A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

25/06/2014 06:43

Estudantes universitários são detidos suspeitos de participar de racha

Aliny Mary Dias e Francisco Júnior
Um dos carros envolvidos está com a parte dianteira danificada (Foto: Marcos Ermínio)Um dos carros envolvidos está com a parte dianteira danificada (Foto: Marcos Ermínio)

Dois jovens de 18 e 22 anos foram detidos na madrugada desta quarta-feira (25) depois de se envolverem em um acidente e a suspeita da polícia é que os dois participavam de um racha na Avenida Afonso Pena, no centro da Capital.

Veja Mais
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

Segundo militares do BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito), o jovem de 22 anos conduzia uma Parati e o mais novo seguia em um Sandero. Os detalhes do caso ainda não foram esclarecidos, mas um dos carros está com a parte dianteira danificada.

As mães dos estudantes universitários de Medicina Veterinária estão na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) e negam que os filhos participavam de racha.

Uma delas, que não quis se identificar, questiona a conduta dos policiais, já que, segundo ela, não houve acidente e sim um dos carros bateu no meio-fio. O caso está sendo registrado na Depac da região central e não há informações se os jovens estariam embriagados.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Indepedente de estarem praticando racha ou não, essas mães deveriam agradecer à polícia, pois os jovens dirigiam alcoolizados, tanto é que bateram no meio-fio de forma a quebrar e quase arrancar o para-choque.
Os pais não pensam que, permitindo condutas erradas, estão colocando em risco não só a vida de terceiros, mas também a dos próprios filhos.
 
Guilherme Arakaki em 26/06/2014 23:26:59
Interessante as mães quererem negar algo em que não estavam presente no momento do incidente e o mais interessante é dois marmanjos terem que mães intervir, eles são capazes de responder pelos seu atos já que para conduzir um veículo já são mancipados. Queria ver se fosse um inocente que eles tivessem atingido, o que as mães falariam.
E outra questão é questionar a atitude dos policiais, estão prestando seu serviço e tem que ser averiguado mesmo, ou eles pensaram que iriam pra casa de boa.
 
Claudio Cunha dos Santos em 25/06/2014 09:20:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions