A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

02/06/2011 16:59

Motociclista morre após colisão com Montana na avenida Mato Grosso

Nadyenka Castro

Ele passou no sinal vermelho

Acidente no bairro Santo Fé, no mês passado, deixou feridos. (Foto: João Garrigó)Acidente no bairro Santo Fé, no mês passado, deixou feridos. (Foto: João Garrigó)

João Flávio Ribeiro, 26 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira na Santa Casa de Campo Grande, devido a um acidente de trânsito ocorrido horas antes.

De acordo com registro policial o acidente aconteceu por volta das 23 horas dessa quarta-feira.

João Flávio conduzia uma Honda Titan pela rua José Antônio e no cruzamento com a avenida Mato Grosso colidiu com a Montana dirigida por Marcos Felipe Santos Rocha, 20 anos.

O motociclista teve ferimentos graves e foi levado para o hospital, onde morreu por volta da 1 hora.

Segundo boletim de ocorrência, João Flávio cruzou as vias no semáforo vermelho. Marcos Felipe recusou fazer o teste de alcoolemia, mas os policiais elaboraram o Auto de Constatação de Embriaguez.

Números - Em maio aconteceram pelo menos 1.108 acidentes em Campo Grande. Deste total, seis tiveram mortes no local, 580 alguma vítima e 522 foram só com danos materiais. Mas considerando as mortes nos hospitais após até 30 dias do acidente, o GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito) revela 17 vidas perdidas no trânsito, sendo cinco idosos.




qta contradições, uns dizem que um esta certo, o outro não, e por ai vai, eu e a minha familia graças a deus, tivemos o privilegio de conhecer o motociclista, e não venham querer incrimina-lo não conseguiram, pela idade que o joao tinha, que pessoa corretissima, meu Deus! um carater impecavel, abominava a injustiça, hj e que eu estou vendo os comentarios, que dor ouvir tanta mentira, doi na alma.
 
Elizangela marques de souza da costa em 02/02/2012 12:08:47
Gente igual vocês que falam o que não sabem,que se baseiam apenas no disse me disse vão longe,hein?! Sem saber a verdade sobre os fatos e sem nem ao menos pensar no motorista da Montana!É porque não são vocês que estão no lugar dele; ele não estava embriagado coisa nenhuma,ninguem é obrigado a fazer o teste do bafômetro,só colocaram que ele estava bêbado pra ficar cômodo,afinal o motoqueiro já faleceu mesmo e o Marcos tá ai pra toma toda a culpa,né?
Ridiculo a que ponto o ser humano chega pra fazer julgamento dos outros! Pensem melhor e se coloquem no lugar o outro antes de vir aqui falar asneira!
 
Ana Amélia Rodrigues em 09/06/2011 12:39:01
Vanessa Paula obrigada pelos sentimentos sou prima do joão é facil julgar quem está certo ou errado não adianta mais se o rapaz estava bebado ou não cabe a conciencia dele pq se ele estive sem alcool talves o joão estive conosco a imprudencia está demais as pessoas acham q qdo estão alcolizados são dono do mundo mais não é por ai não problema dos outros é nosso tbém por isso q o mundo ta do jeito q tá hj as pessoas não respeitam mais o proximo Creio em Deus pq um dia esse rapaz ira pagar pq a justiça tarda mais jamais falha obrigada a todos de campo grande que pode ter o prazer de conhecer o joão e saber que o carater e o respeito q ele tinha com as pessoas jamais ele iria cometer uma imprudencia dessas.Que Deus abençôe a todos....
 
Angela Andradina em 05/06/2011 05:10:33
É um absurdo...uma conseqüência que não tem como voltar atrás
sabe o que vai acontecer com essa figura nada..como também
em 2008 um academico de veterinaria matou 03 pessoas ,
Isso porque é um irresponsavel ele e os pais!!! Só que a diferença é que o pai tem dinheiro
pro filhinho não sofrer as consequencias o segundo semestre a universidade catolica dom bosco vai "ficar encima " e esse incosequente vai pagar pouco porque tirar a vidade outra pessoas não tem preço, pena que pague mais vai pagar
E ainda colocam uma informações falsa que João Flavio furou o sinal..
além do transito aqui ser uma calamidade, o jornalismo também
Essas pessoas sem noção fazem isso porque sabem que aqui em Campo Grande a unica coisa que irá acontecer depois de tudo é serem julgados e pagarem um sacolão
PARABÉNS AS AUTORIDADES DESSA CIDADES !!! QUE TEM UMA FROTA PEQUENA DE CARROS COMPARADA A CAMPINAS MAIS É A ELEITA COMO
UMAS DAS MAIS PERIGOSAS ENQUANTO NINGUEM FAZ NADA TEMOS QUE ASISITIR ESSES A TOAS TIRANDO VIDA DE PESSOAS QUE TRABALHAM E ESTUDAM PARA CRECEREM NA VIDA
 
Daiane Jacon em 04/06/2011 07:01:03
Me desculpa Maria mas vc está querendo defender seu amigo, mas o seu amigo estava embreagado senão ele faria o teste de bafometro sem problema algum.
 
daniel campos em 03/06/2011 12:17:20
Faz 4 anos que moro em CG e uma coisa q me chama muita atenção dentre os varios absurdos q acontecem no transito aqui, é a questão de respeitar o sinal vermelho, pode ser dia de semana, fds, de dia ou de noite.. o pessoal só respeita o sinal vermelho na Afonso Pena e olhe lá.. nos bairros e outras a venidas a grande maioria tem o costume de furar o sinal, e querendo ou não uma hora a pessoa vai estar distraida e com certeza irá causar um acidente. Sou de Fortaleza e lá a populção é muito maior, tem muito mais carros e motos nas ruas e creio q lá n tenha metade dos acidentes de transito que tem por aqui.
Acho q uma das soluções é aumentar o rigor na fiscalização e nas multas.. deveriam instalar raderes de sinal, pra multar essa galera que não respeita o sinal vermelho, só quando a coisa mexe no bolso que a galera começa a se conscientizar.. infelizmente!
 
Raphael dos Santos em 03/06/2011 11:12:23
P A L H A Ç A D A !!!!
Esta é a palavra que resume o trânsito no País. Tem que virar LEI o teste do Bafômetro. Quem discorda em não ser obrigatório, é porque (por enquanto) não perdeu nenhum ente familiar em acidentes que envolvem BÊBADOS!!!!! Por que no dia em que morrer um parente vai exigir. O que eu vejo é: quanto mais dinheiro, carro mais potentes e mais incompetência.
 
Cleidiane mendes em 03/06/2011 10:46:54
É Patricia a culpa sempre é dos motocilistas......afff mais uma estrela....o ceu mudou de lugar ja....
 
Luciana Matos em 03/06/2011 09:46:41
Estes motociclistas deveriam tomar um pouco mais de cuidado ao trafegar pelas ruas da capital. A sensação que nos passa é de que eles pensam que são imortais.
Mais atenção pessoal!!!
 
Roberto Lopes em 03/06/2011 09:18:46
Obrigada Patricia Lima, comentários como o seu servem de esclarecimento sobre muitos acidentes.
 
Maria Alice Oliveira Lima em 03/06/2011 08:59:05
cara Patrícia Lima, você consta como testemunha nesse acidente junto à Polícia de Trânsito? Como o motociclista não poderá se defender da acusação de avançar o sinal vermelho, caberá às testemunhas esse papel. O que o condutor da Montana fez ao dirigir embriagado e avançar o sinal vermelho foi assumir os riscos da morte do outro condutor. Isso é homicídio doloso.
 
João Júnior em 03/06/2011 08:48:44
entao eu estava na esquina da jose antonio e da mato grosso na hora do acidente,tinha acabado de atravessar a jose antonio mais atravessei com sinal aberto pra quem descia,o motorista da montana furou o sinal vermelho
poucos minutos depois o mesmo veio ate a mim perguntar que sinal estava aberto
 
aline araujo em 03/06/2011 08:42:15
Olha eu estava na mato grosso na hora do acidente foi horrivel sim. Mas o motoqueiro furou o sinal e o motorista estava em onda verde. Vermelho é vermelho né! E bafômetro não é obrigado ninguém a fazer, faz só quem quer.
 
Maria lucina em 03/06/2011 08:20:59
Olha eu estava na mato grosso conversando com meu namorado e vi o acidente acontecer. O motoqueiro atravessou o semáforo vermelho e a montana parecia estar em onda verde. Então o motorista estava certo. O erro é furar o sinal e achar que nada vai acontecer. A onda verde é para seguir mesmo e não para parar por causa de irresponsáveis. E o bafômetro não é obrigado mesmo faz só se quiser e pronto!
Bom eu sei exatamente o que eu vi e nesse caso o motorista estava correto!
 
Soraia Arruda em 03/06/2011 08:10:53
Se a conscientização e a valorização da vida por parte de cada um não começar, essa história vai se repetir todos os dias. Nós motoristas e motociclistas temos que aceitar que não somos imortais e passarmos a respeitar os demais e agir de modo preventivo, fazendo aquilo que aprendemos nas cadeiras das auto escolas, praticar a tal DIREÇÃO DEFENSIVA, pra que nossa cidade não precise mais pintar estrelas em nossas vias.
 
André Lucas em 03/06/2011 07:29:11
Até o final do ano teremos uma galáxia inteira pintada nas ruas.
.
O governo vai esperar morrer quantos para desencadear fiscalizaçao maciça e campanhas de educação?
.
 
Athaíde Romero em 03/06/2011 07:27:30
OLA PESSOAL,TRISTE ESTOU POIS UM AMIGO NOS DEIXOU NUMA TRAGEDIA QUE NINGUEM ESPERAVA MAS É ISTO;O HOMEM FAZ PLANO MAS A RESPOSTA CERTA VEM DO TODO PODEROSO,QUE DEUS TE ABENÇOE AMADO IRMÃO JOAO FLAVIO!,E QUE DEUS CONFORTE O CORAÇAO DA SUA ESPOSA E QUE ELA POSSA REALIZAR TODO O PROJETO QUE VCS SONHARAM JUNTOS, POIS ACREDITO EU, QUE É ISSO QUE O JOAO FLAVIO DESEJA;MEU AGRADECIMENTO POR TER UM AMIGO TAO ESPECIAL COMO VC VALEU NEGÃO.

 
cesar santos em 03/06/2011 04:05:11
Olha! Patricia, vc precisa ser testemunha deste motociclista pois ele ñ poderá se defender, não sei se vc leu os comentários a maioria esta do lada do condutor do veículo, e parece até combinaram os comentários, se vc puder ajudar seria ótimo.Basta ir numa delegacia e dizer que é testemunha do caso é muito simples isso.
 
Felipe Salinas em 03/06/2011 03:09:08
Acho que as estrelas deveriam ser vermelhas.
Não entendi porquê são amarelas.
 
Beatriz Neves em 03/06/2011 02:28:20
Esse negócio de não querer fazer o teste do bafômetro tem que acabar. Em país sério é obrigatório o teste de alcoolemia. Agora essa porcaria de leis cheia de furos onde diz que o cidadão não é obrigado a produzir provas contra si mesmo é o fim, pq nestes casos não é produzir prova contra si, mas demonstrar hombridade...Motorista que bebe e dirige é infrator, tem que ser punido e soprar no bafômetro!!!
 
Wellington Sampaio em 02/06/2011 11:41:52
Creio que está moça, Patrícia, esteje certa, pois o João Flávio, era meu colega de sala, cursava Direito na UCDB, era uma pessoa super tranquila, não consigo imaginá-lo sendo imprudente, por isso certifiquem-se primeiro antes de acusá-lo, sendo que não está mais conosco para se defender. Fica a saudade e nossos sentimentos à família, que Deus acalme seus corações.
 
Vanessa Paula Godoy Aquino em 02/06/2011 09:41:25
Gente, eu morei no estado do acre, em rio branco, lá a velocidade maxima na principal avenida e 50km/h, e tem mais os radares são móveis e não tem toda a estrutura que tem aqui,somente diz as placas radares velocidade permitida 50km e não tem muitos acidentes devido os condutores em geral não saberem aonde esta os radares, ao contrario daqui que todos ja sabem aonde eles estão!
Observem perto dos radares as marcas de pneus ou seja andam em alta velocidade e matam a carreira em cima dos mesmos, radares tem que ser móveis não fixos.
será que pode se fazer isso?
 
Anderson silva em 02/06/2011 07:31:26
concordo com a andrea chaves,
lá se vai mais um balde de tinta pra desenhar estrela no asfalto!
 
anderson silva em 02/06/2011 07:26:22
O céu vai mudar de lugar
 
Nilson André dos Santos em 02/06/2011 07:17:57
Eu estava no local do acidente quando aconteceu, foi horrível!! Por pouco a montana não bate na gente... o motorista estava em altíssima velocidade, pelo menos 110 Km/h. E tenho que discordar sobre o sinal... Ele estava aberto para quem descia a José Antônio, ou seja, o motociclista estava certo. E o motorista da Montana parecia estar alcolizado.
A batida foi tão grande que o cara da moto foi parar na pista de baixo da mato grosso, os tênis dele ficaram bem longe, e a moto foi parar uns 100 m de distância.
 
Patrícia Lima em 02/06/2011 06:23:00
Mais uma estrela! :(
 
Andrea Chaves em 02/06/2011 06:20:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions