A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

06/02/2015 14:52

Juiz condena a seis anos jovem que invadiu pista e matou motociclista

Edivaldo Bitencourt

O juiz de Três Lagoas, Rodrigo Pedrini Marcos, condenou um motorista que invadiu a contramão e matou um motociclista em 2009, a cumprir pena de seis anos em regime semiaberto. Submetido a júri popular, Arthur Felipe Silva Sian, 24 anos, foi considerado culpado pelo crime.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Conforme a denúncia, ele dirigida um Fox preto, quando, por volta das 21h do dia 14 de fevereiro de 2009, invadiu a contramão na BR-158 e colidiu frontalmente com a motocicleta Honda 150, conduzida por Ederson Abadio Ferreira. O motociclista morreu em decorrência dos ferimentos causados pela colisão.

Arthur recorreu a todas as instâncias do Poder Judiciário para evitar o julgamento por homicídio simples. No entanto, prevaleceu a tese do MPE (Ministério Público Estadual) e ele foi a júri no dia 28 de janeiro deste ano.

O juiz o condenou a cumprir seis anos de reclusão, mas em regime semiaberto.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions