A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

08/07/2012 11:25

Jovem morreu atropelado a duas quadras de casa, conta a família

Elverson Cardozo
Mecânico Luis Carlos Polastrini mostra foto do filho morto em acidente. (Foto: Rodrigo Pazinato)Mecânico Luis Carlos Polastrini mostra foto do filho morto em acidente. (Foto: Rodrigo Pazinato)
Diego Polastrini tinha 22 anos e trabalhava como auxiliar de manutenção. (Foto: Rodrigo Pazinato)Diego Polastrini tinha 22 anos e trabalhava como auxiliar de manutenção. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Está sendo velado desde às 5h30 deste domingo (8) o corpo do auxiliar de manutenção Diego dos Santos Polastrini, de 22 anos, que morreu na noite deste sábado (8), por volta das 20h40, após ser atropelado por um carro no bairro Pioneiros, em Campo Grande.

Veja Mais
Polícia procura motorista envolvido em acidente com morte no Pioneiros
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber

Diego Polastrini morava com o pai, o mecânico Luis Carlos Polastrini, de 49 anos, no mesmo bairro em que foi morto. O jovem morreu a cerca de duas quadras de casa, na rua Ana Luiza de Souza. Ele havia saído para ir a uma farmacia localizada na região.

É na carteira que o mecânico carrega a foto do filho, um pequeno retrato em 3x4. Lembrança do garoto “tranquilo até demais”, que o ajudava na oficina. “Abalou muito”, comentou, com o olhar carregado e as mãos trêmulas.

Luis Carlos só soube do acidente duas horas depois, quando foi avisado por parentes. Visivelmente abalado, o pai do motociclista pede justiça. “Se esse cara tivesse freado meu filho estaria vivo”, comenta.

Segundo registro da Polícia Civil, Diego conduzia uma Honda Fan 125 e ao chegar próximo ao número 693 colidiu contra um VW Gol preto com placas de Barueri (SP), que era conduzido por Valter de Souza Franca, de 44 anos. O motorista saia de uma garagem para entrar na via.

Com o impacto, o motociclista caiu na rua; momento em que foi atropelado por uma Belina branca, que arrastou a motocicleta dele e ainda colidiu contra um GM Corsa estacionado.

O condutor da Belina não foi identificado. Segundo testemunhas, ele fugiu do local sem prestar socorro. Diego dos Santos chegou a ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), mas não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

“A sensação é de impotência”, disse uma das irmãs do motociclista, Fabiana dos Santos Polastrini, de 23 anos.“A sensação é de impotência”, disse uma das irmãs do motociclista, Fabiana dos Santos Polastrini, de 23 anos.

A dona de casa Rejiana Nogueira, de 22 anos, esteve com o amigo de infância momentos antes do acidente. Depois que saiu da farmácia, Diego comeu um lanche com ela na Colônia Paraguaia, onde ocorria uma festa. Ele foi atropelado pouco tempo depois de deixar o local.

“Eu estava na esquina da Colônia, ouvi o barulho da pancada, mas não sabia que era ele”, contou. Ao chegar ao local do acidente, o motociclista já estava morto. “Reconheci ele pela moto”, disse.

A família, embora culpe mais o motorista da Belina do que o condutor que saia da garagem, acredita que a tragédia poderia ser evitada se Valter de Souza tivesse tomado mais cuidado. “É imprudência”, afirmou o pai da vítima.

“A sensação é de impotência”, pontuou uma das irmãs do motociclista, Fabiana dos Santos Polastrini, de 23 anos.

Sepultamento – O sepultamento de Diego dos Santos Polastrini será às 15h, no cemitério Jardim das Palmeiras, que fica na avenida Tamandaré, 6934, bairro Lagoa da Cruz, em Campo Grande.




Veja bem como é a vida ! trabalhamos juntos poucos dias! eramos amigos, enquanto estamos vivos nao damos muito valor a amizades ! hoje depois que a pessoa se vai, paramos e pensamos ! porque nao aproveitamos mais juntos! esse cara aqui faz falta! sempre teve educação onde chegou, nao só eu como minha familia sentimos muito com este fato cruel! descanse em paz amigo! saudades ! ! !
 
Eduardo Dourado em 24/09/2012 07:07:41
ele era meu irmão de consideração, um rapaz doce educado q me ensinou muitas coisas ainda mais a valorizar alguém.Ele me dava apoio não me deixava na mão,agora fiquei só sem o apoio de meu irmão e com um tremendo aperto no coração.Ele etudava com minha mãe quando ele morava na chácara lá no assentamento santa mônica e se sentia muito só até q chegou um dia em q chamou minha mãe de mãe e eu mana
 
Tatiane de Souza Lima em 10/07/2012 12:25:39
EU TAMBEM PERDI MINHA IRMÃ EM UM ACIDENTE DE MOTO É TÃO DOLORIDO QUE TEM VEZ QUE PARECEMOS QUE VAMOS MORRER MAS TEMOS QUE CONFIAR EM DEUS QUE SOMENTE ELE PODE DAR O CONFORTO QUE TAMTO BUSCAMOS JA A FAMILIA DESSE JOVEM VOU ORAR E PEDIR O CONSOLO PARA TODOS FIQUEM COM DEUS.
 
JUCIKEIELE MENINO em 10/07/2012 09:38:16
...Diego era meu amigo,ele sempre foi um cara de boa,não merecia essa fatalidade,culpados são os poderes e seu sistema,que não nos propõe a segurança adequada nas vias públicas,principalmente quando se trata de festas,toda vez que tem uma festa na colonia paraguaia o transito na avenida,ana luiza de souza vira um caos,dificil de transitar,
 
Roberto Diniz em 09/07/2012 12:43:00
Se não tivessem estacionado junto a guia da casa do sr. Valter, dificultando sua visão, se ele tivesse se atentado mais, se o condutor da Belina tivesse freiado antes de atingir a moto, se o motoqueiro não estivesse pilotando, pelo fato de não ser habiltado para isso, se, se, se....Cada um tem sua parcela de culpa. Só espero que encontrem o condutor da Belina branca.
 
Gladis Teodoro em 09/07/2012 10:21:55
Diego estudava na mesma escola que eu ha alguns anos atras, no Domingos Gonçalves Gomes, um menino sempre calmo nem acredito que isso tenha acontecido. Que Deus cosole esta familia nessa hora dificil.
 
Raphaelle Machado em 09/07/2012 08:05:01
Que assa família tenha em Deus o conforto para superar essa dor. Não podemos mais perder nossos jovens dessa forma, vamos dirigir com mais prudência, principalmente nossos queridos jovens.
 
Walter Delmontes em 08/07/2012 12:28:46
Concordo com vc Marcello Mendes, precisamos colaborar com a Policia, IMOL para apurar os fatos. Fazer juizo de valor só serve para não fazermos o mesmo, julgar é complicado. A Policia tem elucidado muitos acidentes e crimes. Este também será. Quem souber de algo ligue 190 e ajude a justiça acontecer. Quando vc muda, o trânsito muda. Éder.
 
Éder Vera Cruz em 08/07/2012 07:29:45
Somente uma denúncia anõnima, de algum vizinho do atropelador ou oficina mecãnica que a belina possa ter ido, para a polícia chegar a esse indivíduo, que teve a frieza de fugir após atropelar e sair arrastando a moto. Vamos colaborar com o esclarecimente desse acidente!!!!!
 
MARCELLO MENDES em 08/07/2012 05:21:55
Pura falta de atenção do motorista do gol e o da belina cometeu um crime de transito e um crime penal, são nas horas que tudo está calma que o transito oferece mais perigo...
 
GIVALDO VALERIO DE LIMA em 08/07/2012 05:03:05
Com certeza este senhor que estava saindo da garagenm é o culpado, é sempre assim, ninguem quer esperar a via estar livre para fazerem manobras, saem achando que são donos de tudo, eu tenho carro e moto e sei como é tudo isso. O cara da Belina talvez nem tenha visto que o rapaz caiu em sua frente.
 
nikko flores em 08/07/2012 01:19:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions