A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

24/09/2015 10:06

Guarda vai multar menos e atuar mais na ação educativa, diz secretário

Michel Faustino
Guardas municipais devem orientar mais e multar menos, segundo secretário (Foto; Arquivo)Guardas municipais devem orientar mais e multar menos, segundo secretário (Foto; Arquivo)

O secretário municipal de Segurança Pública, Luidson Borges Tenório Noleto, revelou que nos próximos meses a Guarda Civil Municipal pretende intensificar as ações preventivas para coibir os acidentes de trânsito na Capital. Segundo Noleto, por consequência, haverá uma mudança gradativa na atuação dos agentes que devem multar menos e educar mais.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

Conforme o secretário, por determinação do prefeito Alcides Bernal (PP), a forma que o guarda municipal atua no trânsito deve ser revista.

“O nosso grande desafio é mudar o que foi estabelecido. É claro que o guarda tem que fiscalizar, tem que cumprir a lei, mas precisamos buscar formas de não tornar esse trabalho apenas punitivo. Nós temos que pensar no agente guarda municipal fiscal de trânsito como um agente indutor do cidadão, de mudança de comportamento. É claro que temos que atuar de forma mais repreensiva, mas acima de tudo temos que orientar”, disse.

Noleto lembra que é necessário uma aproximação com a sociedade, com o objetivo de tirar o estigma de que o guarda municipal que atua no trânsito tem como papel simplesmente multar o cidadão de bem que está com o documento atrasado ou carteira de habilitação vencida.

“A gente terá que investir muito em capacitação também. Principalmente porque aquele agente que está na rua precisa saber que ele deve tratar as pessoas mais cortesia. É preciso um dialogo. Antes que o agente saia multando por ai, ele se converse com a pessoa, oriente para que ela não estacione em um lugar proibido, por exemplo”, disse.

Atualmente, o efetivo da Guarda Municipal é de 1.270 agentes, destes 78 ficam pelas vias de olho nos veículos e nos motoristas. As ações são feitas em parceria com a Agetran (Agência Municipal de Trânsito) e Bptran (Batalhão da Polícia Militar de Trânsito)




Sr secretário! Jamais podei lhe ensinar o seu serviço, mas tenho grandes duvidas em como conversar com um motorista bêbado ou então com carros que passam a mais de 100 km por hora dentro da cidade ou pior ainda com o motorista que “abandona” seu veiculo numa vaga que não lhe é permitido usar. Já esta ruim com multa sem multa bem vindo o caos.
 
Alex André de Souza em 24/09/2015 16:32:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions