A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

18/06/2013 13:56

Estudante nega racha e alta velocidade em acidente com morte na Duque

Nadyenka Castro
Polo que era dirigido por Marcus, que morreu, ficou destruído. (Foto: Nyelder Rodrigues)Polo que era dirigido por Marcus, que morreu, ficou destruído. (Foto: Nyelder Rodrigues)

Preso desde 31 de março por acidente que terminou em morte, o universitário Ryan Douglas Wehner Vieira negou à Justiça nessa segunda-feira que estivesse em alta velocidade e fazendo racha.

Veja Mais
Após audiência, Celta vira incógnita sobre racha da Duque de Caxias
Primeira audiência do racha que terminou em morte acontece hoje

Ryan dirigia um C3, que, de acordo com a Polícia Civil, disputava racha com o Polo conduzido por Marcus Henrique de Abreu, de 22 anos.

A disputa entre os veículos começou no cruzamento das avenidas Afonso Pena e Duque de Caxias. Alguns metros depois, na Duque de Caxias, houve o acidente que envolveu ainda mais dois automóveis.

O Polo acabou batendo em um poste, derrubando-o. O carro partiu ao meio e Marcus morreu horas depois na Santa Casa. A namorada dele, que também estava no automóvel, Letícia Souza dos Santos quebrou o braço esquerdo e ficou quatro dias internada.

O rapaz foi interrogado nessa segunda-feira pela Justiça e disse que não fazia racha e que o acidente foi casual.

Na primeira audiência, realizada no dia 4 de junho, foram ouvidas oito testemunhas de acusação. Dois dias depois foram ouvidas uma testemunha de acusação que mora em Dois Irmãos de Buriti, e no dia 11 de junho a namorada de Marcos Vinícius.

Com essa quarta audiência fica encerrada a fase de instrução processual. Na próxima etapa serão recebidas as alegações finais da defesa e da acusação, para então o juiz decidir se o réu será levado a júri popular ou não. Além disso, nessa decisão o magistrado também irá apreciar o pedido de revogação da prisão preventiva do réu, encaminhado no dia 4 de junho.

Ryan já teve negado um pedido de liberdade provisória e um habeas corpus.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions