A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

04/03/2013 11:22

Justiça mantém condutor que matou passageiro de táxi atrás das grades

Aline dos Santos
Diogo está preso desde 11 de fevereiro, dia do acidente. (Foto: Luciano Muta)Diogo está preso desde 11 de fevereiro, dia do acidente. (Foto: Luciano Muta)

A Justiça voltou a negar liberdade para o administrador de fazenda Diogo Machado Teixeira, de 36 anos. Ele está preso desde 11 de fevereiro, após provocar acidente que matou o passageiro de um táxi e deixou duas pessoas feridas. Diogo conduzia uma caminhonete Mitsubishi L-200 quando atingiu o táxi Siena no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Bahia, em Campo Grande.

Veja Mais
Justiça recebe denúncia contra motorista que matou passageiro de táxi
Defesa faz nova tentativa para libertar motorista que matou passageiro de táxi

O novo pedido para soltar Diogo foi apresentado no dia 25 de fevereiro. No dia primeiro de março, o juiz da 1ª Vara do Tribunal do Júri indeferiu a revogação da prisão preventiva. O magistrado afirma que a prisão foi mantida para manter a ordem pública.

Advogado de defesa, Renê Siufi afirma que vai esgotar todas as tentativas em primeiro grau antes de recorrer ao TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul). Diogo continua preso na Derf (Delegacia Especializada na Repressão de Roubos e Furtos). De acordo com o advogado, ele não foi para o presídio por falta de vaga. Caso o preso seja transferido, a defesa vai pedir cela especial, porque Diogo tem ensino superior.

Siufi também aguarda resultado da perícia. Diogo admitiu ter bebido, mas atribuiu o acidente ao fato de estar mexendo no celular. O teste de alcoolemia registrou 0,59 mg/l. A perícia indica que a caminhonete estava entre 60 km/h e 70 km/h. Conforme a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), a velocidade máxima permitida na Afonso Pena é de 50 km/h.

Passageiro do táxi, José Pedro Alves da Silva Júnior, de 22 anos, morreu na hora. O amigo dele, Ramon Rudney Tenório Souza e Silva, de 21 anos, e o motorista Sebastião Mendes da Rocha, de 51 anos, ficaram feridos, José Pedro é de Pernambuco e veio a Campo Grande para trabalhar na obra do shopping Bosque dos Ipês.




mil parabens para vc da imprensa por ter acompanhado os casos e dando noticias deles para nao cair em esquecimento.pra cima deles. nao da folga gente esse cara quer ganhar tempo, estamos vigiando. vaaaaaaaaaaaaleu
 
claudemir andrade em 06/03/2013 15:33:01
Nada de parabens a justiça.A justiça é cega e esta apenas cumprindo a lei de acordo com o que esta no inquerito policial,presidido por um competente delegado.Faz bem a midia em não deixar cair ao esquecimento o fato,tão grave.Aliaís,já ia idaga-los,pra correr atras e ver em que pé está o caso.Parabens,isso sim,ao campograndenews por isso!!!!
 
samuel gomes campo grande em 04/03/2013 15:28:14
Parabéns a Justiça por esta atitude.. espero que esta medida seja estendida a todas as outras ocorrências do mesmo tipo, e não só apenas a esta pq esta tendo uma grande repercussão na midia... e q isto sirva de lição para todos...
 
Gilmar dos Santos em 04/03/2013 11:47:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions