e com película refletiva

Paula Vitorino

Determinação nacional vale para veículos novos ou que passem por alguma alteração. Nova placa custa o dobro da convencional

Motorista optou por fazer mudança antes do prazo por ver vantagens no novo modelo. (Fotos: Simão Nogueira)Motorista optou por fazer mudança antes do prazo por ver vantagens no novo modelo. (Fotos: Simão Nogueira)

Os emplacamentos feitos a partir do dia 1º de janeiro de 2012 serão padronizados em todo o país. As placas terão película refletiva e não serão mais em alumínio, e sim aço. O objetivo é aumentar a segurança no trânsito e a durabilidade da sinalização.

As letras e números das placas também foram padronizados, devendo obedecer as mesmas proporções em qualquer Estado do país.

A película possibilita a melhor visualização no escuro ou em outras situações de visibilidade comprometida, como chuva ou neblina. O responsável pelo emplacamento no Detran/MS, Celso Augusto Santos, ainda ressalta que o equipamento pode auxiliar na sinalização momentânea de um veículo com a lanterna quebrada, por exemplo.

“O carro que estiver atrás vai conseguir ver o veículo, mesmo que uma das lanternas esteja com defeito”, diz.

A determinação vem da resolução 372 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). Até agora, a lei estabelecia que os proprietários de veículos poderiam escolher o tipo de placa, tendo tal película ou não.

Em cima, placa nova e embaixo o modelo antigo. Em cima, placa nova e embaixo o modelo antigo.

Mais cara - No entanto, a troca vai pesar um pouco mais no bolso dos condutores, já que os novos materiais das placas refletiram no valor, que aumentou mais que o dobro.

O emplacamento no Estado com o material antigo custa R$ 57, já as placas novas têm o valor de R$ 120. No caso de veículos importados, quando a placa terá que ter tamanho diferenciado na parte traseira, o condutor precisa de autorização do Detran e paga R$ 30 a mais no valor do emplacamento.

Celso explica que as placas instaladas até o fim deste ano e que estiverem legíveis e lacrados não têm necessidade de serem trocadas.

Somente os veículos fabricados a partir de 1º de janeiro ou àqueles que fizerem alguma transferência ou alteração deverão obrigatoriamente ser emplacados dentro das novas normas.

Mas alguns condutores que estão emplacando os veículos em dezembro já estão optando por instalar o novo material. O funcionário público José Manoel Farias, de 54 anos, diz que preferiu o novo modelo por ser mais durável e bonito.

“A minha estava muito enferrujada e já que é pra trocar preferi colocar a novo logo, que é mais bonita e durável”, frisa.

Ele da nova determinação, mas avalia que a nova placa deve trazer benefícios, apesar do maior preço. “É caro, mas não tem o que fazer. E o alumínio enferruja muito fácil, essa vai durar mais, então o custo beneficio acaba ficando igual”, frisa.

De acordo com o Detran, as taxas de serviço do Detran variam de acordo com decreto do Governo do Estado e, portanto, o valor do novo emplacamento pode variar a partir de janeiro. A tarifação tem validade de três meses e, geralmente, os valores são reduzidos nos primeiros meses do ano, devido ao aumento dos serviços.

No período entre o fim de ano e começo, o Detran registra aumento de 30% na prestação de serviços, como emplacamento e adulteração de características.




mais uma tacha
 
wander hamana em 09/02/2012 09:00:19
por que nao e de graça para ver se alguem inventa alguma lei. o brasil
 
wander hamana em 09/02/2012 08:56:09
esse eo nosso brasil ,enquanto se preocupa ,com placas esqueçe das rodovias que mata ,mais do que arma de fogo ,vamos pensar nisso ?????
 
marcos roberto monteiro dos santos em 27/12/2011 09:14:52
Tem um detalhe muito importante... As placas vao ser refletivas mas não vao ser todas de Aço elas vão ser de aluminio, as placas de Aço vao ser mais caro ... e as de aluminio nao enferruja.
 
Ricardo Albino dos santos em 26/12/2011 06:45:54
Que tal, mais uma fabriqueta pra alguém ganhar a vida as custas de quem trabalha.
 
nadir giacomini em 26/12/2011 05:34:04
Muito bom,...mais que tal começar a dar exemplo com os veículos oficiais do Estado e das prefeituras, afinal o exemplo começa em casa.
 
Marcelo Max em 26/12/2011 05:29:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions