A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

15/08/2012 19:58

Família diz que homem atropelado na Vila Ieda não era morador de rua

Nyelder Rodrigues e Viviane Oliveira
A vítima foi identificada em exame de digitais. Posteriormente, a família também fez o reconhecimento (Foto: Rodrigo Pazinato)A vítima foi identificada em exame de digitais. Posteriormente, a família também fez o reconhecimento (Foto: Rodrigo Pazinato)

Foi identificado como João Pereira da Trindade Filho, de 41 anos, o homem que morreu atropelado por um caminhão no dia 6 de agosto, na Vila Ieda, em Campo Grande. Ele não era morador de rua, de acordo com um familiar, que pediu para não ser identificado.

Veja Mais
Morador de rua morre atropelado na Vila Ieda; 7º vítima em 6 dias
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

Ele será velado na madrugada desta quinta-feira (16), na capela da Pax Pró-Vida. A vítima foi reconhecida em exame papiloscópico - por impressões digitais. A polícia entrou em contato com a família, que também fez a identificação.

Conforme o parente, João morava com a mãe na Capital, porém era alcoólatra e sempre desaparecia. A família só ficou sabendo da morte após contato da polícia.

Acidente - O acidente aconteceu atrás do Atacadão. Conforme moradores disseram no dia do ocorrido, um homem dormia embaixo de um caminhão. A suspeita é que este veículo é que teria atropelado João Pereira no momento em que fazia manobras na via.

Quando a Polícia e o Corpo de Bombeiros chegaram ao local, encontraram o corpo próximo ao meio-fio, com marcas de pneus na cabeça e nos braços. O veículo responsável pelo atropelamento fugiu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions