A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

14/12/2015 17:05

Garoto pega carro escondido, bate em poste e acidente mata namorada de 16

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Veículo ficou totalmente destruído após colidir com poste (Foto: Fernando Antunes)Veículo ficou totalmente destruído após colidir com poste (Foto: Fernando Antunes)

Um adolescente de 16 anos perdeu o controle do automóvel HB 20 Sedan, cor branca, e bateu em um poste de energia elétrica na Avenida Nasri Siufi, esquina com a Rua da Restinga, no Jardim Tarumã, na saída para Sidrolândia, em Campo Grande. A colisão derrubou o poste sobre a passageira, a namorada de 16 anos do condutor, que morreu no local.

Veja Mais
Carro fura sinal e atropela ciclista de 40 anos, que morre no hospital
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber

O acidente mobiliza o Corpo de Bombeiros, Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o Batalhão da Polícia Militar de Trânsito. Uma das causas da colisão é aquaplanagem, já que chovia no momento do acidente.

O HB 20 trafegava pela Avenida Nasri Siufi em alta velocidade no sentido Centro-Bairro, quando o condutor, um garoto de 16 anos, perdeu o controle, saiu da pista e colidiu no poste. O carro ficou totalmente destruído e a passageira, Mariane Oliveira, 16, morreu no local.

Segundo o tenente Bruno Vilela, do Corpo de Bombeiros, o rapaz teve fratura na perna direita e foi encaminhado consicente para a Santa Casa de Campo Grande. O garoto contou que pegou o carro escondido dos pais para dar uma volta com a namorada, quando ocorreu a tragédia.

O açougueiro Júlio de Oliveira, 53 anos, trafegava pela via, quando viu o automóvel trafegar em alta velocidade. Ele disse que não viu o acidente, mas que estava chovendo no momento da colisão.

O pai do condutor, um cobrador de ônibus contou que o filho e a namorada cursavam o segundo ano do ensino médio na Escola Estadual Padre José Scampini, no Bairro Coophavila 2. Ele disse que o filho sempre costumava dar uma volta na quadra quando lavava o carro.

No entanto, atribuiu o acidente a falta de experiência do filho, que não tinha o hábito de pegar uma avenida movimentada como a Nasri Siufi, que é prolongamento da Avenida Lúdio Martins Coelho e interliga a Avenida Duque de Caxias e o anel rodoviário. A família reside no Bairro Serro Azul, que fica próximo do local da tragédia.

 

Socorristas dos bombeiros e do Samu atendem ocorrência (Foto: Fernando Antunes)Socorristas dos bombeiros e do Samu atendem ocorrência (Foto: Fernando Antunes)
Poste partiu no meio e acabou atingindo passageira de carro (Foto: Fernando Antunes)Poste partiu no meio e acabou atingindo passageira de carro (Foto: Fernando Antunes)



Que deus conforte o coração dessa família não é fácil a perda de uma pessoa querida ainda mais para os pais. Mais ninguém pode julgar uma pessoa sem saber oque realmente aconteceu ninguém é perfeito todos temos um erro quem nunca errou que atire a primeira pedra ninguém e perfeito.
 
Chokito em 15/12/2015 09:01:20
Será?
S E R À ?????????????
Duvido!
Garotos nessa idade deveriam estar estudando, rezendo, praticando esporte. Jamais, namorando.
 
Mauro em 15/12/2015 08:35:52
Será??????????????
S E R À ????????????
Será que pegou o carro e s c o n d i d o mesmo?
Eu duvido!
Garotos nessa idade deveriam estar estudando, rezando, praticando esportes. Jamais namorando em pleno dia.
 
Mauro em 15/12/2015 08:33:50
Mais um acidente que escancara o que todos sabemos: NÃO EXISTE FISCALIZAÇÃO NO TRÂNSITO DA CAPITAL. Motoristas dirigem em alta velocidade, embriagados, sem CNH, com licenciamento vencido, furam semáforos... e nunca são punidos!
 
Luiz Pereira em 14/12/2015 17:53:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions