A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

12/03/2011 17:52

Homem que matou mulher foi autuado por homicídio doloso e não tem CNH

Nadyenka Castro

Exame confirmou embriaguez

Ford Ka, ao fundo, colidiu na bicicleta guiada por Verônica. A mulher morreu na hora. (Foto: João Garrigó)Ford Ka, ao fundo, colidiu na bicicleta guiada por Verônica. A mulher morreu na hora. (Foto: João Garrigó)

O encanador Almiro Santacruz, de 47 anos, que matou Verônica Ferreira Gustoki, de 62 anos, em acidente neste sábado, em Campo Grande, foi autuado em flagrante por homicídio doloso (com intenção de matar).

Exame de alcoolemia apontou que ele conduzia embriagado o Ford Ka que bateu na bicicleta guiada por Verônica. Além disso, o encanador não possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

O exame de alcoolemia indicou que ele estava com 1,31 miligramas de álcool por litro de ar expelido e ele confessou à Polícia Civil que havia ingerido bebidas alcoólicas em um bar.

Diante da situação, o delegado Paulo Henrique Sá entendeu que ele assumiu o risco de matar e o autuou por homicídio doloso. Com isso, Almiro só sai da cadeia por determinação judicial e pode ir a júri popular.

Segundo testemunhas, Almiro estava dando cavalinhos de pau na avenida Guaicurus, depois seguiu para rua Antônio Prado, onde perdeu o controle da direção do carro e atingiu Verônica, que estava voltando para sua casa após a visita a uma filha.

Testemunhas disseram que o autor tentou fugir do local, mas o diretor da Unei ( Unidade Educacional de Internação ) Los Angeles, Valdinei Figueiredo, passava pelo local, viu o acidente, deu voz de prisão a Almiro e o levou para o interior da Unei para evitar que fosse linxado.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



eu não acho que ele era um trabalhador pois 9 horas da manha tá bebado dirigindo sem carteira é porque não tem responsabilidade e espero que a justiça não deixe ele impune pois já havia atropelado outra pessoa e agora motou a minha mãe e amanha ou depois vai mata quem?
 
tereza gutoski em 17/03/2011 03:57:07
peço a todos que tentam justifica o que esse bebado vagabundo, era um trabalhador pois uma pessoa 9 horas da manha tá com a cara cheia e já tinha atropelado outra pessoa e fica falando que ele era vitima da bebida sendo que já é um velho que tinha que ter vergonha na cara de tá bebendo ainda....
 
tereza gutoski em 17/03/2011 03:52:24
olha ninguem tem direito de está defedendo esse mostro que matou a minha mãe si ele era alcolatra o problema é dele que não tinha direito de tira a vida da minha mãe quero que ele aprodeça na cadeia e que se um dia consegui anda de carro de novo que encha a cara e morra num acidente da pior manera possivel!!!
 
tereza gutoski em 17/03/2011 03:44:18
Realmente uma fatalidade o acontecido neste sabado, meus sentimentos á familia que está em luto.Este senhor realmente é um trabalhador, ja vi em serviço, executa com seriedade seu serviço. Lamentavél saber que era dependente do alcool, pelo resultado da irresponsabilidade praticada.
 
Marcio Antonio em 15/03/2011 11:44:02
muito obrigado ao delegado aos policiais que fizeram o atendimento ao caso e tambem as pessoas que estao sendo solidarias poia sa dor e~muito grande nao sei nem como descrever!
 
valeria patricia gutoski dos santos em 15/03/2011 10:42:27
Fico feliz em saber q. existem delegados q. realmente cumprem o seu papel.... Pois senti na pele, minha mãe foi atropelada alguns anos atrás e a justiça na época ñ fez nada, tivemos q. colocar na justiça e até hj. a justiça ñ foi feita, o cara estava embriado e ficou impune...
 
Rosa M.Nascimento em 14/03/2011 10:45:49
Que isso sirva de exemplo para outros Delegados de policia,que na maioria dos casos identicos, não tiveram a mesma coragem que esse delegado teve. as desculpas das autoridades, é que se tratando de acidente de transito, somente caberia o homicidio culposo com agravante por estar embriagado. Tudo bem que a lei especial revoga a geral, mas nos dias de hoje o risco de matar no trasito por motivo da ( PINGA) aumentou muito,mas parece que alguns delegados de policia não conheçe ou finge não conhecer o famoso (DOLO EVENTUAL)
 
amilton ferreira de almeida em 14/03/2011 07:20:24
Está mais uma vez provado que a bebida alcoólica em demasia está matando as pessoas e até provocando morte de inocentes.O encanador,literalmente entrou pelos canos.Sóbrio, deveria ter uma vida digna,trabalhador,amigo e pai.Comprou uma carro e ainda deveria estar pagando as prestações sem deixar que atrasassem.Mas a bebida acabou com sua vida, porque nesse momento numa cela,chorando,deve estar muito,muito arrependido e com remorsos.Mas já é tarde.Por outro lado, familiares da inocente senhora morta, também estão chorando de tristeza.Não entendem como uma mãe,uma vó, a chefe de familia num simples passeio de bike, possa ter morrido.É a vida!
 
samuel gomes em 13/03/2011 12:48:24
lamento pela vida dessa inocente ,porem vejo porque que a lei tambem nao penaliza aqueles cidadoes que atropelaram o carro daquela moça que ficou paralitica acho que essas leis tem que ser mudadas vagabundos como esses bebados tem que pegar 30anos de prisao ja que nao tem pena de morte
 
diego sardanha em 13/03/2011 11:22:21
Parabéns ao delegado,que ao meu ver entendeu que a lei tem que ser interpretada sempre visando a punição com todo o rigor.Quizera se todos fizessem isso,certamente a cadeia estaria cheia de "trabalhador" irresponsaveis que bebem e saem a dirigir pela cidade,por vezes causam tragédias.
 
nilson franco de oliveira em 13/03/2011 08:27:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions