A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

13/08/2012 20:58

Estudante que matou segurança admite em audiência ter tomado champanhe

Mariana Lopes
Richard assumiu que bebeu antes do acidente (Fotos: Minamar Júnior)Richard assumiu que bebeu antes do acidente (Fotos: Minamar Júnior)

Na audiência de hoje do processo por homicídio, Richard Gomide Lima, de 22 anos, assumiu que bebeu uma taça de champanhe na madrugada em que atropelou e matou o segurança Davi Del Valle Antunes, 31 anos, na avenida Afonso Pena. Ele confessou também que estava no motel com um amigo e uma garota de programa.

Veja Mais
Ligação de Richard para namorada vira peça chave em ação por morte no trânsito
Amigo diz que Richard não bebeu no dia em que atropelou e matou segurança

De barba feita, camisa listrada, calça e sapato social, o réu respondeu a todas as perguntas do juiz Aluízio Pereira dos Santos, do promotor de Justiça Humberto Lapa Ferri e do advogado de defesa, José Roberto Rodrigues da Rosa.

Salvo algumas controvérsias, Richard sustentou a versão contada pela ex-namorada, Gabriela de Barros Paes, e pelo amigo que estava com ele no motel antes do acidente, Argeu Amorim Silveira.

Sem as algemas que usou durante parte da audiência, Richard iniciou o depoimento explicando ao juiz o motivo de duas passagens criminais que constavam na ficha dele, sendo uma por dirigir sem habilitação, em maio de 2008, quando era menor de idade, e a outra de lesão corporal, em novembro de 2011.

Richard assumiu o primeiro fato, dizendo que aquela foi a única vez que dirigiu sem habilitação. Sobre a lesão corporal, ele alegou ter registrado o boletim de ocorrência quando foi agredido por seguranças na festa de sua formatura do 3° ano do ensino médio.

No churrasco que ofereceu aos amigos, na noite do acidente, no prédio onde mora com a irmã, Richard negou que tivesse ingerido bebida alcoólica. Ele confirmou que disse à namorada que o encontro seria somente para homens, e que as namoradas que foram apareceram sem ser combinado.

Ele afirmou que durante o churrasco Gabriela ligou para ele e os dois discutiram. Depois do jogo, por volta da meia-noite, ele teria que levar Argeu em casa e, então, resolveram dar uma volta na cidade para ver o movimento. Pararam em frente à Valey Pub, mas como era tarde, decidiram se divertir com garotas de programa, pois ele queria se “distrair”, como relatou em depoimento.

Richard contou que Argeu procurou um site de programas pela internet do celular e ligou para pedir duas prostitutas. Seguiram para o motel e aguardaram as garotas, mas somente uma apareceu.

Segundo Richard, o amigo levou de casa uma garrafa de champanhe, que estava guardada no carro desde o início da noite, quando eles ainda estavam na casa de Richard.

No motel, segundo o depoimento de Richard e Argeu, foi o réu quem abriu a garrafa de champanhe e acabou derramando o líquido em seu colo. Richard acredita que o espumante derramou em excesso por estar quente e ter sido agitado durante o trajeto dentro do carro.

Na sala de audiência, Richard acompanhou os depoimentos das testemunhas de defesa ao lado da irmã, da tia e da funcionária da família que ajudou a criá-loNa sala de audiência, Richard acompanhou os depoimentos das testemunhas de defesa ao lado da irmã, da tia e da funcionária da família que ajudou a criá-lo

Ainda segundo os dois amigos, por a bebida estar quente, Argeu pegou no motel outra garrafa da mesma bebida. Confuso ao ser questionado pelo juiz, Richard disse que não se lembra se bebeu a champanhe gelada ou a quente.

Enquanto Argeu estava com a garota de programa, Richard disse que foi dormir na ante-sala do quarto e depois foi para a banheira, versão contada também pelo amigo dele, exceto a parte que ele dormiu.

Em nenhum momento da audiência Richard disse que teve relações com a prostituta. O réu disse que enquanto estava na banheira, ouviu a discussão no quarto. Ele assumiu ter jogado o celular dela na parede, mas disse que foi para ganhar tempo, pois ela ameaçou ligar para alguém que iria resolver o problema.

Com medo de ela chamar algum agenciador, Richard disse que só pensava em sair do motel e ficou nervoso com a situação. O réu contou que a prostituta saiu do quarto antes deles e em seguida os dois seguiram para a guarita de saída para pagar a conta e ir embora.

Conforme acertado entre os amigos, Argeu pagou o programa e Richard a conta do motel. No depoimento de Argeu, ele disse que o amigo deu um tapa na cabeça dele, de brincadeira, na hora que soube que ele tinha pegado a champanhe. No depoimento de Richard, ele contou que sabia da bebida.

Durante o depoimento, Argeu olhava sempre para o advogado após cada resposta que dava ao promotor, como quem esperava uma aprovação do que dizia. Para o promotor de Justiça, os depoimentos dos amigos de Richard foram contraditórios em vários momentos.

Amigos-Foram ouvidos na audiência de hoje amigos e pessoas que faziam parte da vida de Richard. Entre as testemunhas, prestaram depoimento Rodrigo Alves Shimit e Rafael Martins Miranda, que estavam no churrasco realizado na casa do acusado na noite anterior à madrugada do acidente. Os dois afirmaram que Richard não consumiu bebida alcoólica e que o jovem não costuma beber cerveja, somente bebida destilada.

O ex-sogro de Richard, Sérgio Luiz Campos Paes, também prestou depoimento e, assim como os amigos, disse que o jovem não bebe, tampouco costuma dirigir depois de consumir bebida alcoólica. Ao final de sua declaração, ele disse que “a sociedade tem que dar uma chance para Richard, pois ele é um menino bom”.

No final da audiência, Richard chorou ao receber o abraço dos familiares e dos amigos. Ele saiu da sala escoltado pelos policiais e algemado.




Engraçado, logo apos o ocorrido pesquisei o nome do Richard no Facebook e tinha fotos dele com copao de cerveja e consumindo a bebida.. eu ia salvar as fotos mas acabei deixando de lado pq axei q ele seria condenado sem mtos problemas visto q estava embriagado, ter confessado q ingeriu bebida alcoolica ao jornal.. MAS AGORA VENDO ESSAS MENTIRA FICO INDIGNADO E ME ARREPENDO MTO PELAS FOTOS :(
 
IRAN LIMA em 30/08/2012 12:01:28
Segunda chance? O Davi não terá segunda chance para criar seu filho e dar amor à esposa? É mais que claro que toda essa história é combinada, depoimentos contraditórios, nervosismo ao responder as perguntas, acho pouco provável que esse caso não vá a júri popular. Sinto muito playboy, dessa você não escapa. Sua segunda chance virá depois que cumprir sua pena, mas a do Davi nunca virá.
 
André Serra em 14/08/2012 10:02:01
Zildo, concordo plenamente com os seus relatos!
Nosso trânsito está cada vez mais "bagunçado", devido aos "culpados" por acidentes estarem impunes e vivendo tranquilo no meio da sociedade, pois sabem que pagando um Advogado não vão para cadeia e que a pena será branda.

DIREÇÃO DEFENSIVA SEMPRE!!!
 
Luciano Silgueiros em 14/08/2012 08:51:17
Pessoas que são do convívio de Richard pedem para que possamos dar uma segunda chance para ele, mas quem dará uma segunda chance para Davi, que voltava do trabalho, na tentativa de dar um futuro melhor para o filho dele com Lays? Quem poderá dar uma segunda chance a Davi? No final das contas, ele MATOU, tirou a vida de um pai de família, marido, filho, irmão, amigo. Que DEUS ilumine esse Juiz!
 
Danielle Rocha em 14/08/2012 08:47:18
A única vez q dirigiu sem habilitação foi detido (ainda menor de idade). Ou será q ele quiz dizer, a única vez q foi pego dirigindo. Bebeu apenas um copo de champanhe, pois não é chegado em bebida. Será q ele espera que alguém acredite nessa "estória"? Além de td é um covarde, pois se fosse homem como ele diz (já q a festinha era para homens) assumiria a responsabilidade de seu ato insano.
 
jorge oliveira em 14/08/2012 08:38:37
chorou ? e quantas lagrimas a Lais já derramou pela perda do marido?? ele tem que ir a juri popular para servir de exemplo.
 
rosangela da silva em 14/08/2012 07:05:19
Acidente!
O que é um acidente para você? Acidente para mim é quando estoura um pneu novo, ou quando uma peça nova ou revisada de um veículo se quebra e causa algum tipo de acidente. Agora se eu bebo e saio com meu veiculo, como posso chamar de acidente se em alguma batida eu me envolver? Se não dou uma manutenção preventiva? Se andar em uma velocidade quase quatro vezes superior as permitidas, agora se bebo das 23hrs até amanhecer e saio a dirigir a 120 km por hora na Avenida Afonso pena, o que eu quero que aconteça? Um acidente? Não! Claro que não! Estou a cometer além de todas as infrações de transito pelo menos um homicídio, é como se eu estivesse com um revolver calibre 38 carregado com três munições e fazendo roleta russa na cabeça dos outros e cada tentativa colocasse também ao meu ouvido, porque se não matasse ninguém pel...o eu estaria no risco, transformo o carro em arma, ainda com os sentidos entorpecidos pelo álcool, posso eu chamar isto de acidente? Agora pergunto eu. Como fica o a família daquele pobre que trabalhou a noite toda e no respeito às leis parou no sinaleiro para esperar a morte que em forma de um ser humano alcoolizado (conforme a mídia noticiou) retira do ceio de uma família humilde deixando ali o desespero de pais, irmãos e esposa e da incerteza de um futuro de um filhinho de apenas um ano! Meu deus! Na minha ignorância de ser humano simples e pobre peço a cada um que possa ter conhecimento deste fato tão negativo para todos, que pensem um pouco mais antes de beberem e saírem em seus automóveis pelas estradas e cidades, cada um tem a responsabilidade da vida de um terceiro quando na direção de um veiculo, seja mais humano com relação ao transito, sejamos o pai o irmão o filho daquele que esta a nossa frente como motorista ou como motociclista, ciclista ou mesmo o pedestre que atravessa fora ou mesmo na faixa, se o tratarmos como da nossa família teríamos um pouquinho mais de cuidado com a vida humana. Desculpe pelo desabafo, mas esta difícil ver tantas loucuras no nosso transito e ficar aqui quietinho esperando que novas mortes venham a acontecer pela nossa falta de caráter e humanismo junto aos nossos irmãos... (Zildo)
 
zildo de oliveira barros em 14/08/2012 06:35:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions