A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

14/07/2015 15:13

Família faz peregrinação em busca de vítima de colisão com ônibus

Edivaldo Bitencourt e Ricardo Campos Jr.
Única vítima de acidente encaminhada à Santa Casa (Foto: Vanessa Tamires)Única vítima de acidente encaminhada à Santa Casa (Foto: Vanessa Tamires)
Valdemir foi à Santa Casa com a família saber notícias do sogro (Foto: Vanessa Tamires)Valdemir foi à Santa Casa com a família saber notícias do sogro (Foto: Vanessa Tamires)

Passageiros contaram, no local do acidente ocorrido no início da tarde de hoje (14), que o ônibus da Viação Andorinha trafegava em alta velocidade antes de colidir com uma carreta na BR-163, a 25 quilômetros de Campo Grande. A família de uma das vítimas fez uma verdadeira peregrinação em busca de informações.

Veja Mais
Colisão de ônibus com carreta fere 26 e mobiliza 10 ambulâncias na BR-163
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber

Segundo o pastor Valdemir da Silva Alves, 37 anos, o sogro, o assentado Heitor de Souza, 67, teve ferimentos leves e foi uma das 16 vítimas da colisão na rodovia. Residente no Assentamento Valinhos, em Maracaju, ele voltava de uma consulta médica em Bandeirantes, onde residiu por muito tempo e fazia acompanhamento médico.

Ao ser avisado pelo sogro da colisão, Valdemir foi até o local da colisão. “Tinha muita confusão”, contou. Ele relatou que viu feridos deitado às margens da rodovia e outros sentado no asfalto. Bombeiros, socorristas da CCR MS Via e do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) atendiam as vítimas e andavam de um lado para o outro na pista. “Tinha umas 20 pessoas espalhadas pelo chão”, contou.

Como o sogro sofre de pressão alta, Valdemir temia uma crise e acabou gritando para chamar a atenção dos socorristas, que acabaram encaminhando Heitor para uma unidade d e saúde. No local, a informação era de que ele foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande, que chegou a colocar equipes de prontidão para socorrer as vítimas.

No entanto, apenas um rapaz, identificado com Jonathan, foi encaminhado ao hospital com sangramento no nariz e escoriações. Ele será submetido a exames médicos para avaliar a gravidade dos ferimentos.

Toda a família de Heitor foi até a Santa Casa, mas ele não foi encaminhado ao hospital. As ambulâncias encaminharam os feridos para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Coronel Antonino e aos centros regionais de saúde dos bairros Nova Bahia e Tiradentes e para o hospital de Bandeirantes.

Segundo o pastor, a família iria percorrer as unidades de saúde para saber onde o assentado foi encaminhado.
No local do acidente, segundo Valdemir, passageiros relataram que o motorista, que não teve o nome divulgado, estava em alta velocidade para compensar o atraso provocado pelo acidente ocorrido de manhã. Em decorrência do tombamento de uma carreta com óleo diesel, a BR-163 ficou interditada de manhã.

No momento do acidente, a rodovia seguia parcialmente interditada e a colisão ocorreu durante o sistema de pare-e-siga.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions