A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

08/08/2012 14:15

Menino de sete anos fica ferido após ser atropelado em frente a escola

Nadyenka Castro e Elverson Cardozo

A criança foi atingida por uma moto, cujo piloto não ficou no local, e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros

Estudante foi atropelado em frente ao colégio onde estuda. (Foto: Minamar Júnior)Estudante foi atropelado em frente ao colégio onde estuda. (Foto: Minamar Júnior)

Menino de sete anos ficou ferido após ser atropelado por uma motocicleta em frente à Escola Estadual Teotonio Vilela, na Vila Universitária, em Campo Grande.

Cássio Henrique é estudante do colégio e foi atingido por uma motocicleta YBR de cor preta quando atravessava a rua Souza Lima. Ele iria entrar na escola.

A diretora do colégio, Nicolassa Mariana Maldonado, 40 anos, conta que Cássio estava na calçada, do outro lado da rua, junto com outras crianças.

O sino da escola tocou e ele foi em direção ao prédio, sendo atropelado pela moto quando atravessava a rua. Conforme Nicolassa, o motociclista fugiu sem prestar socorro.

De acordo com a diretora, a moto passou por cima das costas, das pernas e dos braços do garoto, que foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros com escoriações.

Trabalhadora em um mercado próximo ao local do acidente, Maria Estela Ribeiro, 33 anos, fala que viu o atropelamento. Segundo ela, havia muitas crianças em frente à escola e que após ser atingido pelo veículo, o menino rolou e saiu andando em direção à escola.

De acordo com Maria Estela, o piloto da moto desceu do veículo, mas, não conseguiu identificar a vítima porque ela se misturou com outras crianças e foi embora.Testemunhas anotaram a placa da motocicleta. Quando os bombeiros chegaram, Cássio estava na sala da diretoria.

Segundo Nicolassa e Maria Estela, a via é bastante movimentada, é linha de ônibus e já foi pedido a colocação de faixa de pedestre em frente à escola.

A diretora fala ainda que a escola participa de projeto de educação para o trânsito.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



É ABSURDO não terem faixas de passagem de pedestres em frente as escolas públicas dos bairros, enquanto em frente das escolas particulares tem faixas com passarelas elevadas com agentes da AGETRAN todos os dias para encaminhar os filhos do ricos, as escolas públicas sequer tem um quebra-molas. A exemplo cito as escolas Paulo Freire, Osvaldo Toguinini, onde passo todos os dias. Cadê a igualdade?
 
Osmar Torres em 09/08/2012 08:35:12
Infelizmente é muito fácil por a culpa no trânsito mas a realidade é que nem sempre a culpa é de quem está dirigindo/pilotando, eu conheço a vila, conheço a escola e vejo os alunos todos na rua como se estivessem passeando em vez de indo à escola, eles vão da calçada para rua correndo distraídos como se estivessem no quintal da própria casa não prestam atenção. Demorou pra acontecer algo até.
 
Juliana Graziela em 08/08/2012 11:59:04
e´ um problema serio porque a rua já é muito estreita o transito é muito carregado e não a respeito das partes,carros e motos passando muito rápido alunos na rua o ônibus mau cabe na via sera que vai ter que morrer um aluno pra ser tomada uma providencia,prefeito tu tem enfeitado a cidade mais os bairros estão abandonados de mais,as pessoas dos bairros também votão
 
dirceu barros em 08/08/2012 10:30:17
Qualidade na educação é outro assunto. O ponto aqui é que as pessoas compram carros e motos e não se habilitam ou não cumprem suas obrigações, nós fazemos uma blitz por dia e tiramos este tipo de gente das ruas todo dia, outra coisa é educar o filho para o mundo, a escola tem seu papel, mas o dos pais vem em primeiro lugar. Por a culpa em alguém não resolve o caso. E vc o que faz pela segurança?
 
Éder Vera Cruz em 08/08/2012 07:14:39
Para aqueles que criticam as escolas e a educação publica. A escola publica tem obrigação de dar ensino de qualidade isso esta na constituição, mas como não cumpre temos que colocar nossos filhos na escola privada que muitas vezes é pior que muitas publicas por ai. Que esse motociclista seja preso.
 
patricia damas em 08/08/2012 05:55:17
Eu acho um absurdo o que eu vejo em muitos colégios públicos, vários paes indo buscar os filhos com carros zeros, mas essa é a mentalidade do Brasileiro, compre carro, investir numa educação decente pra que né?
 
Roberto Inzagaki em 08/08/2012 05:10:23
Não adianta so colocar a faixa de pedestre, pois oque falta é Educação.....meus filhos estudam nest escola no periodo da manhã e é um transtorno estacionar ali......as crianças para no meio da avenida em rodinha....andam pela avenida não usam a calçada.....ali o problema é critico.
 
Carolina Lands em 08/08/2012 03:14:00

Agora eles colocam a faixa...depois que aconteceu o acidente.
 
cristiane medina em 08/08/2012 02:33:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions