A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

23/03/2012 16:59

Estudante bate carro em moto ao mudar de faixa e jovem fica ferida

Nadyenka Castro

Motociclista foi parar a aproximadamente 15 metros do ponto de colisão

Motociclista foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Marlon Ganassin)Motociclista foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Marlon Ganassin)

Ao mudar de faixa, um estudante de 23 anos bateu o Renault Clio que conduzia em uma motocicleta, na tarde desta sexta-feira, em Campo Grande. Taís Rodrigues, 23 anos, que pilotava a Suzuki ficou com ferimentos na perna direita.

O acidente aconteceu na rua Calógeras com a rua Marechal Cândido Mariano Rondon. A moto foi parar a aproximadamente 15 metros do ponto de colisão.

O estudante conta que seguia pela faixa da direita e ao entrar na central atingiu a moto. “Eu não vi ela”, justifica. O rapaz fala que sinalizou a intenção, mas, não viu a motocicleta e entrou. “Do jeito que bateu eu parei”.

Após o impacto, a moto e a jovem caíram quase na faixa de pedestres. O estudante ficou no local e até a chegada de socorro, tentava acalmar a Taís, que reclamava de dores nas perna direita.

“Fiquei preocupado com ela. Prestar socorro. Só isso que eu pensava, mais nada”, declara o rapaz que pediu para não ser identificado.

Testemunhas disseram que os dois veículos não estavam em alta velocidade e que o semáforo estava aberto para passagem deles.

Com o acidente, o trânsito ficou lento no local e agentes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) orientaram os motoristas.




Aqui em Campo Grande, quando alguém vê uma seta, acelera para o veículo não entrar na frente, como se fosse humilhante, alguém entrar na sua frente, isto é questão de educação.
 
Mário Costa em 26/03/2012 04:24:00
todos os motorista de carro de mato grosso do sul devem aprender a andar primeiro a pe para ver o quanto a sinalizasao ajuda a evitar acidente e diminuir as mortes de transito no ms pois muito deles nao sabe nem para que serve uma faixa de pedestre e nao amarelar na hora de trocar de faixa ass, CHICO SPIA esse nao amarela
 
francisco de assis da silva em 25/03/2012 06:47:59
O problema nao sao os carros darem signal para troca de faixa. A campanha deveria ser feita no ambito nacional, para que os motociclistas aprendam a obedecer o mesmo espaco de um carro, e nao se meter entre dois carros, dai sim acidentes acontecem.
Ainda bem que esse acidente nao foi fatal e o estudante, sem duvida um bom cidadao que ficou ao lado da acidentada ate a chegado do socorro.
 
Maria Qualey em 23/03/2012 10:15:01
O que falta para os condutores de carros em Campo Grande é mais atenção, ao mudar de faixa, deve-se girar a cabeça para o lado em que pretendo virar ou mudar de faixa após sinalizar à intenção.
Muitos motoristas só usam os retrovisores, que não é suficiente para tal manobra, isso quando não estão na faixa da esquerda e decidem fazer uma conversão à direita, em cima do cruzamento.
 
Luciano Silgueiros em 23/03/2012 10:09:40
Gostaria de saber porque aqui em campo grande e em todo nosso estado, não existe campanha para todos os motorista darem sinal na hora de mudar de faixa ou para virar, a porcentagem e muito grande daqueles que não usam seta.
 
joacir feitosa em 23/03/2012 06:24:10
Passei por esse acidente poucos instantes antes da chegada dos Bombeiros, o trânsito que já tava ruim ficou pior, pelo menos o motorista do carro não fugiu como muitos fazem, precisamos redobrar nossa atenção nesse trânsito de louco em gente!!!!
 
Oswaldo Benites Junior em 23/03/2012 06:00:46
Aconteceu o mesmo comigo na quarta feira passada (14/03) o rapaz conduzia um gol na faixa do meio e eu estava na direita um pouco atras dele, ele sem sinalizar entrou na faixa da esquerda e me pegou na lateral direita ele quis entrar na esquina na qual eu estava passando. Ele prestou socorro e ficou no local mais não admitiu seu erro, disse q estava na mesma faixa que eu, que seria impossivel.
 
Glauce Ortiz em 23/03/2012 05:44:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions